SUV será fabricado sobre a base da picape Fiat Toro e ficará acima do Renegade. Deverá partir de algo em torno de R$ 100 mil

Jeep Compass é flagrado em testes na China, ainda camuflado. Pela imagem, as lanternas serão LED no lugar de lâmpadas
Reprodução/PCauto
Jeep Compass é flagrado em testes na China, ainda camuflado. Pela imagem, as lanternas serão LED no lugar de lâmpadas

Agora dá para cravar: o novo Jeep Compass, que será fabricado em Goiana (PE), vai ser lançado em primeira mão no Brasil no fim de setembro, de acordo com o que apurou a reportagem de iG Carros. Feito sobre a mesma base da picape Fiat Toro , o carro ficará um pouco acima no Renegade na hierarquia de modelos da marca, o que significa que deverá partir de algo em torno de R$ 100 mil.

Interior do Jeep Compass é flagrado, ainda com alguns disfarces, mas que deixam à mostra que conta com vários itens vindos da Fiat Toro
Reprodução/PCauto
Interior do Jeep Compass é flagrado, ainda com alguns disfarces, mas que deixam à mostra que conta com vários itens vindos da Fiat Toro

O novo Jeep Compass já foi flagrado em testes várias vezes em redor do mundo. Mas o carro ainda não tinha sido visto por dentro, como mostra a imagem do site chinês PC Auto . A foto revela que o interior terá vários componentes  vindos da Toro , como volante, mostradores, alavancas da coluna de direção, saídas de ar no painel, botão de partida, entre outros.

Depois de ser lançado, no final do mês que vem, o novo Compass vai estar entre as principais novidades do Salão do Automóvel, em São Paulo, que acontece entre os dias 10 e 20 de novembro. Terá o mesmo estilo adotado no Grand Cherokee , mas numa escala menor, já que deverá ter cerca de 4,5 metros de comprimento para brigar com Hyundai ix35 , Volkswagen Tiguan, Honda CR-V , Toyota RAV4 , entre outros.

LEIA MAIS: Jeep lança no Brasil a série comemorativa de 75 anos da marca no mundo

Pelo menos por enquanto, sabe-se apenas que um dos motores que serão oferecidos será o 2.0 turbodiesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, também disponível no  Renegade . Além disso, também existem chances do carro também poder ser equipado com o 2.0 Tigershark, capaz de gerar 164 cv e 19,8 kgfm. No sistema de transmissão, além do câmbio manual e seis marchas e do automático de nove, haverá tração integral ou apenas dianteira, dependendo da versão.

E o SUV da Toro?

O SUV da Toro deverá ter a mesma cara da picape, com faróis compridos e com filete de LED
Divulgação
O SUV da Toro deverá ter a mesma cara da picape, com faróis compridos e com filete de LED

Aproveitando a mesma base do Compass , a Fiat deverá contar com uma versão SUV da picape Toro que entrará no lugar do crossover Freemont , cujas vendas não estão indo nada bem. Nem aparece no relatório mais recente dos 50 carros mais vendidos da Fenabrave (Federacão dos Distribuidores de Veículos).

LEIA MAIS:  Jeep faz Renegade em homenagem às motos Harley-Davidson

Sabe-se apenas que teve 369 unidades vendidas desde o início do ano, ante 638 do  irmão gêmeo Dodge Journey, vendido apenas com motor V6 3.6 Pentastar, bem mais potente e adequado ao porte do carro que o 2.4, de quatro cilindros, da Fiat.

Portanto, o Journey deve continuar sendo produzido ainda em 2017 e, pelo menos algumas unidades, poderão ser encontradas nas lojas no início de 2018. Porém, tudo indica que o Freemont sairá de linha antes disso, sendo substituído pelo SUV da Toro, com sete lugares e porte ligeiramente maior que o do Compass.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.