Entre superesportivos e carros populares, teremos ausências importantes na edição deste ano do Salão de São Paulo

O Salão do Automóvel de São Paulo é o maior evento automotivo do país, o que o torna a melhor vitrine possível para antecipar os próximos lançamentos das fabricantes. Ainda assim, teremos algumas ausências lamentáveis no evento deste ano, desde modelos que esperam por uma renovação de meio de vida quanto de novas gerações que já foram apresentadas no exterior. Confira os 5 carros que vamos sentir falta no Salão do Automóvel deste ano:

LEIA MAIS: Conheça 10 SUV que vão ser apresentados no Salão do Automóvel

1 - Toyota Corolla reestilizado

Um dos carros mais aguardados para o Salão, o Toyota Corolla renovado só chega ao Brasil no começo de 2017.
Reprodução/Drive2.ru
Um dos carros mais aguardados para o Salão, o Toyota Corolla renovado só chega ao Brasil no começo de 2017.

Com a chegada da nova geração dos concorrentes, era esperado que a Toyota reagisse com a apresentação do Corolla renovado. Não será o caso. A marca já confirmou que seu estande irá trabalhar com carros-conceitos e que só terão novidades para mostrar em 2017. Segundo apurado por iG Carros , começarão o ano com o lançamento do Corolla renovado, que terá um design mais jovem e, finalmente, virá com controle de estabilidade.

2 - Volkswagen Tiguan

A nova geração do Volkswagen Tiguan será feita no México. Como os EUA são prioridade, Brasil fica para a segunda fase, em 2017.
Divulgação
A nova geração do Volkswagen Tiguan será feita no México. Como os EUA são prioridade, Brasil fica para a segunda fase, em 2017.

A Volkswagen até queria trazer a nova geração do Tiguan para o evento, mas encontrou uma dúvida bem séria: Por que mostrar agora um carro que só deve chegar, na melhor das hipóteses, no final de 2017? O SUV virá ao Brasil importado do México, onde a produção ainda não começou. Para piorar, a fábrica mexicana dará prioridade total para os Estados Unidos. Quando os gringos estiverem bem abastecidos, só então começarão a pensar na América Latina.

LEIA MAIS:  Fomos ao novo local do Salão do Automóve. Veja mais detalhes

3 - Ferraris mais potentes

Teremos uma Ferrari no evento, a 488 GTB, mas bem que poderia ser uma LaFerrari Aperta.
Divulgação
Teremos uma Ferrari no evento, a 488 GTB, mas bem que poderia ser uma LaFerrari Aperta.

Quem vai ao Salão do Automóvel gosta de ver carros caros e exclusivos. A Ferrari até estará no evento, com uma unidade da 488 GTB no estande Espaço Sonhos (onde também estarão Lamborghini Huracán , Maserati Quattroporte GTS e Tesla Model S ), mas esperávamos por uma versão mais especial da marca italiana. Uma LaFerrari , ou até mesmo a GT4CLusso , apresentada no Salão de Genebra (Suíça).

Nissan March

Inspirado no utilitário Kicks, o novo Nissan March mudou radicalmente no design.
Divulgação
Inspirado no utilitário Kicks, o novo Nissan March mudou radicalmente no design.

Revelado no Salão de Paris (França), em outubro, o novo Nissan March é cotado para chegar ao Brasil apenas em 2018. A distância é grande, mas a marca já poderia começar a medir a aceitação pelo novo design com uma participação especial no evento, mais alinhado com o SUV Kicks – que já está vendendo muito bem. Como não vem, podemos esperar que apareça por aqui só na próxima edição do evento, em 2018.

LEIA MAIS:  Começa a venda de ingressos para o Salão do Automóvel 2016

Todos da JAC e Volvo

A versão nacional do JAC T5 deveria estrear no Salão, com câmbio CVT., mas a marca resolveu ficar de fora do evento.
Divulgação
A versão nacional do JAC T5 deveria estrear no Salão, com câmbio CVT., mas a marca resolveu ficar de fora do evento.

Se não teremos carros de algumas marcas no evento, a situação é pior ainda para a Volvo e a JAC, duas marcas que não participarão de forma alguma do Salão do Automóvel deste ano. Havia a expectativa que a fabricante chinesa estivesse presente para revelar o utilitário T5 fabricado no Brasil, com câmbio CVT. Vai ficar para depois do Salão. No caso da empresa sueca, que teve vários lançamentos ao logo do ano, como o XC60 com motor diesel, a matriz tomou a decisão de participar de apenas alguns Salões por ano – e o Brasil ficou de fora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.