Tamanho do texto

O Range Rover Evoque, que será renovado em 2018, dá seu último suspiro antes de mudar com exibição de flexibilidade da suspensão e carroceria

A segunda geração do Range Rover Evoque será uma das novidades do próximo Salão de Paris (França), entre os dias 4 e 14 de outubro de 2018. De acordo com informações de bastidores, o SUV passará ter linhas bem parecidas com as do modelo Velar. Apesar do modelo atual ainda contar com uma única reestilização (realizada em 2016), o Evoque de primeira geração dá um de seus últimos suspiros, desde a sua chegada marcante, em 2011.

LEIA MAIS: Novo Range Rover Evoque será mostrado em 2018 bem parecido com o Velar

O suspiro do Range Rover Evoque em questão é a publicidade que a Land Rover divulga sobre a lombada mais alta do mundo. O objetivo é mostrar suas capacidades de lidar com declives, algo que envolve bastante elasticidade do conjunto da suspensão, como por exemplo o curso de molas e amortecedores, torção de carroceria, rigidez estrutural (para manter o carro sólido mesmo se contorcendo todo), bem como passar a imagem de que é possível passar por essa situação com certa facilidade.

LEIA MAIS: Range Rover Evoque Dynamic: assista ao vídeo  do SUV com pegada esportiva

Jogada de marketing

O Range Rover Evoque sobe e desce a lombada com tranquilidade nas imagens do vídeo para promover o SUV
Divulgação
O Range Rover Evoque sobe e desce a lombada com tranquilidade nas imagens do vídeo para promover o SUV

Ao observar o SUV é incrível como a sua roda traseira esquerda se ergue completamente, mostrando toda a parte de baixo do carro e, em seguida, como ele sai da lombada suavemente. Entretanto, no vídeo, não foi dada a chance para concorrentes diretos tentarem o desafio, como o Mercedes-Benz GLC, Audi Q3 e o BMW X3,  que até aparece no vídeo, mas parado. Definitivamente, o grande diferencial do SUV da Land Rover seria evidente se seus rivais não conseguissem passar pela lombada, ou vencerem o obstáculo no sufoco.

LEIA MAIS: Carro chinês, cópia do Range Rover Evoque, surge renovado e continua polêmica

O Range Rover Evoque se mostra capaz de enfrentar dificuldades e vencer, reflexo de ter sido projetado para entregar conforto, mas sem abandonar as raízes no off-road, algo que ajuda a aumentar a marca desde o fim dos anos 40. Entretanto, a sua modernização promete mais conforto, modernidade e luxo, o que não se aplica, apesar disso, na renovação estética, pois defendem que os ingredientes usados para atrair o público ainda serão atuais e eficientes.