Grupo BMW terá estande único no evento com modelos da BMW, Mini e Motorrad. Veja as novidades que a BMW preparou para a feira em novembro

O espaço extra disponível no novo local do Salão do Automóvel de São Paulo será aproveitado de uma maneira diferente pela BMW. A marca optou por fazer um estande só, que contemple as marcas BMW, BMW Motorrad e Mini, todas do grupo que estão presentes no Brasil – evitando o que acontecia nas outras edições, quando cada uma tinha sua própria área. O Salão do Automóvel acontece entre os dias 10 e 20 de novembro, no São Paulo Expo.

LEIA MAIS: BMW mostra scooter elétrica com 160 quilômetros de autonomia

Embora ainda faça segredo sobre um possível lançamento específico para o Salão do Automóvel, a BMW já adianta alguns das novidades que estarão no evento – todos são carros e motos que foram lançados no Brasil ao longo do ano. Para quem gosta de veículos premium, é uma boa atração, pois o único deles que pode ser chamado de versão de entrada é o BMW i3 , que ainda assim custa mais de R$ 160 mil.

BMW Série 7

O sedã mais caro da BMW estará no Salão do Automóvel. Foi lançado por aqui em maio, na versã o 750Li M Sport , por R$ 709.950. É um carro para os ricaços viajarem com todo o conforto no banco traseiro, que pode até rebater o banco dianteiro direito, para que dê espaço ao apoio para as pernas. Vai impressionar pela tecnologia, que inclui a central multimídia com acionamento por gestos, a chave equipada com uma pequena tela LCD e o nada pequeno motor 4.4 V8 biturbo de 450 cv.

BMW M2

Quando a BMW apresentou o M2 em junho, ficou claro que o cupê é o melhor carro da linha M. Além do visual bem agressivo, conta com o motor 3.0 biturbo com seis cilindros em linha, de 370 cv. É um devorador de curvas e que vai ficar muito bem naquela foto que você vai colocar no Instagram depois. Afinal, não é qualquer um que pode pagar R$ 379.950 nesse esportivo.

LEIA MAIS: Como é a vida andando de BMW elétrico nas ruas de São Paulo

BMW X1 sDrive 20i X Line

O BMW X1 tem bons motivos para estar no estande da marca. Afinal, é um SUV, segmento que está crescendo cada vez mais nas vendas. O outro motivo é ser o quinto e último modelo a ser produzido na fábrica em Araquari (SC), com o início da montagem em março. Não duvide que a BMW contará vantagem sobre o utilitário, falando como ele é produzido aqui para ser exportado para os EUA.

BMW i3

Muitas marcas têm modelos totalmente elétricos, mas a BMW é a única que trabalha com certo empenho. O pequeno i3 é um dos carros oferecidos pela fabricante, vendido por R$ 169.990 e que impressiona na hora de acelerar, graças ao torque instantâneo dos motores elétricos. Tem autonomia de 160 km, que pode chegar a 300 km ao usar um pequeno motor a combustão como gerador.

LEIA MAIS: BMW X1 Sdrive20i: melhor de dois mundos

BMW i8

Vendido por R$ 799.950, o BMW i8 será uma das estrelas da marca no Salão do Automóvel, por seu design fora do comum.
Divulgação/BMW
Vendido por R$ 799.950, o BMW i8 será uma das estrelas da marca no Salão do Automóvel, por seu design fora do comum.

Com a combinação de um motor elétrico e um 1.5 de três cilindros a combustão, o BMW i8 é um esportivo híbrido que vai fazer filas de interessados em tirar uma foto. O design futurista chamou a atenção quando um protótipo apareceu no filme Missão Impossível: Protocolo Fantasma. Difícil é ter um desses, já que é vendido em versão única por R$ 799.950. Um carro para poucos.

Mini Cooper S Cabrio

A versão conversível do Mini Cooper chegou ao país em agosto, alinhado com o design da nova geração do hatchback inglês. O teto de tecido pode ser movido em apenas 18 segundos, inclusive com o carro em movimento (desde que esteja a até 30 km/h). É um pequeno foguete, equipado com o motor 2.0 biturbo de 192 cavalos. Oferecido em apenas um modelo, tem preço sugerido de R$ 164.950.

Mini Cooper S Clubman

Modelo familiar, o Mini Cooper S Clubman mistura o hatchback com uma perua para ter mais espaço.
Divulgação
Modelo familiar, o Mini Cooper S Clubman mistura o hatchback com uma perua para ter mais espaço.

Curioso, o Mini Cooper Clubman chama a atenção pela mistura estranha entre hatchback, monovolume e perua. Conta com seis portas, sendo que duas delas são para acessar o porta-malas. Foi feito para atrair quem queria ter um Mini , mas fugia da marca pela falta de espaço para levar a família toda. Usa o mesmo motor 2.0 biturbo de 192 cv que os outros Cooper S. É vendido em duas configurações, com preços a partir de R$ 152.950.

BMW F 800 GS

Vendida por R$ 45.900, a BMW F 800 GS chegou ao Brasil em abril e passa a contar com suspensão eletrônica na dianteira.
Divulgação/BMW
Vendida por R$ 45.900, a BMW F 800 GS chegou ao Brasil em abril e passa a contar com suspensão eletrônica na dianteira.

A nova geração da BMW F 800 GS chegou ao Brasil em abril, por R$ 45.900. A principal novidade da big trail é a adoção da suspensão eletrônica na dianteira, item que só aparecia em modelos mais caros da marca. Mudou um pouco no design, que traz novas laterais do tanque, molduras cromadas para o radiador e um novo desenho para a tampa de combustível e para a cobertura da trava de ignição. O motor é o dois cilindros de 798 cilindradas e 85 cv. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.