Scooterusa motor de 125 cc com start-stop para economizar combustível. Por enquanto, será vendida apenas no Vietnã

Longe do Brasil, a Yamaha Janus vai tentar conquistar as mulheres do Vietnã com o uso de start-stop, aumentando o rendimento da scooter.
Divulgação/Yamaha
Longe do Brasil, a Yamaha Janus vai tentar conquistar as mulheres do Vietnã com o uso de start-stop, aumentando o rendimento da scooter.

Tecnologia cada vez mais presente nos carros, o sistema de start-stop começa a equipar as motos da Yamaha. A primeira a utiliza será a scooter Janus, apresentada no Vietnã. O equipamento faz com que o motor seja desligado e fique em modo de espera enquanto a moto estiver parada em um semáforo, economizando combustível. O modelo não tem previsão para chegar ao Brasil.

LEIA MAIS: Dafra lanã scooter Fiddle III 125 no Brasil por R$ 11.390

Equipada com o motor Blue Core de 125 cilindradas, a Yamaha Janus tem 8,3 cv de potência a 7.000 rpm e 1 kgfm de torque a 4.500 rpm. Em outras motos da marca, esse motor rendeu 78 km/l, sem utilizar o start-stop. Ao aliar a tecnologia com o baixo peso de 97 kg da scooter, o rendimento deve melhorar ainda mais.

LEIA MAIS: Vespa voltará a montar scooters no Brasil

Faz sentido a decisão da Yamaha de lançar a Janus no Vietnã. O país conta com mais de 37 milhões de motos, contra uma frota de 1,6 milhão de carros. Uma pesquisa feita em 2013 mostrava que havia 4 motos para cada 10 habitantes. A scooter Janus vai continuar a aproveitar essa dependência por motos, tentando atrair o público feminino na casa dos 20 anos com seu design retrô e rodas aro 14, sob medida para rodar em ruas mais acidentadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.