Versão reestilizada do modelo ficará com visual inspirado no novo Civic e ganhará nova central multimídia, entre outras mudanças

Honda Fit renovado é flagrado em testes no Japão, mas chega ao Brasil até o fim do ano
Reprodução/Ferd
Honda Fit renovado é flagrado em testes no Japão, mas chega ao Brasil até o fim do ano

Já estava mesmo na hora da Honda adotar algumas mudanças no Fit, cuja geração atual foi lançada há quatro anos. O carro é líder de vendas do segmento, mas estava precisando de novidades para continuar com apelo no mercado. Então, receberá uma série de atualizações que vão incluir mudanças no visual, seguindo o estilo adotado no novo Civic. Parte dessas alterrações estão escondidas nos difarces da unidade do Honda Fit flagrada em testes que aparece nas foto acima, publicada na página do Ferd, no Facebook.

LEIA MAIS: Honda WR-V, HR-V e CR-V. Entenda em detalhes as diferenças entre os três SUVs

O carro das imagens foi flagrado no Japão, mas as novidades serão adotadas  quase simultaneamente no Brasil, onde o Honda Fit renovado deverá ser lançado até o fim do ano, juntamente com o sedã City reestilizado. As alterações no design do carro incluem novos faróis, que vão ter luzes diurnas de LED e grade redesenhada, o que deixará o monovolume com aspecto um pouco mais esportivo. Além disso, os para-choques vão ganhar mais entradas de ar e as lanternas traseiras terão novos detalhes.

Na traseira, o Honda Fit renovado terá novos detalhes nas lanternas entre as mudanças que serão adotadas
Divulgação
Na traseira, o Honda Fit renovado terá novos detalhes nas lanternas entre as mudanças que serão adotadas

Tratam-se apenas de alterações pontuais no desenho antes do lançamento da nova geração do Fit, que não deverá chegar ao Brasil antes de 2019. Portanto,  serão mudanças um tanto discretas, que também vão incluir novos equipamentos, entre os quais uma central multimídia mais moderna que também será usada no sedã City renovado. Espera-se que, entre outros recursos, o novo sistema seja compatível com Apple CarPlay e Android Auto e tenha tela com melhor resolução gráfica. 

LEIA MAIS:  Por que o Honda HR-V é líder de vendas? Confira a resposta na avaliação 

Mecânica e estrutura não mudam

Não será dessa vez que o Fit vai receber novidades mais significativas, como a inclusão de novos motores, inclusive o 1.0, de três cilindros, turbo, que a Honda planeja adotar no Brasil e que já equipa o Civic em alguns mercados. Promete ser o mais potente da categoria, com 130 cv e 20,4 kgfm de torque, o que é mais do que os 125 cv e 17,3 kgfm do Ford EcoBoost e que os 105 cv e 16,8 kgfm da Volkswagen. 

E a Honda deverá esperar pelo lançamento da nova geração do Fit para incluir o controle eletrônico de estabilidade (ESP) na dupla Fit/City. O equipamento de segurança ativa será obrigatório no Brasil apenas a partir de 2020, em novos modelos, em 2022 em diante em todos os carros zero quilômetro fabricados no Brasil.

LEIA MAIS: Honda Fit mostra que tem qualidades, mas acaba cobrando caro por isso

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.