Lista inclui apenas modelos novos, que não são automatizados, vendidos atualmente nas lojas do País

Não é à toa que a participação dos automáticos nas vendas tem aumentado nos últimos anos. O anda e para do trânsito caótico das grandes cidades acaba tornando quase obrigatório dirigir sem precisar ficando pisando no pedal da embreagem e trocando de marcha o tempo todo. 

LEIA MAIS: Prefere um seminovo? Veja 5 usados automáticos por até R$ 40 mil

Na lista abaixo, reunimos os cinco carros automáticos mais em conta do mercado. Mas secionamos apenas modelos com conversor de torque. Nada de caixa robotizada, que acaba sendo uma solução que pesa menos no bolso para dispensar o pedal da esquerda, mas com eficiência bastante questionável, seja pelos trancos entre as trocas quanto pelas questões de conforto e economia de combustível.

1 – Toyota Etios X – R$ 49.320

Toyota Etios
Divulgação/Toyota
Toyota Etios

 O compacto da marca japonesa pode receber caixa automática de quatro marchas desde a versão mais em conta com o acréscimo de cerca de R$ 3.500. Tudo bem,  o sistema de transmissão é antiquado na comparação com os principais concorrentes, como Onix e HB20 , ambos com seis marchas. Mas, por ser mais em conta, torna mais acessível o conforto de um automático.

 Afora o câmbio, o hatch se destaca pela suspensão bem ajustada, que abserve bem as irregularidades do piso. E a partir da linha 2017 pelo painel digital. Desde que foi lançado, há quatro anos, o Etios vem recebendo melhorias, principalmente na parte de acabamento. O motor 1.3 rende 98 cv com apenas etanol no tanque.

2 – Kia Picanto – R$ 51.990

Kia Picanto
Divulgação
Kia Picanto

É o único compacto do mercado brasileiro com motor 1.0 e câmbio automático de verdade, com conversor de torque. Sem dúvida, para quem não abre mão de combinar economia de combustível com o conforto de não precisar trocar de marcha no dia a dia do trânsito o carro é interessante.

LEIA MAIS: Os carros baratos mais econômicos do Brasil por até R$ 45 mil

Mas o  Picanto  é mais voltado para solteiros ou casais sem filhos, principalmente por causa do espaço interno apertado, inclusive no  porta-malas de apenas 200 litros. O desempenho com câmbio automático também não é dos melhores na estrada, com respostas lentas nas ultrapassagens. Por isso, o carrinho é mais voltado para uso urbano, mesmo porque, o tanque é minúsculo, de meros 35 litros, prejudicando a autonomia. 

3 – Chevrolet Onix LT – R$ 53.890

Chevrolet Onix 2017
Divulgação/General Motors
Chevrolet Onix 2017


O   Onix é o carro mais vendido do Brasil. E vem com seis marchas e motor 1.4,na versão LT. Nessa configuração, o carro já vem com volante revestido de couro, controlador de velocidade de cruzeiro ("piloto automático") e sistema multimídia com tela de 7 polegadas entre os itens de série. 

O câmbio é de segunda geração e vem com sistema que se adapta ao modo de dirigir de cada motorista e permite funcionar com freio motor, o que poupa os freios em situações como descidas de serra, já que mantém uma marcha reduzida engatada nesse tipo de situação. Também conta com opção de trocas sequenciais por leves toques na alavanca para quem quiser assumir o comando do carro numa tocada um pouco mais esportiva, com pista livre. 

4 – Nissan March SV 1.6 CVT – R$ 54.590

Nissan March e Versa CVT
Divulgação/Nissan
Nissan March e Versa CVT


O hatch compacto recebeu opção de câmbio automático em julho. Ao contrário das concorrentes, a Nissan optou por adotar uma caixa do tipo CVT, com relações de marcha continuamente variáveis Tem a vantagem de não mostrar trancos por funcionar com duas polias unidas por uma correia metálica. Mas para quem faz questão de uma pitada de esportividade ao dirigir, o siistema pode decepcionar.

LEIA MAIS: Os 10 carros pequenos mais baratos do Brasil

No caso do March , o câmbio CVT está disponível a partir da versão SV, que conta com faróis auxiliares de neblina, sistema de som com Bluetooth e os principais comandos no volante, revestimento diferenciado, trodas de liga-leve de aro 15, entre outros equipamentos.

5 – Hyundai HB20

Hyundai HB20
Divulgação
Hyundai HB20


Logo atrás do Chevrolet Onix no ranking de vendas, o   Hyundai HB20 conquista pela agilidade, tanto no dia a dia no trânsito quanto ao pegar uma estrada.  Além disso, vem com porta-malas de 300 litros e tem bom espaço interno, exceto no banco de trás, onde os mais altos passam por um certo aperto.

A versão automática mais barata, a Comfort Plus, oferece direção hidráulica, ar-condicionado, som com Bluetooth e comandos no volante e travas e vidros elétricos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.