Novo Honda Civic 2022 começa a ser vendido nos EUA

Sedã da marca japonesa será comercializado a partir do próximo mês com preços partem de US$ 21.700

Foto: Divulgação
Honda Civic 2022 deverá chegar como importado ao Brasil, mas apenas a partir do ano que vem

Após a Honda apresentar a 11ª geração do Civic nos EUA, o carro estará disponível para venda só a partir do próximo mês de junho com preço que parte de US$ 21.700 (R$ 114.350 em conversão direta).

Por lá, a motorização nas versões LX e Sport  será a mesma do modelo antecessor, ou seja, um 2.0 aspirado a gasolina de 158 cv de potência e 19 kgfm de torque, além da opção de 1,5 litro turbinada a gasolina de 182 cv e 24,5 kgfm , destinada às versões EX e Touring .

Qualquer que seja a opção de motor, a transmissão é sempre a já convencional automática do tipo CVT que vem agradando em cheio aos que buscam uma dirigibilidade mais direta e confortável.

Esteticamente falando, não há como não negar o DNA do irmão maior Accord como os contornos bem acentuados e marcantes, ainda que sejam mais sutis que na geração anterior. Em suma, o resultado do novo sedã da Honda ganhou ares futuristas e linhas bem definidas.

No tamanho, o novo Civic ganhou 3,2 cm de comprimento , além de 3,5 cm na distância de entre-eixos . Em contrapartida, o porta-malas comporta 419 litros , ou 106 litros a menos.

Na parte interna, botão de ignição, painel de instrumentos de 7 polegadas e um sistema de infoentretenimento de 7 polegadas com compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay será de série em toda a gama. Dependendo da versão, bancos dianteiros elétricos com estofamento em couro, sistema de áudio Bose de 12 alto-falantes com um subwoofer e painel de instrumentos digital de 10,2 polegadas.

Além disso, carregador de smartphone sem fio, espelho retrovisor fotocrômico, conectividade HomeLink e um sistema de infoentretenimento de 9 polegadas com navegação GPS fazem parte do pacote tecnológico.

Por fora, como não poderia faltar no Civic , há recursos de segurança adicionais, como sensores de estacionamento dianteiros / traseiros, alerta de tráfego cruzado traseiro e frenagem de emergência automática traseira, entre outros itens.

No Brasil

Foto: Divulgação
Honda Civic da atual geração deverá deixar de ser fabricado no Brasil e voltar a ser importado

Por aqui, a estreia do novo Honda Civic 2022 ainda não tem data definida, mas considerando o apelo e o carisma que o modelo conquistou entre os brasileiros, é quase certo que o sedã deve ser vendido só a partir do ano que vem.

No entanto, os indícios apontam que o sedã não ganhará produção nacional. O veículo que atualmente está na sua 10ª geração, pelo menos até então, foi produzido por mais de 20 anos na unidade de Sumaré (SP) .

Você viu?

Com a crescente demanda por SUVs , a procura do sedã foi diminuindo e, ao que tudo indica, deve sair de linha em breve para abrir espaço à nova geração do City Sedan que também terá versão Hatch , ocupando o lugar do Fit .

Apesar desses rumores, nada foi confirmado pela Honda do Brasil e, nesse caso, só resta esperar de qual será o desfecho do mistério da chegada da 11ª geração do Civic no mercado brasileiro. Vamos aguardar por novidades!

As versões mais legais que o Civic já teve

Coupé

Foto: Divulgação
Honda Civic Coupé só durou duas gerações no Brasil. Vinha importado dos Estados Unidos

O modelo nada mais era que um três volumes, porém com estilo mais esportivo por conta do teto levemente mais baixo e curvado em relação ao sedã. O desenho da tampa traseira era mais convincente e agradava aos que buscavam, pelo menos na aparência, mais esportividade .

Por aqui, veio junto com o restante da família Civic em 1992 e motorizações 1.5L-D15B7 e 1.6L-D16Z6, com sistema VTEC. Só foi até a geração seguinte (EJ8), de 1996 a 1997.

Targa

Foto: Divulgação
Honda Civic CRX Del Sol tem algumas unidades rodando no Brasil até hoje

Produzido em 1992 na planta de Suzuka, no Japão, o Honda CR-X/Del Sol é um curioso targa feito sobre a base do Civic. O teto é acionado por botão: um braço mecânico iça a tampa traseira e dela sai um suporte que o recolhe, após ser liberada a trava e depois a tampa é baixada.

Hatch

Foto: Divulgação
Honda Civic VTi hatch vem motor 1.6 com comando de três ressaltos e 160 cavalos de potência

Lançado no Brasil em 1992, o Civic era importado nas versões DX, LSi, Si, e VTi, destinadas a configuração hatchback nas seguintes motorizações: 1.5L-D15B2 (LSi); 1.5L-D15B7 (DX e LX); além das opções com a tecnologia do VTEC como a 1.6L-D16Z6 (Si, EX e EXS); B16A2 (VTi) e B16A3 (VTi 1995).

A hatch continuou na geração seguinte nas versões LX, EX e VTi e CX, esta última importada de maneira independente.

Si (Sedan e Coupé)

Foto: Divulgação
Honda Civic Si chegou a ser feito no Brasil como um dos sedãs esportivos mais marcantes que já estiveram no mercado

No final de 2006, marcou a chegada do  Civic Si dotado de motor K20Z3, um DOHC, 2.0 aspirado, com sistema I-VTEC, de 192 cv, sempre com quatro portas e, infelizmente sem a oferta do teto solar.

Em contrapartida, para reforçar a esportividade, vinha com bancos em camurça, painel com fundo vermelho e câmbio manual de seis marchas e opções da cor exclusiva vermelha da versão Si que se juntava à preta e prata.

Na Coupé, ela veio importada do Canadá com motor 2.4 16V de 206 cv e só com câmbio manual de seis marchas e duas portas. Na geração seguinte, em 2018, ganhou motor turbo de 1,5 litro a gasolina de 208 cv e 26,5 kgfm, e câmbio manual de seis marchas.