Versão esportiva do hatch terá como principais rivais Renault Sandero RS e Fiat Punto T-Jet

Peugeot 208 GT
Reprodução/Clube Peugeot 208 Brasil
Peugeot 208 GT

O Peugeot 208 está prestes a passar por uma renovação. Além das mudanças no design, será o momento da chegada do 208 GT , versão esportiva prometida há tempos. O lançamento acontece nos próximos dias, mas o hatch turbinado foi fotografado sem nenhum disfarce e publicado na comunidade Clube Peugeot 208 Brasil no Facebook.

Não há muito mistério sobre como será o 208 GT. O motor é o nosso velho conhecido 1.6 THP Flex, na mesma configuração usada no utilitário  2008 , gerando 173 cv e 24,5 kgfm de torque a 1.500 rpm. Será oferecido apenas com câmbio manual de seis marchas. Como a versão GT irá ocupar o topo da gama, pode esperar por preços na casa dos R$ 70 mil, acima do Renault Sandero RS (a partir de R$ 59.280), mas um pouco abaixo do Fiat Punto T-Jet (R$ 75.300), que serão dos dois principais rivais do Peugeot.

Peugeot 208 GT
Reprodução/Clube Peugeot 208 Brasil
Peugeot 208 GT

As linhas mudam pouco em relação ao modelo com motor aspirado. Há escapamento duplo e lanternas escurecidas na traseira. Do lado de dentro, os bancos são de couro e o acabamento tem costura vermelha. O volante tem uma faixa de marcação ao centro (como em alguns carros de competição) e a inscrição GT na base.

Peugeot 208 GT
Reprodução/Clube Peugeot 208 Brasil
Peugeot 208 GT

Fora os detalhes específicos dessa versão, o 208 GT traz todas as mudanças da reestilização. O para-choque tem entradas de ar maiores, combinando com os contornos agressivos dos faróis. As lanternas traseiras tem contornos em LED que imitam as garras de um leão. O painel conta com uma tela de sete polegadas capaz de replicar a tela do celular. Para o resto da linha, o que muda é a substituição do motor 1.5 pelo novo 1.2 PureTech, de três cilindros, com 90 cv e 12,9 kgfm de torque.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.