Tradicional fabricante italiana de motos está em dificuldades financeiras e corre o risco de perder maior parte de suas ações


MV Agusta
Divulgação
MV Agusta

A MV Agusta, famosa marca de motocicletas fundada em 1945, tornou-se uma lenda no mundo das duas rodas. Porém, em novembro de 2014, a Daimler decidiu entrar nesse meio e comprou 25% do total das ações da fabricante italiana e acabou incorporando essa parte na divisão de esportivos AMG .

Entretanto, a MV Agusta teve alguns tropeços nas suas finanças nos últimos anos e, conforme o site Motorcycle , a Mercedes-Benz vê esse momento de dificuldades da marca de motos como uma oportunidade de se tornar acionista majoritaria da MV Agusta.

Contudo, mesmo que as negociações estejam em curso, não vai ser fácil convencer o presidente da MV Agusta e o dono de 75% das ações da empresa, Giovanni Castiglioli, a perderem o controle da marca. De qualquer forma, ainda de acordo com o Motrcycle, existem conversas com outros parceiros, entre os quais a Investindustrial, do atual proprietário da marca Ducati. 

A MV Agusta é conhecida por seus modelos superesportivos, como o F4 RR , com motor de 998 cc, com nada menos de 201 cv, potência para acelerar de 0 a 100 km/h em incríveis 2,5 segundos e atingir 300 km/h. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.