Supercarro Huayra Roadster vem com motor V12, de 764 cv e câmbio de sete marchas. Apenas 100 unidades vão ser fabricadas

Pagani Huayra Roadster
Divulgação
Pagani Huayra Roadster

Um dos supercarros que vão brilhar no Salão de Genebra (Suíça), entre os dias 9 e 19 de março, será o Pagani Huayra Roadster, cujas primeiras imagens oficiais e detalhes são antecipados pela fabricante. Pelas imagens, fica claro que arrojo e sofisticação é o que não falta. Dê uma olhada na galeria abaixo e confira detalhes que exalam esportividade pelas ventas, tudo fabricado com fibra de carbono, material leve e resistente usado na Fórmula 1.

LEIA MAIS: Supercarro com aval de Fittipaldi  terá V8, aspirado, de 600 cv. Saiba mais detalhes

Escolheram uma cor azul para deixar ainda mais evidentes as linhas do superesportivo com capota removível. Aliás, são duas, uma de tecido e outra de carbono, que podem ser usadas de acordo com o gosto do freguês. Com a primeira, o Pagani Huayra fica com aparência bem parecida com a da versão cupê, mas a cobertura não pode ser guardada no carro, ao contrário da outra.

Na comparação com o cupê, o roadster é 80 kg mais leve e pesa 1.280 kg, mas recebeu reforços estruturais para não ter a rigidez torcional prejudicada. E isso foi conseguido com o uso de novos materiais na estrutura que foram testados em várias pistas ao redor do mundo. Com o resultado final, conseguiram uma aceleração lateral nas curvas de 1.8g com pneus com ranhuras na banda de rodagem vendidos nas lojas. Se usassem os slick , como os usados nas competições, atingiriam um patamar mais alto.

LEIA MAIS: Ferrari convoca Vettel para mostrar como se pilota um supercarro. Veja vídeo

Mais detalhes do bólido sem capota

Como em outros supercarros da Pagani, o motor é V12, preparado pela Mercedes-AMG. Tem 6.0 litros de cilindrada, 764 cv e nada menos que 102,8 kgfm de torque a meros 2.400 rpm. É força suficiente para derrubar uma coluna de concreto, mas a fabricante ainda não divulgou qual é o desempenho do novo conversível. Ainda no conjunto mecânico, o câmbio é de dupla embreagem e sete marchas, com tração traseira.

LEIA MAIS:  Ultima Evolution é supercarro que faz de 0 a 100 km/h em insanos 2,3 segundos

Na parte estrutural do supercarro da Pagani conta com componentes da suspensão de alumínio forjado, conhecida como HiForj, que foram projetados especialmente para o Roadster, o que também ajudou na distribuição de peso. Há também freios com discos de fibra de cerâmica  de 380 milímetros de diâmetro e pinças de seis pistões no eixo dianteiro e de 4 pistões no traseiro. Além disso, providenciaram cinco modos diferentes de funcionamento do controle eletrônico de estabilidade (ESP): Molhado, Conforto, Esporte, Corrida e Desligado.  O  Huayra Roadster custa US$ 2,41 milhões, o que equivale e cerca de R$ 7,5 milhões, sem incluir impostos e taxas.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.