Segundo o teste de consumo do Inmetro, esses são os carros com melhor rendimento energético do país

Vamos aproveitar que o Inmetro divulgou seus últimos testes do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular  e falar dos 10 carros flex mais econômicos do Brasil. Após 8 anos, finalmente a entidade conseguiu testar mais de 90% dos carros no país e teve a participação de todas as marcas no Brasil.

Antes de ir para a lista, vamos revisar qual o critério de escolha. Para começar, escolhemos falar dos carros flex, excluindo os híbridos, que tem uma vantagem óbvia. O motivo é claro: estão fora do alcance da maioria da população. Ordenamos a lista por consumo na estrada ao invés do rendimento urbano, porque ele pode variar pelas condições da via, trânsito, semáforos e vários outros fatores. E o combustível escolhido é gasolina, por render mais e ajudar em futuras comparações com carros que só bebem esse combustível. Isso não significa que não vamos falar quanto o carro faz na cidade e quanto rende com etanol segundo o Inmetro, o valor estará logo ao lado.

1º - Peugeot  208 1.2

Peugeot 208
Divulgação
Peugeot 208
           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  15,1 km/l    16,9km/l   10,9 km/l    11,7 km/l

Já tínhamos falado no lançamento do 208 renovado  que ele vinha para ser o carro mais econômico do país, graças ao seu novo motor 1.2 PureTech de três cilindros e 84 cv, com gasolina. A economia tem seu preço, pois ele parte de R$ 48.190. Não duvidamos que perca o trono logo, quando chegar o 1.2 turbo.

2º - Volkswagen  Up! 1.0 TSI

Volkswagen Up! TSI
Divulgação
Volkswagen Up! TSI


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  13,8 km/l   16,1 km/l   9,6 km/l   11,1 km/l

Tratado pelos mais entusiasmados como esportivo, o Up! com motor turbo nasceu com a ideia de economizar combustível. E que economia, pois foi o menos beberrão desde o seu lançamento, até a chegada do 208 1.2. Mas entendemos porque dirigem como se fosse carro de corrida, já que os 101 cv do motor 1.0 empurram o compacto como se fosse um foguete. Pode ser uma alternativa ao Peugeot , já que custa R$ 46.590.

3º - Volkswagen Up! 1.0 MSI

Volkswagen Up!
Divulgação/Volkswagen
Volkswagen Up!


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  14,2 km/l   15,3 km/l   9,6 km/l   10,1 km/l

Não tem grana para um Up! TSI ? Tudo bem, tente o MSI com motor aspirado, que parte de R$ 32.190. Mesmo sem a turbina, é um carro extremamente econômico. Vai perder um pouco de desempenho e equipamentos comparado com o TSI, mas o foco aqui é gastar menos combustível, não é?

4º - Fiat Palio Fire 1.0

Fiat Palio Fire Evo
Divulgação/Fiat-Chrysler
Fiat Palio Fire Evo


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  12,2 km/l   15,3 km/l   8,7 km/l   10,4 km/l

Quem diria, o quase jurássico Palio Fire aparece na lista. O carro mais barato do Brasil utiliza o velho 1.0 Fire de 73 cv e custa R$ 29.160. Vale lembrar que o Palio Fire já está com os dias contados, pois será substituído por completo pelo Mobi , quando receber o novo motor três-cilindros em 2017.

5º - Ford  Ka 1.0

Ford Ka
Divulgação
Ford Ka


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  13 km/l    15,1 km/l   8,9 km/l   10,4 km/l

A Ford foi quem deu o pontapé inicial para o downsizing dos motores 1.0, quando mostrou o pequeno EcoBoost na Europa. Ficamos sem o turbo no Brasil, mas não perdemos tanto assim, já que o motor 1.0 de três cilindros e 80 cv do Ka faz um show no rendimento. Parte de R$ 41.990.

6º - Ford Ka+ 1.0

Ford Ka+
Divulgação/Ford
Ford Ka+


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  13 km/l   15,1 kml   8,9 km/l   10,4 km/l

Se precisar de um pouco mais espaço no Ka , dá para pular para o sedã Ka+ sem perder no rendimento. Equipado com o mesmo motor 1.0 de 80 cv, manteve a mesma economia, compensando o peso pela leve melhoria na aerodinâmica da carroceria. É vendido por R$ 44.990.

7º - Nissan  Versa 1.0

Nissan Versa
Divulgação
Nissan Versa


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  12,9 km/l   15,3 km/l   8,8 km/l   10,5 km/l

Assim como no caso do Ka , o Versa é um que sai ganhando por usar o mesmo motor que seu irmão menor March . O motor 1.0 de 77 cv consegue manter uma boa média de rendimento energético, com a vantagem de ter mais espaço. O preço inicial é de R$ 43.590.

8º - Nissan March 1.0

Nissan March 1.0
Divulgação
Nissan March 1.0


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  12,9 km/l   15 km/l   10,4 km/l   9,5 km/l

Adotar um motor três-cilindros ajudou muito o Nissan March , principalmente na hora de abastecer. O 1.0 gera 77 cv, suficientes para manter a agilidade do compacto. E é relativamente barato, partindo de R$ 37.990.

9º - Fiat Uno Evolution 1.0

Fiat Uno Sporting
Divulgação/Fiat-Chrysler
Fiat Uno Sporting


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  12,6 km/l   14,8 km/l   8,8 km/l   10,1 km/l

O esquema no Fiat Uno Evolution é diferente. O mérito na economia não é totalmente do motor 1.0 de 85 cv, já que ele conta com sistema Start-Stop, que desliga o motor e o deixa em modo de espera quando o carro para completamente. Basta tirar o pé do freio para que volte a funcionar.  Só que, para ter o Uno com esse equipamento, é necessário pagar R$ 43.210.

10º - Volkswagen Gol 1.0

VW Gol
Divulgação
VW Gol


           Gasolina                Etanol
  Cidade     Estrada     Cidade     Estrada
  12,9 km/l   14,5 km/l   8,8 km/l   10,3 km/l

O segundo facelift do Gol  foi um momento importante para o hatchback pela adição do motor 1.0 três-cilindros, o mesmo usado no Up! e no Fox . Gera 75 cv, 3 cv a mais do que o antigo 1.0 e, de quebra, ficou muito mais econômico. Ainda bem que a mudança não cresceu tanto no preço, deixando o Gol partindo de R$ 34.890.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.