Publicidade

Novo Jetta Comfortline, design, tecnologia e segurança

Equipado com o consagrado motor 2.0 Total Flex, a versão Comfortline é a opção para quem busca um ótimo custo-benefício

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-
Compartilhar:

Para equipar a versão Comfortline do Novo Jetta, a Volkswagen optou pelo motor 2.0 Total Flex com 120 cavalos de potência, desenvolvido no Brasil. Além da tecnologia bicombustível, que possibilita a utilização tanto de etanol como de gasolina, ou qualquer combinação dos dois combustíveis, ele oferece um excelente desempenho e conforto.

O Novo Jetta Comfortline vem equipado com rodas de liga leve de 16 polegadas ar-condicionado digital (Climatic), além de freios com sistema ABS e airbags duplos dianteiros e laterais. O Comfortline conta ainda com limpadores de para-brisa com variação de intermitência, para-choque, retrovisores externos
e maçanetas da cor da carroceria, ajuste elétrico dos espelhos e saída de escapamento dupla. Há três apoios de cabeça no banco traseiro e três cintos de três pontos no banco traseiro, controle de tração. Há ainda alarme antifurto, aviso sonoro de faróis ligados,sistema Isofix para bancos de crianças, faróis de dois refletores, faróis de neblina e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

O motor 2.0 Total Flex já é utilizado em outros modelos da marca, mas foi desenvolvida uma nova versão do software do sistema de injeção especialmente para o modelo. O resultado é um motor com torque de até 18,4 kgfm a 4.000 rpm e potência de 120 cv a 5.000 rpm quando utilizamos somente etanol.

O Jetta Comfortline pode ser equipado tanto com a transmissão manual MQ250, de cinco marchas, ou, opcionalmente, com a transmissão automática AQ250 Tiptronic (segunda geração) de seis marchas, que por ter seis marchas, a transmissão automática faz trocas com maior suavidade e possibilita melhor aproveitamento do motor, que trabalha sempre dentro de sua faixa de maior torque e menor consumo.

A transmissão AQ250 (segunda geração) foi desenvolvida para proporcionar menor consumo de combustível e emissão de poluentes. Isso foi obtido através de uma nova estratégia de bloqueio do conversor de torque para privilegiar a eficiência de transmissão de potência (com menos escorregamento e, portanto, melhor consumo de combustível), principalmente no trânsito urbano.

São opcionais para o Comfortline; auxílio de faróis ao se aproximar ou se afastar do carro,espelho retrovisor eletrocrômico e sensor de chuva; ar-condicionado digital duas-zonas, volante de direção multifuncional e controle automático de velocidade, no caso de veículo com câmbio manual; por conta das borboletas para trocar de marcha no volante; rodas de alumínio 17-polegadas; bancos de couro; teto solar elétrico; e rádio RCD 510 com oito alto-falantes.