Novo modelo sueco chega ao Brasil e já enfrenta um dos principais rivais, ambos com boa dose de conforto e sofisticação. Acompanhe a briga dos dois

 Mercedes GLA e Volvo XC40: o modelo sueco tem projeto mais moderno que o rival, cuja nova geração chega em 2019
Caue Lire/iG Carros
Mercedes GLA e Volvo XC40: o modelo sueco tem projeto mais moderno que o rival, cuja nova geração chega em 2019

Tem SUV para todos os gostos e bolsos no Brasil. Inclusive os compactos de luxo, como o recém-lançado Volvo XC40 T5 R-Design (R$ 214.950) que encara o rival Mercedes-Benz GLA Enduro (R$ 203.900), fabricado em Iracemápolis (SP).  Não é à toa que ambos passam dos R$ 200 mil. Conforto e itens sofisticados estão entre os principais atrativos dos dois modelos, mas o sueco deixou claro que está na frente na maioria dos quesitos como veremos a seguir.

LEIA MAIS:  Volvo XC40: SUV compacto chega para ditar novos paradigmas

O Volvo XC40 foi concebido a partir de um projeto mais moderno que o do rival da Mercedes, que recebeu apenas retoques no desenho no ano passado e alguns novos equipamentos, entre os quais a nova central multimídia que espelha celular iOS ou Android Auto. Mesmo assim, o sistema ainda precisa evoluir para ter funcionamento mais intuitivo e prático. Como está, até mesmo trocar de estação do rádio não é algo mais complicado do que deveria ser.

Bem mais fácil de ser usada no dia a dia, a central do XC40 tem tela de 9 polegadas, sensível ao toque, na posição vertical, o que facilita visualizar o que vem à frente nas orientações do GPS. Além disso, vem com sistema infravermelho para manter o bom funcionamento, mesmo usando luvas. E foi projetada para ser usada como se fosse um tablet , inclusive com botão central para voltar à tela inicial, de melhor resolução que a do GLA.

Depois da central multimídia, uma série de outros itens ligados à ergonomia do Volvo se mostraram bem mais práticos que no Mercedes, cuja nova geração está em testes finais na Europa e deverá ser lançada em 2019. Quer um exemplo? Ok, vamos a algo bem simples, como acionar o limpador de para-brisa. No XC40, basta acionar a alavanca no lado direito, como de constume na maioria dos carros. Já no GLA é preciso de acostumar a girar a alavanca da esquerda, que concentra vários outros comandos, o que acaba sendo confuso.

Afora o design mais moderno do interior Volvo na comparação com o do Mercedes, no XC40 o cluster digital pode ser configurado de acordo com o gosto do freguês e exibir a tela do GPS no centro. Enquanto isso, o GLA ainda tem instrumentos analógicos, mas com o charme de terem ponteiros que descansam na horizontal, o que dá um certo aspecto esportivo. De qualquer forma, por dentro. modelo sueco é superior ao da marca alemã em todos os aspectos, inclusive na questão do acabamento e da praticidade. 

Para se ter uma ideia, a Volvo resolveu instalar um subwoofer no centro do painel do painel, refrigerado a ar, para não ocupar espaço na área das bagagens e nas portas. Com isso, é possível levar até um notebook nos vãos as portas. No Mercedes, conseguiram apenas abrir espaço para um porta-objetos um pouco maior, coberto por uma tampa retrátil no console central porque a avalanca de câmbio está na coluna de direção.

Os dois vêm com volantes de três raios, com boa empunhadura e revestidos de couro, mas bem que poderiam ter incluído mais comandos no do Volvo, que, estranhamente, ficou devendo entre os itens de série alerta de ponto cego, algo que sempre fez parte dos carros da marca desde o já extinto hatch C30.

LEIA MAIS: Mercedes GLA 200 evolui na linha 2018 e ganha apelo na briga com rivais

Entretanto, a lista dos itens de segurança da versão R-Design inclui até leitor de placas, embora isso seja um pouco complicado no Brasil, uma vez que as mudanças dos limites de velocidade podem acontecer várias vezes em trechos bem curtos. E cada vez que há uma mudança, aparece um alerta no painel, acompanhado de um sinal sonoro. Além dissom se o carro detectar algum perigo de colisão, dispara mais um aviso e pode até frear automaticamente se o risco for iminente.

No Mercedes, incluiram apenas o trivial entre os itens de segurança, o que inclui ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis (o que também tem no Volvo), airbags laterais, frontais e de cortina e detector de fadiga, que sugere uma parada para um café se o sistema notar que o motorista está sonolento. Ambos também têm chamadas de emergência e câmera de ré. Porém, apenas o Volvo tem aviso de mudança de faixa e faróis ativos com LED no lugar de lâmpadas.

Fôlego de viking

Volvo XC40 vem com motor 2.0, turbo, que rende 252 cv nas versões T5, o que garante bom desempenho
Divulgação
Volvo XC40 vem com motor 2.0, turbo, que rende 252 cv nas versões T5, o que garante bom desempenho

Na hora de acelerar, o Volvo deixa o Mercedes comendo poeira. Mas, antes de dar mais detalhes sobre desempenho, vale esclarecer que, tomando como parâmetro os preços de ambos os SUVs, mesmo na versão Momentum T5 (R$ 194.950), o XC40 vem com o 2.0, turbo, de 252 cv, ante os apenas 156 cv do 1.6 turbinado do GLA Enduro. Para o Mercedes ter um motor mais potente (2.0, de 211 cv), apenas na versão Sport (R$ 232.900), que é bem mais cara.

Portanto, o XC40 se sai bem melhor que o GLA tanto no asfalto quanto na terra por valores compatíveis na hora de assinar o cheque. De acordo com dados das fabricantes,  a aceleração de 0 a 100 km/h do Volvo pode ser feita em 6,5 segundos, ante 8,1 s do Mercedes. O banho de desempenho do sueco continua pelo melhor equilíbrio nas curvas, ajudado pelo sistema de tração integral, o que o GLA não tem, uma vez que conta com tração apenas dianteira.

No GLA, a tração é apenas dianteira e o motor é 1.6 turbo, de 156 cv. O 2.0. de 211, vem no Sport, de salgados R$ 232.900
Divulgação
No GLA, a tração é apenas dianteira e o motor é 1.6 turbo, de 156 cv. O 2.0. de 211, vem no Sport, de salgados R$ 232.900

Os dois SUVs compactos de luxo são equipados com câmbio automático, mas o Volvo tem uma marcha a mais (8 ante 7 do Mercedes). Isso acaba mantendo o motor em rotação um pouco mais baixa, o que ajuda a reduzir o nível de ruído e o consumo. Contudo, se por um lado a maior cilindrada acaba dando mais fôlego ao XC40 por outro o mais pacato 1.6 do Mercedes gasta menos. Conforme os dados do Inmetro, o GLA (que é flex) faz 10 km/l de gasolina na cidade e 12,7 km/l na estrada, ante 8,8 km/l e 10,7 km/l do Volvo, respectivamente.

LEIA MAIS: Audi Q3 1.4 Ambition: como anda o SUV premium mais vendido do Brasil

Ambos também contam com direção com assistência elétrica, mas o raio de giro do XC40 é um pouco menor (11,4 m ante 11,8 m de GLA), o que facilita as manobras em espaços apertados. Porém, os freios dos dois SUVs funcionam sempre a contento, mas vale mencionar certa vantagem do Volvo por causa dos discos um pouco maiores encobertos pelas rodas de aro 20, ante as de aro 18 do Mercedes, cujos retrovisores externos nas são rebatíveis eletricamente, ao contrário do XC40.

Conclusão

De concepção mais moderna, o Volvo XC40 vence o comparativo diante do rival Mercedes GLA com boa folga. Mas a briga vai continuar com a chegada da nova geração do modelo da marca alemã, que deverá ser lançada no ano que vem. Entretanto, será necessário regular a questão do preço, mais interessante no XC40 antes mesmo do lançamento do novo  GLA.

Nessa briga dos SUVs compactos premium também entra o Audi Q3, cuja nova geração é outra que está para sair do forno, mais provavelmente no fim do ano, com estreia no Salão de Paris, em outubro. Portanto, o Volvo XC40 é um dos carros mais atuais do segmento hoje em dia. 

Ficha Técnica - Mercedes-Benz GLA Enduro

Preço: a partir de R$ 203.900

Motor:  1.6, quatro cilindros, turbo, flex

Potência:  156 cv a 5.300 rpm

Torque:  25,5 kgfm a 1.250 rpm

Transmissão:  Automático, sete marchas , tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros)

Pneus:  235/55 R18

Dimensões: 4,42 m (comprimento) / 1,80 m (largura) / 1,65 m (altura), 2,70 m (entre-eixos)

Tanque: 50 litros

Porta-malas: 421 litros 

Consumo gasolina: 10 km/l (cidade) / 12,7 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 8,1 segundos 

Velocidade máxima: 215 km/h 

Ficha Técnica - Volvo XC40 T5

Preço: a partir de 194.960 (R$ 214.950, na R-Design)

Motor:  2.0, quatro cilindros, turbo, gasolina

Potência:  252 cv a 5.500 rpm

Torque:  35,7 kgfm a 1.500 rpm

Transmissão:  Automático, oito marchas, tração integral

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios:  Discos ventilados (dianteiros) / discos sólidos (traseiros)

Pneus:  245/45 R20

Dimensões: 4,43 m (comprimento) / 1,86 m (largura) / 1,65 m (altura), 2,70 m (entre-eixos)

Tanque: 54 litros

Porta-malas: 460 litros 

Consumo gasolina: 8,8 km/l (cidade) / 10,7 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 6,5 segundos

Velocidade máxima:  230 km/h 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.