Sem data para chegar ao Brasil, BMW M5 é o primeiro modelo da linha Sport da marca alemã com tração integral. Saiba mais detalhes

BMW M5: nova geração agora conta com motor V8 de 600 cv, potência suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 3,4 s
Divulgação
BMW M5: nova geração agora conta com motor V8 de 600 cv, potência suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 3,4 s

Combinando luxo e esportividade, o BMW M5 chega como uma opção para quem não dispensa o design elegante de um sedã alemão e gosta de acelerar. Feito em parte de fibra de carbono e alumínio, o M5 traz abaixo do capô um potente TwinPower 4.4 V8 biturbo, de 600 cv - ante os 560 cv do modelo anterior - e incríveis 76,4 kgfm de torque entre 5.600 e 6.700 rpm. No sistema de transmissão está incluído o câmbio automático Steptronic, de oito marchas, que distribui a potência nas quatro rodas e faz o sedã acelerar de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, conforme os dados da fabricante.

LEIA MAIS: BMW M2 Coupe é brinquedo de gente grande.

O motorista pode escolher o modo de direção que mais convém. Comfort, Sport e Sport Plus, para quem quer um BMW M5 indomável. Qualquer customização pode ser salva na central do sedã, para facilitar o acesso. Diga adeus à tração traseira, e receba a integral xDrive que, segundo a marca, traz melhor dinâmica de condução e praticidade no dia a dia. Trata-se do primeiro modelo BMW M com tração integral.

Mas calma! Antes de atirar pedras puristas nos engenheiros da BMW, vale lembrar que o modelo trará a possibilidade de enviar toda a força às rodas traseiras. Uma caixa de gerenciamento de transferência permitirá que o motorista configure a distribuição de potência em cada eixo.

Com mais potência, a tração nas quatro rodas ajuda a manter a boa estabilidade nas curvas ao volante do BMW M5
Divulgação
Com mais potência, a tração nas quatro rodas ajuda a manter a boa estabilidade nas curvas ao volante do BMW M5

O modelo começa a ser vendido ano que vem na Europa e terá uma edição especial de lançamento limitada em 400 unidades. A BMW do Brasil diz que não há previsões para a venda do esportivo por aqui, pelo menos por enquanto.

LEIA MAIS: BMW Série 5 é rápido como um esportivo. E anda quase sozinho!

O sedã mais rápido do mundo

BMW M5 de 1985, o primeiro com a preparação com aval da divisão de esportivos da marca alemã, a  BMW Motorsport
Divulgação
BMW M5 de 1985, o primeiro com a preparação com aval da divisão de esportivos da marca alemã, a BMW Motorsport

O primeiro BMW M5, baseado no modelo E28, fez a sua primeira aparição no Salão de Amsterdã (Holanda), em 1984. O motor era o mesmo o M1, um 3.5 litros, de seis cilindros em linha, que desenvolvia 277 cv. Naquela época, o M5 era o sedã mais rápido do mundo. Com apenas 2.200 exemplares fabricados, o M5 E28 se tornou um dos carros mais raros do mundo. Parafraseando o ótimo blog Bimmerfile, que reúne entusiastas da marca no mundo todo: Se existia qualquer dúvida sobre a habilidade da BMW produzir sedãs nos anos 80, o M5 foi a resposta.

LEIA MAIS: Como é a vida guiando o BMW i3 nas ruas de São Paulo

Por mais comum que um sedã esportivo seja nos dias de hoje, a história era bem diferente naquela época. O BMW M5 E28 inspirou diversos lançamentos da linha esportiva que vieram depois dele, e é lembrado com muito carinho pelos fãs da marca.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.