Kia revela o novo e maior Cerato

Sedã médio ganhou sofisticação para se aproximar do Corolla e do Civic. Vendas começarão em 2013

Ricardo Meier | 30/7/2012 09:14

Foto: Divulgação Veja galeria em tamanho maior

Novo Kia Cerato: segunda geração criada por Peter Schreyer

Existem alguns nomes consagrados entre os projetistas de automóveis no mundo. Os italianos, como Giorgetto Giugiaro e Sergio Pininfarina, morto há alguns meses, estão entre eles, assim como o conterrâneo Walter De Silva, hoje designer-chefe do grupo Volkswagen. Mas não há no momento ninguém tão valorizado quanto Peter Schreyer.

O alemão, criador do primeiro Audi TT, estava desempregado quando a Kia resolveu chamá-lo para mudar completamente seus apagados modelos. Schreyer, então, mostrou porque sua terra natal deveria se arrepender por perdê-lo. Numa sequencia de tirar o fôlego, a montadora coreana lançou novidades no mercado mundial com a assinatura do designer e viu suas vendas subirem para números nunca antes atingidos.

Schreyer começou sua epopéia com o Soul, um carrinho com formato de caixa e apelo jovem. Nele, o projetista aplicou pela primeira vez o que viria a ser a marca registrada dos carros da Kia, a “boca de tigre”, ou melhor dizendo, o formato inconfundível da grade frontal com pequenos “dentes” saltados, uma referências aos tigres asiáticos, como os países da região ficaram conhecidos pelo crescimento econômico acelerado no final do século passado.

Depois do Soul, Schreyer repensou o Cerato, um sedã de linhas tímidas e vendas mais ainda. Com traços que lembravam o Civic da época e um interior escuro com iluminação vernelha, o novo Cerato se transformou no carro mais vendido da Kia no mundo, inclusive no Brasil durante um período anterior ao aumento do IPI para importados.

Isso ocorreu em 2008 e agora o designer alemão, enfim, está renovando o ciclo de projetos da marca com o novo Cerato 2014, cujas primeiras fotos oficiais foram reveladas nesta segunda-feira.

Mais imponente e ambicioso

A Kia ainda guarda a maior parte das informações sobre o novo Cerato, que é chamado de Forte nos Estados Unidos e foi rebatizado como K3 na Coréia do Sul. O pouco que se sabe é que ele cresceu (como é possível comprovar nas fotos) e que começará a ser vendido na maior parte dos mercados mundiais onde a marca atua a partir de 2013. Ou seja, o Brasil deve receber a novidade ainda no 1º semestre do ano que vem.

A meta é bem clara: enfrentar de igual para igual o Corolla e o Civic, principais referências no segmento. A geração atual, embora bem sucedida, é inferior em alguns aspectos a esses dois veículos. Segundo a montadora, o espaço interno será ampliado graças ao entreeixos maior e à nova plataforma do qual nasceu. O visual, bem mais imponente que seu antecessor, exibe luzes diurnas de LEDs e muitos cromados que o fazem parecer um carro de categoria superior.

O formato da carroceria, com sua traseira curta, e o “V” formado pela coluna frontal em conjunto com a linha de cintura das portas são os poucos ponto em comum com o modelo de 2008 (veja o antes e depois do modelo no detalhe).
Como compartilha componentes com a Hyundai, no caso o novo Elantra, é bem possível que o Cerato 2014 ganhe os mesmos motores e transmissões do “primo” bem como versões com equipamentos de ponta do grupo coreano como sistema Start-Stop e câmbio de dupla embreagem.

Como se vê, Peter Schreyer ainda tem algumas boas cartas na manga, mas a tarefa ficará cada dia mais difícil à medida que suas criações mais consagradas cheguem ao momento de mudar.

Leia tudo sobre: KiaCerato2014K3Fortesedã médioSalão de ParisPeter Schreyer

PESQUISE CARROS

RANKING

Veículos mais vendidos - agosto de 2014

Pos. Modelo Vendas
Fiat Palio 14.305
Volkswagen Gol 14.198
Fiat Strada 12.849
Fiat Uno 10.922
Chevrolet Onix 10.285
Hyundai HB20 9.074
Ford Fiesta 8.505
Fiat Siena 8.469
Volkswagen Fox 7.480
10º Renault Sandero 7.278
Veja ranking completo