Saiba como será o Onix, rival da Chevrolet para o Gol

Hatch será lançado no final do ano e terá a missão de encostar nas vendas dos líderes Gol, Uno e Palio

Ricardo Meier | 16/7/2012 12:02

Foto: João Kleber do Amaral Veja mais fotos

Chevrolet Onix: modelo pode ajudar a GM a disputar a liderança do mercado

No final da década de 90 a Chevrolet passava por um dos seus melhores momentos no Brasil. Tinha lançado o Corsa há alguns anos e conseguido conquistar um público mais acostumado aos modelos da Volkswagen. Também vendia o modelo mais desejado do país, o Vectra, aquele dos retrovisores integrados ao capô. Seus carros eram usados pela Presidência da República e ela ainda tinha na manga o Astra, que viria a brigar com o Golf pela liderança do segmento de hatches médios. O passo seguinte seria o mais ousado da montadora em sua longa história no Brasil, o projeto "Blue Macaw" ou “Arara Azul” em português.

Veja mais: Gol, Punto, EcoSport e C3 são as próximas novidades do mercado

Na época, a GM prometeu que ele seria o veículo mais barato do país, batendo o Uno Mille, que já levava a Fiat a disputar a liderança do mercado com a Volks.

Baseado no Corsa, mas com uma construção bem mais espartana, o hatch começou a ser produzido numa nova fábrica em Gravataí, RS, que usava um método avançado de produção, com os fornecedores dentro da linha de montagem. No papel, tudo perfeito, mas quando o Celta – o nome escolhido para o projeto “Arara Azul” – chegou ao mercado, em 2000, seu preço não era o mais barato do Brasil e o modelo também pecava pela simplicidade exagerada.

A GM, aos poucos, corrigiu alguns defeitos de nascença do Celta, lançou uma versão sedã (Prisma) e investiu em motorizações fortes para tornar o carrinho bem sucedido. E ele reagiu, tornando-se um dos principais produtos, mas nunca foi páreo para Gol, Uno ou Palio, seus principais rivais.

Pois o Onix, seu sucessor natural, deve assumir esse papel no final deste ano, quando chegar às concessionárias da Chevrolet. O nome, aliás, é usado como referência ao projeto, mas já foi até registrado pela marca e tem grandes chances de ser mantido.

Para brigar com Gol, Uno e Palio

Entre tantos modelos lançados nos últimos meses, seguindo a estratégia de renovar toda a linha num curto espaço de tempo, a GM deve colher mais resultados com o Onix. Enquanto modelos como o Cruze e a S10 recuperaram o público perdido pelos seus antecessores, o hatch compacto deve dar o gás que falta para a montadora encostar nas vendas de VW e Fiat. A razão é que ele conviverá com o Celta, que será “rebaixado” para o patamar onde hoje estão o Mille, Ka e Gol G4.

Com isso, é bem possível que o Celta mantenha o patamar de vendas – se não aumentá-lo – e o Onix possa atrair os clientes que hoje compram o Gol G5 e o novo Palio, por exemplo.

Para agradá-los, a GM apostou num projeto com ares bastante esportivos. “Ele lembra o Gol”, nos disse uma fonte que viu o hatch recentemente. As ilustrações que iG Carros produziu com exclusividade mostram um veículo com para-lamas saltados, faróis afilados e uma traseira volumosa com direito a um spoiler de série. A grade dividida, característica da Chevrolet, é mais discreta que a do Agile, por exemplo, o que mostra a evolução no design e na construção do modelo, que sim, pode roubar clientes do “irmão”.

Suas dimensões são outro aspecto que evoluirá. Se o Celta sempre se mostrou um veículo contido, o Onix oferecerá mais espaço para passageiros e bagagem. “Mas nada exagerado como o Cobalt”, nos comentou a mesma fonte.

O público-alvo do Onix é mesmo o jovem que atualmente não tem grandes opções baratas na marca. Os motores serão os mesmos 1.0 e 1.4 do Celta, mas com melhorias para consumir menos combustível. Os componentes do Onix são em grande parte os mesmos dos modelos Cobalt, Spin e Sonic já que eles compartilham a mesma base, surgida sobre o Opel Corsa D europeu.

Isso significa um carro com dirigibilidade apurada, boa posição de dirigir, bom nível de equipamentos (dependendo da versão, claro) e um acabamento honesto, mas sem sofisticação.

A receita parece promissora e será complementada pela versão sedã que chega no começo de 2013 para o lugar do Prisma que, ao contrário do Celta, já está com os dias contados. A vida seria mais fácil para a GM se não existissem tantos hatches compactos prestes a chegar ao Brasil. Toyota Etios, Hyundai HB, Peugeot 208, Citroën C3, novo Ford Ka e as versões nacionais dos chineses devem aumentar a disputa por esse cliente, o mais numeroso do mercado. A única coisa certa é que Gol, Uno e Palio terão vida difícil daqui para frente.

PESQUISE CARROS

RANKING

Veículos mais vendidos - junho de 2014

Pos. Modelo Vendas
Fiat Palio 14.080
Volkswagen Gol 13.167
Chevrolet Onix 10.993
Ford Fiesta 10.701
Fiat Strada 10.561
Hyundai HB20 9.528
Fiat Siena 8.544
Fiat Uno 7.580
Chevrolet Prisma 7.219
10º Volkswagen Voyage 6.953
Veja ranking completo

© Copyright 2000-2013, Internet Group - Portais: iG e iBest

Topo