Tamanho do texto

Evento também reúne supermáquinas dos sonhos, como o Aston Martin Valkyrie AMR Pro, de 1.100 cv, potência para atungir 362 km/h

McLaren Senna: supercarro é exposto no Salão de Genebra e chama atenção com seus detalhes exclusivos
Newspress
McLaren Senna: supercarro é exposto no Salão de Genebra e chama atenção com seus detalhes exclusivos

Um dos supercarros que roubam a cena no Salão de Genebra (Suíça), que abre suas portas para a imprensa a vai até o próximo dia 18, é o McLaren Senna GTR, fabricado com 67 partes de fibra de carbono e que vem com motor V8, biturbo, de 789 cv, o suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e atingir 340 km/h. O conjunto mecânico ainda tem câmbio de sete marchas, com dupla embreagem e três modos diferentes de condução: Comfort, Sport e Track, próprio para pilotagem em pista fechada. Não por acaso, colocaram o número 12 usado no monoposto de Fórmula 1 MP4/4, com o qual Ayrton foi compeão mundial em 1988.

LEIA MAIS: McLaren mostra supercarro com sobrenome Senna no Salão de Genebra

Serão fabricadas apenas 500 unidades do supercarro mostrado no Salão de Genebra que está sendo mostrado pela primeira vez ao público. Entre outros itens, o interior merece destaque, com bancos do tipo concha, também feitos de carbono e revestidos de tecido Alcantara com detalhes amarelos para lembrar a cor do capacete de Senna. Para finalizar, incluiram o logo do S nos encostos de cabeça e em defletores de ar.



Outros bólidos de tirar o fôlego

O tradicional Salão de Genebra chega à edição número 88 com alguns superesportivos de tirar o fôlego. Um dos que mais chamam atenção é o Aston Martin Valkyrie AMR Pro, equipado com motor V12, preparado pela Cosworth e que funciona com ajuda de outro elétrico. No total são 1.130 cavalos,  o que é suficiente para atingir insanos 362 km/h, de acordo com a fabricante. Com vários componentes de fibra de carbono, inclusive da suspensão, o modelo inglês terá apenas 25 unidades fabricadas e as primeiras serão entregues apenas em 2020. 

LEIA MAIS: Aston Martin revela o Valkyrie Pro, carro de corrida híbrido com 1.130 cv

Temos também o dinamarquês Zenvo TSR-S, com nada menos que 1.177 cv, potência para acelerar de 0 a 100 km/h em míseros 2,8 segundos e, mais impressionante ainda, sair da imobilidade atingir 200 km/h em somente  6,8 segundos. Apenas CINCO unidades desse demônio sobre rodas vão ser fabricadas com uma sofisticada parte aerodinâmica, com direito ao chamada “efeito solo”, que mantém o carro grudado no chão em altas velocidades, assim como acontece nos modelos de corrida mais sofisticados hoje em dia

Lamborghini Huracán Spyder Performante:  631 cavalos de potência e baixo peso para o máximo de desempenho
Newspress
Lamborghini Huracán Spyder Performante: 631 cavalos de potência e baixo peso para o máximo de desempenho

O Lamborghini Huracán Performante Spyder também entra na lista dos supercarros que mais chamam atenção no Salão de Genebra. Vem com motor V10 5.2, de 631 cavalos a 8000 rpm. Toda essa potência é transmitida para as quatro rodas com ajuda do câmbio de dupla embreagem e sete marchas. Para garantir leveza e alto desempenho, a estrutura é feita de alumínio e fibra de carbono. No total, são apenas 1.507 kg de peso. Para ir de 0 a 100 km/h, o Lambo precisa de apenas 3,1 segundos. E a máxima é de 323 km/h.

Eterna rival da Lamborghini, a Ferrari mostra a versão mais potente e veloz da 488, com um V8 de 721 cv e brutais 78,5 kgfm, números para acelerar de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos e atingir 340 km/h. Na comparação com a 488 GTB, a novidade tem 90 kg a menos de peso, que chega a 1.280 kg no total. É o que a marca do cavalo empinado conseguiu para brilhar sob a luz dos holofotes.

LEIA MAIS: Ferrari 488 Pista é  versão mais potente e veloz que a GTB. Veja detalhes

 E para completar a seleção das principais supermáquinas do Salão de Genebra, o Italdesign, estúdio de estilo fundado por Giorgetto Giugiaro, mostra o Zerouno Duerta. Trata-se de um Audi R8 com carroceria de fibra de carbono e interior todo redesenhado. Também mexeram no motor V10 5.2 litros, que rende 610 cv e faz o superesportivo ser capaz de atingir 320 km/h sem capota de tecido. Assim como o Zenvo, apenas 5 unidades serão fabricadas. Cada uma vai custar US$ 2,4 milhões.   

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.