Fábrica da Fiat em Betim (MG), responsável pela maior parte dos carros da marca.
Divulgação/Fiat-Chrysler
Fábrica da Fiat em Betim (MG), responsável pela maior parte dos carros da marca.

Agosto foi um mês mais animador para o mercado, pois havia mostrado um aumento de 1,9% nos emplacamentos em relação ao mês interior. No entanto, o mês de setembro volta a recuar nas vendas de veículos novos, mostrando uma queda de 12,9% em relação a agosto. A Fenabrave crava que a razão foi a Volkswagen ter interrompido sua produção, medida tomada para resolver seu problema de falta de peças para bancos.

Os embates com o Grupo Prevent, que fornecia estruturas de assentos para a Volkswagen , levou a marca a adiantar as férias coletivas, enquanto buscava outro fornecedor. Por isso, muitas concessionárias da marca ficaram desabastecidas, derrubando as vendas a ponto de tirar o Volkswagen Gol da lista dos 10 carros mais vendidos no mês de setembro – o modelo que teve melhor desempenho foi a linha do Fox , na 17ª posição.

LEIA MAIS: Cinco carros que foram um fiasco de vendas no Brasil

Foi uma boa notícia para a Fiat , que conseguiu colocar o Mobi como o 10º carro mais vendido no mês. O compacto emplacou 3.264 unidades, pouco mais que o dobro que as 1.595 unidades do Uno . Somando 17.089 modelos emplacados desde o lançamento, o Mobi está apenas 8.644 unidades atrás do Uno . Enquanto isso, o Volkswagen Up! recuou nas vendas, com 1.863 veículos registrados, com 28.569 unidades emplacadas desde janeiro.

Quem pode comemorar um pouco é a General Motor s. O Chevrolet Onix não só continua a ser o carro mais vendido do Brasil em 2016, como foi um dos poucos veículos que ficaram no positivo, emplacando 12.592 unidades, acumulando 105.157 desde o início do ano. O segundo colocado é o Hyundai HB20 , com 10.020 unidades, uma leve queda em relação a agosto. Contabiliza 85.898 veículos no acumulado.

Embora a chance do HB20 passar o Onix ainda exista, ambos podem ficar tranquilos em relação ao Ford Ka , o terceiro colocado. O compacto da Ford não conseguirá ultrapassar os rivais, pois soma 55.365 unidades desde janeiro. Seu ritmo é bem menor: Emplacou 6.611 veículos em setembro, saindo da média 7 mil unidades por mês que fazia até agora.

LEIA MAIS: Vendas de carros usados crescem 23,6% no primeiro semestre

Após meses vendendo mais do que todos os concorrentes somados, o Toyota Corolla perde fôlego, emplacando 4.797 unidades em setembro. Com 48.635 veículos vendidos desde janeiro, é certeza que será o sedã médio mais vendido de 2016. No entanto, seu eterno rival Honda Civic melhorou nas vendas, com 2.007 unidades registradas no mês passado, seu melhor resultado do ano. O Chevrolet Cruze não cresceu tanto, mas não pode reclamar do crescimento nas vendas, para 1.442 unidades.

Ataque dos SUVs

A disputa dos hatches está definida, enquanto o segmento dos SUVs segue bem concorrido. O Honda HR-V ainda é o mais vendido no acumulado, com 43.964 unidades. Isso pode mudar, já que emplacou 3.844 veículos, menos do que os 4.456 Jeep Renegade vendidos em setembro. O utilitário da Jeep acumula 39.372 unidades, uma diferença que pode diminuir até o fim de 2016.

Esperando pelo modelo renovado, o Ford EcoSport teve um leve recuo em setembro, contabilizando 2.841 unidades, ainda na terceira colocação entre os utilitários. O Renault Duster, na quarta posição, vendeu 1.818 veículos. Uma das surpresas é o Hyundai Tucson , que vendeu 2.012 unidades, limpando os estoques antes de sair de linha, para dar espaço para o futuro Hyundai Creta .

Outro bom resultado foi o do Nissan Kicks , que fechou o mês de setembro com 2.398 unidades. É uma boa notícia para a marca, já que o utilitário está sendo vendido em versão única, aguardando o início da produção em Resende (RJ), quando terá versões mais baratas. Com o ritmo atual, o SUV japonês conseguiria disputar a quarta colocação com o Renault Duster.

LEIA MAIS: Vendas de carros a prazo caem 16,7% em 2017

Você viu?

Pouca coisa mudou entre as picapes. A Fiat Strada segue na liderança, emplacando 4.407 unidades em setembro, com 45.247 unidades acumuladas, Sua rival, a Volkswagen Saveiro , vendeu 2.292 veículos e acumula 29.334 picapes registradas desde janeiro. A Fiat Toro está bem perto de ultrapassar a Saveiro , somando 27.635 unidades – embora tenha recuado em setembro, emplacando 3.288 veículos.

A chegada da versão flex da Toyota Hilux ajudou a manter a caminhonete no azul, subindo para 2.897 veículos emplacados em setembro. A Chevrolet S10 segue com ritmo semelhante, com 2.784 unidades. No entanto, a picape da Toyota vai fechar 2016 na liderança, pois contabiliza 25.416 unidades, contra 18.460 da S10 . A Ford Ranger observa de longe, com 11.495 veículos acumulados. Confira abaixo a lista dos 10 carros mais vendidos em setembro, conforme o balanço mensal da Fenabrave.

1 - Chevrolet Onix: 12.592

2 - Hyundai HB20: 10.020

3 - Ford Ka: 6.611

4 - GM Prisma:  5.344

5 - Renault Sandero: 4.992

6 - Toyota Corolla: 4.797

7 - Jeep Renegade: 4.456

8 - Fiat Strada: 4.409

9 - Fiat Palio: 3.920

10 - Honda HR-V: 3.844

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários