Com motor de 245 cv e câmbio de oito marchas, modelo tem desempenho animador sem gastar muito combustível

Não adianta, quem tem família, precisa de espaço e não abre mão do prazer em dirigir tem em uma bela perua a melhor opção de escolha. Ok, elas quase sumiram no mercado no Brasil depois que a enorme onda de utilitários esportivos invadiu as lojas. Mas ainda restam algumas sobreviventes, como a Volvo V60 T5 Momentum (R$ 152.950) que a reportagem de iG Carros avaliou tanto na cidade quanto em uma viagem até entre São Paulo e o sul de Minas Gerais, cheia de trechos sinuosos e bem conservados, cenário perfeito para essa sueca com fome de asfalto.

Pode rodar quanto quiser. Vai ser difícil você se cansar de dirigir essa máquina de cruzar fronteiras com cinco pessoas a bordo e suas respectivas bagagens, sem nenhum aperto. O que também anima é a eficiência do novo conjunto mecânico Drive-E, que está disponível há dois anos. Conta com motor 2.0. turbo, 22 kg mais leve que o Ecoboost, o mesmo encontrado em modelos como o Range Rover Evoque . Rende 245 cv e nada desprezíveis 35,7 kgfm de toque a meros 1.500 rpm. É força de sobra para fazer qualquer ultrapassagem com segurança, sem muito esforço. Basta pisar de leve no acelerador para por à prova o fôlego de atleta da V60 .

Para acelerar de 0 a 100 km/h, a Volvo diz que a versão T5 Momentum precisa de apenas 6,4 segundos, tempo digno de esportivos de alto nível, como o Volkswagen  Golf GTI . E mesmo com toda essa disposição, o baixo consumo surpreende com ajuda de uma série de truques da tecnologia, como as paredes internas nos cilindros com tratatamento especial para redução de atrito, carcaça da turbina integrada ao coletor de escape, bomba d´água elétrica com funcionamento sob demanda e o câmbio Geartronic, Aisin, de oito marchas, que pode ser comandado manualmente por hastes atrás do volante.

Pena que a tração é distribuída apenas para as rodas da frente, o que prejudica um pouco a dirigibiliade da V60 nas saídas de curva e nas acelerações mais fortes, quando os pneus dianteiros acabam facilmente girando em falso. Mas sabendo dosar a potência despejada no chão, essa perua sueca se sai bem numa tocada mais quente, com ajuda com o conjunto de rodas de aro 18 calçadas em quatro 235/40R, de perfil baixo. Em contrapartida, as trocas de marcha são sempre rápidas e precisas, acompanhadas por um ronco grave na passagem entre uma marcha de outra, algo que vai fazer bem para o seu ego e deixa claro que a V60 não é apenas um carro familiar para mamães que vão buscar seus filhinhos na escola.

Volvo V60 Momentum T5
Carlos Guimarães e Divulgação
Volvo V60 Momentum T5

Se sua intensão for economizar combustível e não por em prática o lado esportivo dessa perua, pode selecionar modo Eco + que altera o mapeamento do acelerador, pressão da turbina, injeção e ignição e reprograma o novo câmbio automático. Além disso, a nova caixa vem com a função Coasting , que ajuda bastante a reduzir o consumo e a aumentar a sensação de conforto ao desacoplar a transmissão em declives em suaves ou momentos sem aceleração em locais planos. Estas situações são detectadas pelos sensores e acelerômetros do veículo e fazem com que ele ande mais solto em ritmo de passeio, com muito menos resistência mecânica. De acordo com a Volvo , a T5 Momentum faz uma média de 8,9 kml na cidade e 11,7 km/l na estrada.

No dia a dia, o que também agradou na V60 avaliada foi a central multimídia com GPS embutido, bastante funcional. Entre outras funções, informa sobre a proximididade de postos de abastecimento e de restaurantes o tempo todo, bem como a presença de radares fixos e de congestionamentos. Também é capaz de se conectar a qualquer celular com facilidade e vem com disco rígido que pode armazenar uma infinidade de fotos e músicas. Outros dois pontos positivos ficam por conta do acabamento caprichado e da boa ergonomia, apesar do console central com mais de 30 botões. Apenas o volante poderia ser um pouco menor para condizer com o apelo esportivo do carro e de oferecerem, pelo menos como opcional, algum sistema que ajuda estacionar além dos sensores no para-choque traseiro.

Mas, em geral, não há do que reclamar do pacote de equipamentos de série. Entre outros itens, há teto solar elétrico, sensor de chuva, rodas de liga leve de 18″, painel digital TFT com três tipos de display, regulagens elétricas no banco do motorista e do passageiro e ajustes lombares para ambos, borboletas para trocas de marchas manuais, friso de alumínio em volta das janelas laterais e cobertura retrátil no porta-malas.

Além disso, existe o sistema Volvo On Call , que possibilita imobilização remota, rastreamento do automóvel, atendimento automático em acidentes e, via aplicativo, permite que o proprietário receba em seu celular diário de bordo, notificações de manutenção e que comande algumas funções, como ignição (para pré-climatização) e controle remoto das travas. Nada mau, não? Bem, se você é pai de família, gosta de dirigir e não se rendeu à onda dos SUVs, ainda dá tempo de salvar mais essa perua da extinção no Brasil.


Ficha Técnica
Preço: R$ 152.950
Motor: 2.0, turbo, gasolina
Potência: 245 cv a 5.500 rpm
Torque: 35,7 kgfm a 1.500 rpm
Transmissão: Automática de oito marchas, tração dianteira
Suspensão:Independente (dianteira) / multilink (traseira)
Freios: Discos ventilados
Rodas: 235/40 R18
Dimensões: 4,64 m (comprimento / 1,83 m (largura) / 1,48 m (altura), 2,78 m (entre-eixos)
Tanque : 67 litros
Consumo: 8,9 km/l (cidade) /11,7 km/l (estrada)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.