Bom de briga, Jeep agrada pelos itens de série. Com câmbio automático. SUV parte de R$ 81.990

Ok, eu sei que você já está cansado de ver propagandas de SUVs. Mas agora é a hora da verdade. Dos mais vendidos, qual dos cinco modelos flex, com câmbio automático, é o melhor? A briga entre os dois primeiros colocados foi bastante acirrada, mas acabou com o  Jeep Renegade  como vencedor. Não pelo desempenho, mas pela relação custo-benefício e por causa do alto nível de detalhes com que foi fabricado, seja quando o assunto é a parte estrutural do carro, o conforto, ou ainda o acabamento do interior.

Jeep Renegade Sport 1.8 (automático) – R$ 81.990

Jeep Renegade
Divulgação
Jeep Renegade


Jeep Renegade
Divulgação
Jeep Renegade

Por R$ 81.990 você tem no Jeep uma lista de equipamentos compatível com o do Honda , mas que custa R$ 88.500 (uma diferença de R$ 6.510). Além disso, na comparação dos itens de série dos dois, o HR-V tem como principal desvantagem o computador de bordo, que não dá informações básicas, como autonomia e temperatura externa.

Além da lista de equipamentos caprichada, tem uma série de itens ligados ao espírito aventureiro da marca, como o  mapa de trilha no porta-objetos do console central e o ícone da Jeep nas caixas de som. Também chama atenção o volante com boa empunhadura e revestido de couro, com 18 botões, que estão até atrás dos raios laterais.  Mas o desempenho no dia a dia  é apenas razoável.

Jeep Renegade
Divulgação
Jeep Renegade


Honda HR-V EX – R$ 88.500

Honda HR-V
Divulgação
Honda HR-V


Honda HR-V  logo se tornou campeão de vendas. Tem projeto moderno, que inclui  conjunto mecânico bem acertado e uma suspensão que consegue absorver as irregularidades do piso sem prejudicar o conforto dos ocupantes. A lista de equipamentos e o desenho também são elogiáveis.  

Honda HR-V
Divulgação
Honda HR-V

 No dia a dia, o HR-V mostra um pouco mais de agilidade e economia de combustível que o Renegade . Em contrapartida, o Jeep pode rodar mais, já que o tanque tem 60 litros, ante 51 litros do rival. Levando os em conta dos dados das fabricantes, com apenas etanol, o HR-V anda 362 quilômetros na cidade e 433 na estrada, contra 402 e 444 do Renegade , respectivamente. 


Honda HR-V
Divulgação
Honda HR-V


Peugeot 2008 Allure (automático) – R$ 76.390

Peugeot 2008
Divulgação
Peugeot 2008



Apesar de ainda não ter deslanchado em vendas, o Peugeot 2008  fica com o terceiro lugar. O câmbio automático de apenas quatro marchas é seu principal ponto fraco. Mas, dos cinco SUVs, é o carro que se sai melhor nas curvas e o único que vem com seis air bags e teto solar panorâmico desde a versão mais em conta, que tem preço sugerido que parte de  R$ 67.190. 

Painel do Peugeot 2008
Divulgação
Painel do Peugeot 2008

O antigo câmbio automático, de apenas quatro marchas, prejudica não apenas o desempenho, mas também o consumo e o conforto. Em contrapartida, a estabilidade nas curvas é ponto forte, bem como a posição de dirigir e o fato de já vir com seis airbags e teto solar panorâmico de série desde a versão mais em conta da linha. Mesmo assim, as vendas continuam baixas.


Peugeot 2008
Divulgação
Peugeot 2008


Renault Duster Dynamique (automático) – R$ 85.150

Renault Duster
Divulgação
Renault Duster


O quarto colocado é o Renault  Duster,  que ganha pontos pela robustez e pelo espaço generoso, inclusive no porta-malas. E em quinto fica o tradicional líder do segmento,  o Ford EcoSport, cuja versão com câmbio automatizado mais em conta  (a SE  2.0 Powershift) custa a partir de R$ 76.700  e precisa evoluir para recuperar o reinado. Pode começar com uma tampa do porta-malas  mais prática no dia a dia e que não tenha estepe.

Painel do Renault Duster
Divulgação
Painel do Renault Duster

É o mais simples dos cinco SUVs do comparativo e tem a versão básica mais acessível. Recebeu retoques no desenho na linha 2016, melhor isolamento acústico, entre outros detalhes. Mas  ainda falta bastante para se igualar aos líderes do segmento. Interior tem alguns comandos mal posicionados, como o controle dos retrovisores sob a alavanca do freio de estacionamento.


Renault Duster
Divulgação
Renault Duster



Ford EcoSport Freestyle Plus (automatizado) – R$ 81.700

Ford EcoSport
Divulgação
Ford EcoSport


Tradicional líder do segmento de SUVs compactos, o  Ford EcoSport  perdeu o reinado e precisa mudar para acompanhar a forte concorrência. Mas ainda se destaca por alguns aspectos, como ser gostoso de dirigir e pelo prático sistema Sync, que se conecta facilmente a qualquer tipo de celular.  A pouco prática tampa do porta-malas com estepe é um dos pontos a serem revistos.

Painel do Ford EcoSport
Divulgação
Painel do Ford EcoSport

O SUV da Ford , cuja versão com câmbio automatizado mais em conta  (a SE  2.0 Powershift) custa a partir de R$ 76.700  e precisa evoluir para recuperar o reinado. Precursor entre os SUV compactos, o EcoSport foi lançado em 2003 e acabou sendo um sucesso de vendas, mas precisa receber uma série de atualizações para voltar a ser mais competitivo.



Ford EcoSport
Divulgação
Ford EcoSport


 Pode começar com uma tampa do porta-malas mais prática no dia a dia e que não tenha estepe, o que já foi adotado na versão vendida na Europa e que também está sendo cogitada para entrar no mercado dos Estados Unidos em breve.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.