O motor aspirado foi expirado! Agora toda linha 911 vem armada com os potentes turbos

Semana passada a Porsche convidou um grupo de jornalistas para testar os novos 911 Carrera e 911 Carrera S no autódromo homologado pela FIA “Velo Cittá”  em Mogi Guaçu, São Paulo. Esse evento é o sonho de qualquer adulto que possua uns 90% de criança na sua alma. Por mais de duas horas, levamos os carros aos seus limites de aceleração e frenagem, abusando da sua incrível capacidade de engolir curvas e transformá-las em retas.  

O 911 é um carro que não muda nada, nunca. Por mais de 50 anos seu icônico visual é preservado, tornando-o reconhecido instantaneamente em qualquer lugar. Mas ao mesmo tempo o  911  muda tudo, sempre. Desde seu lançamento em 1963, ele dá saltos de performance e tecnologia que definem os parâmetros para sua categoria e o mantém liderando a matilha, há décadas, como o esportivo mais vendido do mundo. Os novos  911 seguem essa regra. Esse carro é furiosamente perfeito! 

Veja as sete gerações do Porsche 911:

As sete gerações do 911
Divulgação
As sete gerações do 911

As sete gerações do 911
Divulgação
As sete gerações do 911

O que mudou no 911  desta vez? Muita coisa, mas vamos começar pela novidade mais significativa: os motores aspirados foram expirados! Eles não existem mais para os 911 . Abra a tampa traseira do Carrera e do Carrera S e você verá duas turbinas. E o que você ganha com isso? Quatro coisas: Mais velocidade, mais aceleração, mais cavalaria e muito mais fúria! Veja os números:


911 Carrera 911 Carrera S 911 Turbo 911 Turbo S
Motor Boxer 6 cilindros Boxer 6 cilindros Boxer 6 cilindros Boxer 6 cilindros
Cilindrada 3.0 litros 3.0 litros 3.8 litros 3.8 litros
Potência 370 cv 420 cv 540 cv 580 cv
Torque 450 Nm 500 Nm 710 Nm 750 Nm
0-100 km/h 4,2 segundos 3,9 segundos 3,0 segundos 2,8 segundos
Vel. Máxima 293 km/h 306 km/h 320 km/h 330 km/h


Comparado com os modelos anteriores, o Carrera e o Carrera S aumentaram suas velocidas finais para 296 km/h e 310 km/h, reduziram seus 0 a 100 km/h em 0,2 segundos e tiveram suas potencias incrementadas em 20 cavalos. Já os 911 Turbo passam a alcançar máximas de 325 km/h e 342 km/h, e como os Carreras , também reduziram em 0,2 segundos o 0 a 100km/h e ganharam 20 cavalos extras. Estes novos motores são menores, mas leves, consomem menos combustível e geram menos emissões.


Motores Turbo e Aspirados, qual a diferença?

A potencia de um carro com motor aspirado vem da quantidade de ar que ele consegue sugar para dentro dos cilindros e queimá-lo junto com o combustível. Se você quiser ampliar a potencia, a explosão dentro do cilindro deve ser maior. Uma das maneiras de se conseguir isso é aumentar o tamanho dos cilindros ou então acrescentar mais cilindros no motor. Mas nem sempre isso é possível, seja por uma questão de espaço ou de custo.

Outra saída é instalar uma turbina no motor, uma solução eficiente e muito simples. Antes dos gases gerados pela combustão saírem pelo o escapamento, eles são direcionados (1) para atingir as laminas da turbina (2) , que começa a girar em alta velocidade, exatamente como a de um avião. Essa turbina então suga o ar exierior (3) e o empurra, sob alta pressão,  (4) para dentro de um compressor que por sua vez o direciona para dentro do cilindro.  Ao receber essa dose extra de ar, a explosão fica maior, gerando mais potencia e força de aceleração, mesmo em baixas rotações. 

Turbina Porsche 911
Divulgação
Turbina Porsche 911

Mas o turbo tem uma característica negativa chamada de “Lag”, que é o tempo de demora para que a turbina saia do repouso e entre em ação, fazendo com que a resposta da aceleração não seja imediata, como num motor aspirado. A Porsche resolveu o “Lag” acoplando duas turbinas no motor. Mesmo quando você tira o pé do acelerador, o sistema da Porsche mantêm a turbina girando por um curto período, de forma que sua inércia de giro não seja perdida, mantendo a resposta da aceleração imediata. Para maximizar a captação de ar a turbina do 911 possui geometria variávavel, ou seja, suas laminas podem ter seus angulos alterados.

Olha, isso tudo pode parecer meio complicado, mas o importante é o seguinte: quando você acelera o novo  911 , ou retoma sua velocidades após frenagens, a resposta é bestialmente rápida. Em qualquer velocidade. Em qualquer giro. 


Carro de corrida ou para uso diário?

Uma das características mais legais do 911 é que você pode usá-lo como um carro de corridas de alto desempenho durante o dia e de noite ele te leva tranquilamente à um restaurante para jantar, esbanjando conforto, comodidade e conectividade. Quem te ajuda a fazer essa transição de Doutor Jekyll para Mister Hyde é o seletor de modos de pilotagem, através de um anel giratório no lado direito inferior do volante. A Porsche classifica os modos a serem selecionados como: Normal , Sport e Sport Plus . Eu os classifico com Irado , Colérico e Insano . O que isso faz com o carro?

Novo Porsche 911 - Sport Chrono
Divulgação
Novo Porsche 911 - Sport Chrono

Ao escolher cada um desses modos você altera o funcionamento do motor, da transmissão, da suspensão, da geometria do chassis e da carroceria. Acionando o modo Insano ( Sport Plus , segundo a Porsche ), as sete marchas passam a ser trocadas em giros bem mais altos, a suspensão fica mais dura e baixa, a asa traseira e o spoiler dianteiros são acionados, o arco de giro do volante é diminuído e o mapeamento dos sensores de estabilidade e tração é reajustado, entre várias outras alterações. Há também um quarto modo, o Individual , onde você pode alterar o mapeamento do 911 de acordo com seu nível de nervosismo.

Veja abaxo o spoiler dianteiro e asa reaseita recolhidos e estendidos:

Spoiler dianteiro e Asa traseira
Divulgação
Spoiler dianteiro e Asa traseira

Mas isso não é  suficiente para os engenheiros do mal da Porsche . No centro do seletor de modos, eles colocaram um botãozinho batizado de “ Sports Response Button ". Aperte-o e nos próximos 20 segundos o motor e a transmissão, de embreagem dupla, vão despejar o maior volume possível de potencia nas rodas. Para que você precisa isso? Simples. Imagine aquela situação corriqueira de dia-a-dia, quando você esta tranquilamente pilotando seu 911 a uns 270 km/h e encontra um chato na sua frente, rodando vagarosamente a 250km/h. Aperte o SRB , e num piscar de olhos você alcança uns 310km/h e deixa a tartaruga para traz. Os manos da Zona Leste chamam isso de nitro. Mas tem uma diferença. O sistema da Porsche não explode, e você pode apertar o SRB quantas vezes quiser e dar infinitas séries de 20 segundos!


Tração Traseira ou Integral?

Os dois Carreras  são oferecidos com tração traseira ou integral. Qual a melhor? Os puristas vão imediatamente responder: “Tração Traseira!!!!”. Mas se dependesse deles, nenhum Porsche teria motor turbo, apenas aspirado. Então a opinião deles não importa muito. A tração traseira permite maior dinamismo, você tende a controlar mais o carro no braço e pés e isso pode ser muito divertido, mas também bastante perigoso se você levar o carro perto do limite sem saber 100% o que esta fazendo.

A tração nas quatro rodas, com controles eletrônicos, permite maiores velocidades laterais e melhor aceleração, além de corrigir alguns erros que você venha a cometer na pilotagem, já que a transmissão da força de propulsão é enviada individualmente para cada roda segundo sua necessidade, otimizando o desempenho do carro. Se o sistema perceber que uma roda começa a derrapar, ele diminui a forrça enviada para essa roda e a transfere para aquelas que estão tracionando o carro. 

Resumo da ópera: se você pilotar um 911 com tração traseira, concluirá que esta é a melhor opção sem sombra de dúvida. Se pilotar um 911 com tração integral, concluirá que esta é a melhor opção sem sombra de dúvida.


Eixo Dianteiro

O pavimento das nossas cidades, que simula as crateras do solo lunar, é um dos vilões que avaria carros. O novo 911 reduz esse problema ao disponibilizar um sistema de elevação do eixo dianteiro. Ao toque de um botão a distancia livre da frente do carro aumenta em 40mm.

Sistema de Suspensão do Eixo Dianteiro
Divulgação
Sistema de Suspensão do Eixo Dianteiro






Esse sistema é bastante útil para encarar lombadas e valetas, ou facilitar acesso do carro em rampas de garagens, evitando bater ou raspar sua frente. O sistema é automaticamente desativado em velocidades acima de 30 km/h.


Eixo Traseiro Direcional

As rodas do eixo traseiro do novo 911 também são esterçáveis! Até 50 km/h, elas viram na direção oposta às das rodas dianteiras, reduzindo o raio da curva e dando mais agilidade ao carro, bastante útil em curvas muito fechadas ou para se estacionar. 

Novo Porsche 911 - Eixo Traseiro Direcional
Divulgação
Novo Porsche 911 - Eixo Traseiro Direcional



Já em manobras acima de 80 km/h, as rodas traseiras seguem o movimento do volante, apontando para a mesma direção das rodas dianteiras, aumentando a estabilidade do carro. 


Sistema Dinâmico de Controle do Chassis

Quando o carro faz uma curva para a esquerda, seu corpo vai para o lado direito. O mesmo acontece com a carroceria, que se inclina para o lado oposto ao da curva, desbalanceando o carro. Para minimizar este problema o 911 possui um sistema que detecta a rolagem lateral do chassis e a neutraliza.

Controle Dinâmico de Chassis
Divulgação
Controle Dinâmico de Chassis






Quando 911  entra numa curva a esquerda, como na ilustração acima, o sistema empurra para cima o lado direito do carro e faz o contrárioo lado esquerdo, ajudando a manter a estabilidade. Esse sistema também minimiza a instabilidade lateral causada por pavimentos irregulares.  


Design e Interior

Há várias mudanças no exterior dos novos 911 . As grades de entrada de ar na tampa do motor passam a ser verticais. Os coletores de ar frontais ficaram maiores e suas trés paletas são móveis para ajudar a aerodinâmica do carro em diferentes velocidades.

Novo Porsche 911
Divulgação
Novo Porsche 911

Novos faróis frontais e lanternas traseiras tridimencionais são em LED. Do lado de dentro você vai encontrar todas comodidades de um carro de luxo. O sistema multimídia possui uma tela sete polegadas e suas funções podem ser controladas por toques, gestos, aproximação das mãos e por voz. Ao usar o GPS, você pode escrever o endereço desenhando as letras com seu dedo na tela. 

Outra novidade muito legal é que o rugido do motor pode ser alterado ao toque de um botão no console central. Quando este sistema esta desligado, o som emitido pelo  911 já faz as pessoas virarem suas cabeças. Ligado, o 911 vira o centro das atenções, emitindo um poderoso som pelos seu escapamentos. 

Os novos Porsches são perfeitos, caem na categoria dos melhores carros do planeta, tando do ponto devista racional como emocinal. Conforto, tecnologia de ponta, segurança e muita, mas muita potencia. Se você tem entre R$ 500 mil e R$ 1,3 milhões sobrando na carteira, escolha qualquer um dos novos  911 e compre-o. Hoje.


Novo Porsche 911:


Preços:

911 Carrera    R$ 509.000   
911 Carrera S    R$ 651.000
911 Carrera Cabriolet     R$ 557.000
911 Carrera S Cabriolet    R$ 696.000
911 Carrera 4    R$ 543.000
911 Carrera 4S    R$ 685.000
911 Carrera 4 Cabriolet    R$ 591.000
911 Carrera 4S Cabriolet    R$ 730.000
Targa 4    R$ 591.000
Targa 4S    R$ 730.000
Turbo                              R$ 997.000
Turbo S R$ 1.233.000
Turbo Cabriolet R$ 1.044.000
Turbo S Cabriolet R$ 1.227.000


Matérias relacionadas:

1) Acordar às 6 da manhã num domingo? Sim, para levar o Porsche 911 R para a pista!

2) Porsche Macan: Sucesso de vendas, ganha versão com 4 cilindros

3) Este Porsche 911 GT1 Evolution está à venda por “apenas” R$ 11 milhões

4) O 911 consegue evoluir radicalmente, ficando o mesmo carro!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.