Modelo de R$ 142.990 custa menos que rivais, mas deve detalhes como entrada USB e menos “turbo lag”

Agora feito no Brasil, o Audi Q3 chega para brigar por um lugar de destaque na briga acirrada entre os SUVs compactos de luxo. Como aliados principais, o modelo da marca alemã tem a eficiência do conjunto mecânico, o espaço interno e o preço um pouco menor da versão mais em conta Attraction na comparação com os principais rivais. São R$ 142.900 do Audi ante R$ 162.950 do Volvo XC60 Kinetic e R$ 166.950 do BMW X1 sDrive 20i.

O Audi Q3 básico vem com um pacote de equipamentos que inclui apenas o essencial para  um carro do segmento premium. A lista inclui faróis com lâmpadas de xenônio, lanternas traseiras com LEDs, bancos revestidos de couro, sensores e acionam faróis e limpador de para-brisa automaticamente e rodas de aro 17 polegadas.

LEIA MAIS: Audi começa a fazer Q3 no Brasil igual ao modelo importado

De fato, no dia a dia, não dá para sentir falta de muita coisa, exceto pela habilitação do GPS, que funciona com cartão SD. E da entrada USB para carregar o celular e espetar um pendrive com as músicas preferidas. Entretanto, existe entrada MMI, que tem pouca utilidade.

Afora esses pequenos contratempos, o Audi Q3 agrada pelo bom nível de acabamento e pelo espaço interno, tanto para os cinco ocupantes quanto para suas bagagens, já que o porta-malas carrega bons 460 litros. Ponto positivo também para a ergonomia, com comandos de fácil acesso e para o nível de acabamento, com peças bem encaixadas e de bom gosto.

LEIA MAIS: Audi RS3: foguete terra-terra

Como ele anda no dia a dia

Audi Q3 Attraction 1.4 TFSI
Divulgação
Audi Q3 Attraction 1.4 TFSI

Se quiser adotar uma tocada mais animada, é possível selecionar as  trocas sequenciais do câmbio de dupla embreagem S-Tronic ,  de seis marchas, e usar as hastes atrás do volante. Mas é bom lembrar que nessa versão mais em conta do Q3  a tração é apenas dianteira. Portanto, não é difícil fazer as rodas dianteiras girarem em falso ou provocar saídas de frente. E nessa versão nacional o seletor de modo de condução é opcional.Ao acelerar, porém, nota-se uma certa demora na resposta inicial do motor 1.4 turbo, movido a gasolina. Ao invés de já despejar boa dose de força ao escostar o pé no pedal da direita, é preciso esperar alguns segundos, quando os 25,4 kgfm de torque aparecem de uma vez. O ideal seria que fosse algo mais progressivo. Depois que o carro entra em movimento, porém, mostra que tem bom fôlego.

Entretanto, não há como negar que o Q3 tem um conjunto bem acertado. Itens como direção com assistência elétrica e freios bem dimensionados e equalizados transmitem segurança em qualquer situação.  Bom também é que a suspensão é bem ajustada e consegue absorver as irregularidades do piso e manter boa estabilidade nas curvas.  Conforme os números da Audi , o carro faz de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e atinge 204 km/h.

Com qualidades para se dar bem na briga dos SUVs compactos de luxo, o Audi Q3 merece ser considerado na lista de opções disponíveis hoje em dia, principalmente na versão mais em conta pela diferença de preço em relação aos rivais. Entre prós e contras, o baixo consumo positivo também merece destaque, embora o carro não seja flex. E fica devendo detalhes como entrada USB e uma resposta inicial do motor mais ágil, com menos “turbo lag”.

Ficha Técnica

Preço: R$ 142.990

Motor: 1.4, quatro cilindros, turbo  

Potência: 150 cv a 5.000 rpm

Torque: 25,5 kgfm a partir de 1.500 rpm

Transmissão: Automatizado, de seis marchas, tração dianteira

Suspensão:Independente (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Pneus: 235/55 R17

Dimensões: 4,39 m (comprimento) / 1,83 m (largura) / 1,59 m (altura), 2,60 m (entre-eixos)

Tanque : 64 litros

Consumo: 9,5 km/l (cidade) /11 km/l (estrada) com gasolina

0 a 100 km/h: 8,9 segundos

Vel. Max: 204 km/h

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.