Na lista estão as novas gerações de Cruze e Civic, além dos renovados Sentra, Cerato e Corolla

Fachada do Salão de Pequim, na China
Carlos Guimarães/iG
Fachada do Salão de Pequim, na China


Entre os carros que estão sendo expostos no Salão de Pequim (China), até o próximo dia 4, interessam para o Brasil os sedãs médios que vão chegar às lojas até o fim do ano e que, certamente, darão o ar da graça durante o Salão do Automóvel, em São Paulo, entre 10 e 20 de novembro. A reportagem de iG Carros percorreu os oito pavilhões do evento chinês em busca das novidades que logo estarão no mercado brasileiro.

Chevrolet Cruze

Chevrolet Cruze
Carlos Guimarães/iG
Chevrolet Cruze



No estande da GM  estava lá o novo Cruze , ao lado da versão chinesa, da geração anterior e com discretos retoques no desenho. Ao contrário do que vai acontecer no Brasil, por lá os dois carros vão conviver juntos, pelo menos por um tempo. Aqui, o Cruze será mostrado entre junho e julho, depois que foi apresentado na Argentina, na semana que vem. O carro passará a ser fabricado no país vizinho sobre a mesma base do Astra vendido na Europa e com motores mais eficientes. Além disso, será um pouco maior e mais leve que o atual graças aos materiais mais leves tanto da estrutura quanto da carroceria.

Ao contrário dos rumores que circulavam pela Argentina sobre uma possível substituição por um motor 1.5 turbo, o sedã mantém o motor 1.4 turbo com injeção direta e 150 cv. Essa potência é curiosa, já que o Cruze nos EUA conta com 154 cv. O 1.4 turbo vai aposentar o 1.8 16V aspirado de 140 cv (com gasolina) e pode ser combinado com um câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas.

Estará disponível com itens sofisticados, como alerta sobre mudança indevida de faixa, start-stop (desliga o motor com o carro parado, tornando a ligá-lo automaticamente quando o freio deixar de ser acionado) e novo sistema multimídia, com opção do On Star, canal de comunicação da GM que oferece uma série de serviços, como reservas em hotéis e restaurantes, além de fornecer informações sobre qualquer assunto que o usuário precise.

Traseira do Chevrolet Cruze
Carlos Guimarães/iG
Traseira do Chevrolet Cruze


Honda Civic

Honda Civic
Carlos Guimarães/iG
Honda Civic



O novo Honda Civic chegará ao Brasil até setembro, com apetite para voltar a ser líder de vendas. Como aliados, o carro terá desenho mais arrojado, conjunto mecânico todo novo e uma boa dose de tecnologia embarcada. As versões mais em conta terão o atual motor 2.0 flex e as mais caras o novo 1.5 turbo flex. Por dentro, o painel deixará de ser de dois andares, mas contará com mostrador digital, colorido, de alta resolução. Entre outros itens, o freio de estacionamento eletrônico estará entre as novidades.

Na lista de equipamentos de série do Civic vendido em outros países, a versão LX dispõe de sistema de som com Bluetooth, câmera de ré e freio de estacionamento elétrico. Já o EX acrescenta itens como sistema de entretenimento com tela sensível ao toque de 7 polegadas, Apple CarPlay e Android Auto, abertura das portas e partida do motor sem chave, teto solar elétrico, alerta de saída de faixa, entre outros.

O Civic EX-T acrescenta faróis de neblina, rádio por satélite e ar-condicionado automático de duas zonas. O EX-L, por sua vez, oferece banco do motorista com regulagens elétricas e bancos em couro. Como opcional, há o pacote Honda Sensing com alerta de risco de colisão, controle de cruzeiro adaptativo e assistente de manutenção de faixa.

Traseira do Honda Civic
Carlos Guimarães/iG
Traseira do Honda Civic


Kia Cerato

Kia Cerato renovado, conhecido como K3 na China
Carlos Guimarães/iG
Kia Cerato renovado, conhecido como K3 na China


Vindo da nova fábrica da Kia  no México, o Cerato renovado está com sua chegada ao Brasil confirmada para junho próximo. O carro é conhecido na China como K3 e tem frente com faróis mais compridos e com LEDs, além de capô e para-choques reestilizados. Na traseira, apenas as lanternas ganharão novos detalhes. Por dentro, uma das mudanças ficará por conta da tela sensível ao toque, de 8 polegadas, que vai fazer parte do sistema multimídia e terá navegação por satélite (GPS) incluído.

Já no interior a única novidade fica por conta do novo sistema multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas, Android Auto e Apple CarPlay. A lista de equipamentos de série inclui ainda, de acordo com a versão, luzes diurnas de LED, frenagem de emergência, aviso de colisão frontal, alerta de saída de faixa, acesso sem chave, bancos revestidos em couro, ar-condicionado de duas zonas, banco do motorista com ajuste elétrico, entre outros.

Toyota Corolla

Toyota Corolla
Carlos Guimarães/iG
Toyota Corolla

 No estade da Toyota  estava o Corolla renovado, mas na versão híbrida, que não estará disponível no Brasil. De qualquer forma, basta uma olhada para perceber como o sedã mudou. A grade mais fina e os faróis mais longos fazem com que o sedã deixe um pouco de lado a cara de tiozão, embora ainda seja conservador comparado à versão americana ou mesmo ao seu principal rival, o  Honda Civic . Tanto os faróis quanto as lanternas passam a usar lâmpadas de LED. As maçanetas têm acabamento cromado e as rodas de aro 16” e aro 17” são de liga leve, com novo design.

 Ainda mais seguro, o Corolla reestilizado vem de série com o pacote que a Toyota chama de Safety Sense. Nele, temos alerta de saída de faixa, assistente de leitura de placas, farol alto automático e detector de colisões, que alerta o motorista sobre o risco de batidas e ajuda na frenagem, pacote que também não deverá estar disponível no Brasil. Por aqui, porém, o Corolla renovado deverá ter controle eletrônico de estabilidade (ESP), pelo menos em algumas versões.Deve chegar ao Brasil entre o fim do ano e o início de 2017.

Traseira do Toyota Corolla
Carlos Guimarães/iG
Traseira do Toyota Corolla




Nissan Sentra

Nissan Sentra
Carlos Guimarães/iG
Nissan Sentra


O Nissan Sentra renovado foi lançado no Salão de Los Angeles (EUA), no final de novembro do ano passado com a frente mais arrojada, seguindo o estilo adotado nos lançamentos mais recentes da marca japonesa. No Brasil, deverá ser lançado no fim do primeiro semestre, conforme apurou a reportagem de iG Carros . Além disso, passa a ter novidades no interior. Itens como volante alavanca de câmbio e o revestimento dos bancos, painel e laterais das portas são novos. E no quadro de instrumentos agora fica um mostrador colorido, de alta resolução.

Ainda entre as mudanças, destacam-se os novos sisteas eletrônicos disponíveis, como o contrlador de velocidade ("piloto automático") adaptativo, que mantém sempre uma distância constante do carro da frente, de acordo com a preferência do motorista. Há também alerta de veículos transitando nos pontos cegos (muito últil no trânsito pesado, com motos passando por todos os lados) e assistência de frenagem de emergência.

Na parte estrutural, a Nissan diz que aumentou a rigidez da carroceria e recalibrou a suspensão com molas e amortecedores 10% mais rígidos, o que ajudou a reduzir a inclinação do carro nas curvas. No Brasil, o motor continuará sendo o 2.0 flex. de 140 cv. Porém, o câmbio CVT recebeu novos ajustes.

* Viagem feita a convite da Lifan Motors



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.