Levante aparece no salão antes de chegar às lojas no Brasil. Conheça o SUV capaz de atingir 100 km/h em 6,3 segundos

Maserati Levante conta com motor 3.0 V6, em versões de 350 cv e 430 cv. Em 2018, virá o V8 de 560 cv.
Divulgação/Newspress
Maserati Levante conta com motor 3.0 V6, em versões de 350 cv e 430 cv. Em 2018, virá o V8 de 560 cv.

O primeiro utilitário esportivo da Maserati estará no Salão de São Paulo, que começa no próximo dia 10 e vai até o dia 20 de novembro. Trata-se do Levante, o SUV que será vendido no Brasil por sua importadora oficial, a Via Italia, ainda sem data para chegar às concessionárias e sem preço divulgado. Considerando que o valor inicial nos EUA é de US$ 72 mil, podemos esperar que o SUV seja oferecido por aqui por mais de R$ 500 mil.

LEIA MAIS: Veja 5 supercarros que vão roubar a cena no Salão do Automóvel

Lançado no início de 2016, o Levante começou a ganhar forma com o conceito Kubang do Salão de Frankfurt (Alemanha) de 2011. Na versão final, a Maserati deixou o nome de lado (que mais parecia o som de alguém caindo escada abaixo) e alterou bastante o design. Os faróis ficaram muito mais finos e a grade teve o tamanho reduzido, com a adição de filetes cromados na vertical. O para-choque também mudou e recebeu uma entrada de ar maior que passa por toda a peça.

Para um carro de luxo, o interior do Levante é até conservador.Tem acabamento em couro pelo painel, volante e bancos, que pode vir em duas cores. O painel de instrumentos tem uma tela digital entre o conta-giros e o velocímetro. Um toque que diferencia o carro é o relógio analógico logo acima da tela da central multimídia. As versões mais caras podem vir com acabamento de madeira no console central, ao lado da alavanca do câmbio.

LEIA MAIS:  Maserati revela seu primeiro  utilitário esportivo, o Levante

SUV com coração esportivo

Mais conservador, o interior do Maserati Levante não tenta inventar firulas, mantendo o aspecto premium da marca.
Divulgação/Newspress
Mais conservador, o interior do Maserati Levante não tenta inventar firulas, mantendo o aspecto premium da marca.

Para concorrer com Porsche Cayenne , tem que vir com um bom motor. Por enquanto, a única motorização disponível é o 3.0 V6, com a opção de 350 cv ou 430 cv, sempre combinado ao câmbio automático de oito marchas e tração integral. Com ele,  o SUV é capaz de atingir os 100 km/h em 6,3 segundos na versão básica, e 5,2 s no modelo de 430 cv. Até 2018 virá o motor V8 de 560 cv.

LEIA MAIS:  Que tal uma moto com motor V8 de Maserati? Conheça a Larareth LM847

Além do Levante , a Via Italia importa outros quatro modelos da Maserati para o Brasil: os sedãs Quattroporte e Ghibli, o cupê Gran Turismo e o conversível GranCabrio . Todos estarão no estande da marca no Salão do Automóvel de São Paulo, com exceção do Quattroporte GTS – este será exibido no estande Espaço Sonhos, ao lado da Ferrari 488 GTB , Lamborghini Huracán e Tesla Model S.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.