Supercarro é o Aventador SuperVeloce, com motor V12 de 760 cv, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e atingir 350 km/h

Lamborghini Aventador SV, o carro mais caro que roda no Brasil, roda pelas estradas de Santa Catarina
Divulgação
Lamborghini Aventador SV, o carro mais caro que roda no Brasil, roda pelas estradas de Santa Catarina

Durante o primeiro rali de luxo do Brasil, o Dream Route, com mais de 50 supercarros, pelas estrada de Florianópolis (SC), na última quinta-feira, teve destaque o carro mais caro do País. Trata-se de um Lamborghini Aventador SV, que tem valor estimado em cerca de R$ 5 milhões e pertence ao empresário Marcelo Toquarto. “O carro chegou recentemente e eu estava louco para curtir. Gosto de máquinas exclusivas e a Dream Route sempre me dá a oportuniade de aproveitar ao máximo. Esse carro é um foguete, uma espaçonave, e rodar com ele junto com meus amigos foi espetacular”, diz ele.­­­­­­­­­

LEIA MAIS: Lamborghini revela a versão renovada do superesportivo Aventador. Veja fotos

O Aventador SuperVeloce é a versão topo de linha do superesportivo. Foi apresentada pela primeira vez ao público no Salão de Genebra (Suíça), em março de 2015. Vem com várias partes de fibra de carbono, o que o torna mais leve e ágil que as demais versões. Conta com motor 6.5 V12 de 760 cavalos, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos e atingir velocidade máxima de 350 km/h. É o carro mais caro produzido em série que roda no Brasil atualmente.

Antes mesmo da largada, milhares de pessoas se aglomeraram em frente ao Hotel Majestic Palace, no centro de Florianópolis (SC), para ver de perto e fotografar os superesportivos. No dia seguinte, novamente uma multidão se formou para ver a largada com mais de 50 modelos da Ferrari, Porsche, Mercedes-Benz, Audi, entre outras marcas de prestígio.Em seguida, os carros seguiram para Aeroporto Internacional de Florianópolis Hercílio Luz, onde um hangar foi fechado para sessão de fotos.

Depois, os supercarros seguiram em comboio para a praia de Jurerê antes de seguir caminho rumo à famosa Serra do Rio do Rastro, a 370 quilômetros da capital catarinense. Até chegar ao topo da serra, a 1.400 metros de altitude, são percorridos 8 quilômetros e 250 curvas. Mas ao chegar ao fim do caminho, consegue-se ter uma vista deslumbrante. ­­­

Mais personagens do passeio de supermáquinas


Além do proprietário do Lamborghini Aventador SV, outros participantes do evento curtiram o passeio. Um deles é o empresário Tairone Conde, que veio com mais oito amigos. Tairone tocou o seu Dodge Challenger e os amigos vieram de Lamborghini Gallardo, Mercedes S63 e outras máquinas. “Foi muita bacana participar com um grupo de amigos e ainda poder fazer mais amigos. Curtimos de tudo um pouco, as festas, os hotéis, as paisagens e principalmente os nossos carros”, diz.

LEIA MAIS: Emerson Fittipaldi e Pininfarina revelam supercarro de 600 cv. Veja detalhes

A bordo de uma Ferrari Califórnia, com motor 4.2 V8 de 460 cv, a empresária paulistana Gisele Genaro foi a primeira mulher a participar como piloto de uma edição do evento. “A Dream Route surgiu pra mim como uma oportunidade de compartilhar experiências com pessoas que curtem motor e velocidade. Esse é um assunto difícil de compartilhar com as mulheres, mas espero que isto comece a mudar”, diz. “ E curtir a paisagem de Florianópolis e da Serra do Rio do Rastro ouvindo o ronco do meu V8 foi maravilhoso, melhor ainda foram as amizades que fiz”, completa.

Médio paraguaio Wilfrido Samudio veio rodando de Assunção (Paraguai) para participar do evento ao volante do seu  cupê Audi RS5
Divulgação
Médio paraguaio Wilfrido Samudio veio rodando de Assunção (Paraguai) para participar do evento ao volante do seu cupê Audi RS5

Outra história bacana desta quarta edição foi a participação do Dr. Wil Sam, o médico paraguaio Wilfrido Samudio, que veio rodando de Assunção para participar do evento. Foram 3 mil quilômetros a bordo de um Audi RS5 4.2 V8 de 500 cv. “Foi um investimento que reconfortou minha vida e minha alma, valeu cada centavo”, diz. “Você pode ir quando quiser a Paris, Las Vegas, Miami, Cancum, Bahamas, mas é apenas mais um na multidão. Na Dream Route você é exclusivo, você faz parte de uma família de amantes de superesportivos e isso faz toda a diferença”, completa.

LEIA MAIS: Ferrari faz superesportivo em homenagem aos 50 anos da marca no Japão

Agora se tem alguém que é apaixonado pela Dream Route e não perde uma edição é o empresário mineiro Afonso Leonel. É o participante número 1 do evento e sempre o primeiro a se inscrever a cada edição. É dele também a função de puxar o comboio, a bordo de um Audi R8 Plus plotado de polícia americana. “Essa foi a melhor de todas as edições, organização impecável’, diz. “E andar na Serra do Rio do Rastro fechada, eleita uma das estradas mais lindas do mundo, com batedores da polícia e todos os meus amigos não tem preço”, completa. A Dream Route teve a participação do carro mais caro do Brasil, começou em 2015 e chega agora à quarta edição. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.