Maior exposição do setor automotivo do ano volta a ter apelo com grandes lançamentos de vários segmentos

O Salão de Frankfurt (Alemanha) abre suas portas para a imprensa com supercarros, SUVs e alguns modelos que vão desembarcar no Brasil, como a nova geração do VW Polo , o Kia Sorento  e o Jaguar E-Pace . O primeiro já começou a ser fabricado em São Bernardo do Campo (SP) e começa a chegar às lojas em novembro, mas com algumas diferenças na comparação com a versão europeia. 

LEIA MAIS: Ferrari mostra o esportivo Portofino no Salão de Frankfurt, no lugar do California

No caso do Kia que está no Salão de Frankfurt , o novo modelo é um dos oito que a marca prepara lançar no Brasil em 2018, quando passa a entrar em vigor um novo regime automotivo, conhecido como Rota 2030, que prevê o fim dos 30 pontos percentuais no IPI para modelos importados, o que vai deixar os preços mais competitivos.

Ainda entre os modelos que estão com passaporte carimbado para o Brasil, o Jaguar E Pace é um SUV compacto que vai concorrer com BMW X1, Audi Q3 e Mercedes-Benz GLA. Tem 4,40 metros de comprimento, 1,65 m de altura, 1,98 m de largura e 2,68 m de entre-eixos. São 33 cm a menos no comprimento e 19 cm no entre-eixos. Essa diferença foi obtida no trabalho com a plataforma modular iQ-AI, também usada no F-Pace e no sedã XE.

Superesportivos e SUVs

Como não poderia deixar de ser, mais outros e novos SUVs também estão entre os principais destaques do Salão de Frankfurt 2017. Um deles é o Volkswagen T-Roc , fabricado sobre a mesma base MQB do Golf. Ainda é dúvida no Brasil, onde já está confirmado o irmão menor, o T-Cross. Trata-se de um SUV compacto derivado do Polo, que será baseado no protótipo T-Cross Breeze.  

LEIA MAIS: Renault mostra a versão renovada do Duster, que logo estará no Brasil

Outro SUV que interessa ao Brasil é o BMW X2 , que é um sério canditado a ser fabricado em Araquari (SC). O X2 será montado na mesma plataforma UKL que já é utilizada no X1. Ou seja, o modelo terá tração dianteira, pelo menos nas versões básicas. E rumores recentes indicam que teremos uma nova gama de motores turbo de três e quatro cilindros. Alguns deles compartilhados com a Mini. 

O Hyundai Kona  outra novidade que ainda não está confirmada no Brasil, mas tem chances. Estreia a nova identidade visual da marca coreana. Mede 4,10 metros de comprimento, 2,60 m de entre-eixos, 1,80 m de largura e 1,55 m de altura. É 17 centímetros menor do que o Creta, que tem 4,27 m, embora seu entre-eixos seja 1 cm maior. Tem 2 cm a mais em largura, mas perde 8 cm em altura. Perdeu muito espaço no porta-malas, de 361 litros, contra os 431 litros do Creta.

LEIA MAIS: Mercedes mostra sua primeira picape média, que estará no Brasil em 2019

E no campo dos superesportivos, o destaque fica por conta do Mercedes-AMG Project One , que vem com um total de 1006 cv, potência que vem de um motor V6 1.6, o mesmo usado na Fórmula 1, que funciona em conjunto com outros quatro elétricos, que movimentam não apenas as rodas, mas, inclusive a turbina de sobrealimentação. Confira acima a galeria de imagens, direto do Salão de Frankfurt. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.