Já nas lojas, Cruze custa R$ 72.890 na versão LT

Sedã da Chevrolet pode chegar a R$ 79.890 na configuração LTZ. Lançamento é equipado com motor 1.8 de 144 cv e câmbio manual ou automático, sempre de seis marchas

Rodrigo Mora | 7/9/2011 09:45:00

Chevrolet Cruze

Potenciais compradores de sedãs, atenção: o Chevrolet Cruze já está em boa parte das concessionárias do País. Automóvel mais vendido nos EUA em junho e eleito carro do ano no Canadá, o sedã é a promessa de um retorno da GM à briga dos sedãs médios, que nos últimos anos foi liderada ora por Honda Civic, ora por Toyota Corolla.

A concessionária consultada por iG Carros, em São Paulo, já tem em seu estoque duas unidades do Cruze. A LT com câmbio automático e bancos em couro (opcionais nessa configuração) sai por R$ 72.890, enquanto a LTZ, topo de linha, custa R$ 79.890. Neste caso, o Cruze já vem equipado de série com sensores de chuva, crepuscular e de estacionamento; retrovisor externo rebatível eletricamente, cruise control, central multimídia com tela de 7”, partida do motor por botão, abertura das portas por aproximação, airbags de cortina (totalizando seis), bancos de couro, entre outros. Comum a todas as versões estão itens como direção elétrica, airbags frontais e laterais, ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e auxiliar para frenagens de emergência (PBA) e rodas aro 17. Sensor de chuva, bancos em couro e câmbio automático, já citados, são alguns dos opcionais da versão LT. Destaque para o ar-condicionado com sistema AQS (Air Quality Sistem), que barra a entrada de ar vindo de fora quando detecta gases externos indesejáveis ou umidade elevada na cabine. O porta-malas é de 450 litros.

Adeus, quatro marchas

Um dos piores defeitos do Vectra, antecessor do Cruze, era seu brusco e indeciso câmbio automático de quatro velocidades. No Cruze, isso é passado. A novidade da Chevrolet é equipada com transmissão de seis velocidades, seja o câmbio manual ou automático – no primeiro caso, 5ª e 6ª são overdrive, enquanto na segunda opção apenas a 6ª marcha é overdrive (sobremarcha, ou marcha de descanso, a grosso modo).

Seu motor é um 1.8 litro 16V, da família Ecotec, que produz 140 cavalos de potência a 6.300 rpm quando abastecido com gasolina, e 144 cv a 6.300 rpm com tanque cheio de etanol. O torque é de 17,8 kgfm a 3.800 rpm, com gasolina, e 18,9 kgfm a 3.800 rpm com etanol. Construído em ferro fundido, tem duplo comando variável de válvulas e coletor de admissão variável.

Vectra Collection, R$ 59.841. Vectra GT, R$ 48.727

A chegada do Cruze, naturalmente, empurra os preços do Vectra para baixo. Lançada em maio para marcar a despedida do sedã (que já não é mais produzido), a versão Collection chegou custando R$ 65.400. Hoje, pode ser comprada por R$ 59.841 – um desconto de R$ 5.559. No caso do Vectra Expression, o desconto chega a R$ 8.515, fazendo seu preço de tabela cair dos R$ 58.725 para os R$ 50.209.

Como se sabe, o Cruze também terá uma versão hatch, que será lançada em breve. No entanto, mesmo sem ter chegado ou ter data de estreia, o modelo já derrubou os preços do Vectra hatch. Antes com etiqueta ostentando R$ 59.064, o Vectra GT agora sai por interessantes R$ 48.727. Na versão automática – a mais demandada – seu preço despenca de R$ 64.765 para R$ 55.050.

O lançamento oficial do Cruze será neste final de semana, em Düsseldorf, na Alemanha, e terá cobertura completa de iG Carros.

Leia tudo sobre: Chevrolet Cruze LT LTZ sedã Vectra

PESQUISE CARROS

RANKING

Veículos mais vendidos - junho de 2014

Pos. Modelo Vendas
Fiat Palio 14.080
Volkswagen Gol 13.167
Chevrolet Onix 10.993
Ford Fiesta 10.701
Fiat Strada 10.561
Hyundai HB20 9.528
Fiat Siena 8.544
Fiat Uno 7.580
Chevrolet Prisma 7.219
10º Volkswagen Voyage 6.953
Veja ranking completo