O hatch chega modernizado, mas com o mesmo apelo visual da geração anterior, que agrada tanto o público jovem, quanto os mais maduros

Mercedes-Benz Classe A: O carro jovem que gente grande vai admirar, tal como seus rivais diretos, como o BMW Serie 1
Divulgação
Mercedes-Benz Classe A: O carro jovem que gente grande vai admirar, tal como seus rivais diretos, como o BMW Serie 1

A Mercedes-Benz revela o novo Classe A 2019, que será apresentado no Salão de Genebra. À primeira vista, o hatch impressiona pelo visual mais refinado e moderno, puxado para a esportividade, por causa das linhas arrojadas. Os faróis de LED, as silhuetas musculosas e rodas que podem chegar até às 19 polegadas também mostram a razão pela qual o carro consegue ter tanto apelo entre os jovens, que também comprariam um Volkswagen Golf ou um BMW Série 1.

LEIA MAIS: VW Golf GTI: um dos poucos hatches médios esportivos que sobraram no Brasil

É uma pena que o segmento dos hatches médios vem extinguindo sua participação no mercado brasileiro cada vez mais, uma vez que o Mercedes-Benz e os seus concorrentes concentram todo o espírito jovial que suas montadoras têm a oferecer. Entretanto, apesar disso, o interior do Classe A é projetado para nenhum “tiozão” botar defeito. O design segue o padrão Mercedes, com 64 tipos de iluminação interna, saídas circulares de ar e a disposição linear do painel, com black piano e o alumínio cobrindo o console, as molduras das portas e outros acabamentos.

LEIA MAIS: BMW Série 1 Sedan é apresentado em detalhes. Modelo pode ser vendido no Brasil

Tecnologia

Tal como no Classe S, o hatch vem com controle de cruzeiro adaptativo, assistência de direção, mudança de faixa assistiva, reconhecimento de objetos e assistência de frenagem. Saindo do “departamento” da segurança e migrando para o de entretenimento, contará com sistema multimídia poderá ser de 7 polegadas ou 10,3 polegadas, sendo este projetado para se sintonizar com o emocional do motorista e dos passageiros, por meio de inteligência artificial; head-up display; assentos com massageador e controle de temperatura; além de mais espaço interno que o Classe A anterior.

LEIA MAIS: Audi A3 hatch renovado chega às lojas já no mês que vem. Saiba mais detalhes

A Mercedes-Benz fala sobre a mecânica do A200 e A250. O primeiro terá um motor 1.4, com turbocompressor, que gera 160 cv e 25 kgfm, aliado a um câmbio automático de 7 marchas e dupla embreagem, ou um manual de 6. Se não, o A250, que terá um 2.0, quatro cilindros, com turbocompressor, capaz de gerar 221 cv e 35 kgfm, enviados às rodas dianteiras com ajuda do câmbio automático, de 7 marchas e dupla embreagem. Enquanto o A200 vai de 0 a 100 km/h em 8 segundos (automático) e 8,2 segundos (manual), atingindo os 225 km/h de máxima, o A250 chega aos 250 km/h limitados eletronicamente, com uma aceleração até 100 km/h de apenas 6,2 segundos. Para todas as versões, haverá como opcional a tração 4x4 4MATIC.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.