Previsto para meados de 2017, Honda CR-V aposta em novos motores turbo. SUV terá design atualizado para ficar parecido com Civic

Em testes na China, o Honda CR-V contará com motores 1.5 turbo de 182 cv e 2.0 turbo com potência entre 230 cv e 276 cv.
Reprodução/Autohome
Em testes na China, o Honda CR-V contará com motores 1.5 turbo de 182 cv e 2.0 turbo com potência entre 230 cv e 276 cv.

A nova geração do Honda CR-V já está em estágios avançados de desenvolvimento. O SUV circula pelas ruas na China, como mostram as fotos obtidas pelo site AutoHome. Além da atualização de design, que deixará o utilitário mais próximo da linguagem visual apresentada no novo Civic, a novidade será a adoção de novos motores 1.5 e 2.0 turbo, que irá ajudar o automóvel a reduzir o consumo de combustível. O lançamento deve acontecer na segunda metade de 2017.

LEIA MAIS: Honda City terá novo design da Índia em 2017

Da mesma forma que irá acontecer com o City reestilizado, o Honda CR-V irá adotar a evolução da identidade visual “Exciting H Design”, que começou na terceira geração do Fit e foi atualizada no Civic. Os faróis ficarão integrados à grade frontal, formando um aspecto de asa. As fotos espiãs mostram que, por ser um carro de outra categoria, o SUV não apostará em um teto mais alongado como aconteceu com o Fit.

Traseira do novo CR-V seguirá estilo arrojado da décima geração do Civic
Reprodução/Twitter
Traseira do novo CR-V seguirá estilo arrojado da décima geração do Civic

Na traseira, logo abaixo do vidro haverá uma barra preta. As lanternas terão um formato de “L”, passando por baixo dessa linha do vidro traseiro. A área da placa ficará mais para baixo, bem próxima do para-choque. Falando nele, o novo para-choque deixa as luzes de posicionamento um pouco mais altas e conta com uma parte cromada logo acima das duas saídas do escapamento, uma de cada lado do veículo.

SUV turbinado

Como aconteceu com o Civic, o Honda CR-V dará foco aos novos motores VTEC turbo. Um deles será o 1.5 utilizado no Acura CDX, a versão de luxo do HR-V que foi apresentada no Salão de Pequim. Nele, o motor gera 182 cv e 24,5 kgfm e é acoplado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e oito marchas – este útlimo não deve ser utilizado no CR-V, dando lugar a transmissão CVT usada em outros modelos da fabricante.

LEIA MAIS: Novo Honda Civic impressiona pelo bom desempenho

A segunda opção de motor do Honda CR-V será o 2.0 turbo. Será o motor mais forte da empresa e deve estrear apenas no fim do ano, debaixo do capô do cupê esportivo Civic Si com uma configuração de 230 cv. Em 2017 será a vez da versão ainda mais potente no Civic Type R, contando com 276 cv e 37,7 kgfm de torque. Ambos utilizarão a caixa automática de nove marchas. Podemos esperar também por uma motorização híbrida para o resto do mundo.

Fonte:  Autohome

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.