Tamanho do texto

Salão de Genebra será palco para apresentação do novo modelo. Confira a primeira imagem e informações do novo SUV com mais apelo esportivo

Combinando SUV com cupê, Range Rover Velar será opção para quem quer mais espaço do que o Evoque
Divulgação/Jaguar Land Rover
Combinando SUV com cupê, Range Rover Velar será opção para quem quer mais espaço do que o Evoque

Há tempos ouvimos histórias da Jaguar Land Rover trabalhar em um novo SUV. Os primeiros flagras levavam a crer que seria um Evoque de sete lugares. Agora descobrimos que é um modelo completamente novo. O Range Rover Velar será posicionado logo acima do Evoque e abaixo do Sport, com ares de cupê, para enfrentar modelos como BMW X6, Mercedes-Benz GLE Coupé e Porsche Macan.

LEIA MAIS: Land Rover Discovery fica mais sofisticado na quinta geração

Confirmado pela marca britânica, o Range Rover Velar estreia no Salão de Genebra (Suíça), no dia 1º de março. Detalhes são escassos e a fabricante revelou apenas uma imagem, do carro visto de cima. Sabemos que usará a mesma plataforma de alumínio IQ usada no Range Rover Sport e Jaguar F-Pace, oferecendo muito mais espaço do que o Evoque. Ao contrário dos rumores anteriores, o Velar será um veículo de cinco lugares.

Embora tenham mantido a mecânica em segredo, não é difícil imaginar como deve ser o Velar. A versão a diesel usará os motores turbo da linha Ingenium, com o 2.0 de 180 cv e 3.0 V6 de 300 cv. Se tiverem pressa para levar o SUV às ruas, devem equipá-lo com o 3.0 V6 sobrealimentado a gasolina de origem Ford, nas configurações de 340 cv e 380 cv. Caso fique para o segundo semestre, pode abandonar o motor Ford para usar os Ingenium abastecidos com gasolina – sua produção começa este ano. Também podemos esperar por uma configuração híbrida.

Feito para cidade

O Velar será o carro de maior vocação urbana da marca britânica. Ele irá manter sua capacidade de andar na lama, como todo Range Rover, mas seu foco é o asfalto. “O Velar é um modelo à frente de seu tempo. Ele traz à marca um novo patamar em termos de estilo, inovação e elegância”, diz Gerry McGovern, chefe de design da Land Rover. “O novo Range Rover Velar é um modelo que muda tudo”.

LEIA MAIS: Discovery e Evoque recebem novo motor 2.0 a diesel. Saiba mais detalhes

A primeira imagem do SUV já adianta uma dessas mudanças. Pelo teto panorâmico, é possível olhar para parte do interior. Suas linhas são baseadas no I-Pace, protótipo revelado no ano passado. A central multimídia, por exemplo, é uma tela TFT de 12 polegadas. Não deve contar com a tela menor no console central, que controla o ar-condicionado. Podemos esperar pelo painel de instrumentos digital.

Também notamos a linguagem de design utilizada no Velar. A traseira é semelhante ao do novo Discovery, apresentado no Brasil durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro de 2016. Não é possível ver a frente do utilitário, mas pode esperar por algo próximo do Discovery, mantendo a identidade visual da marca. Parece mais arredondado do que os outros carros da Range Rover.

LEIA MAIS:  Range Rover Evoque  Conversível estreia no Brasil por R$ 292.500

Aproveitaram para batizar o Range Rover Velar com um nome que existe há muito tempo dentro da marca. Os primeiros protótipos da fabricante, construídos no final da década de 1960, eram chamados de Velar, para esconder a identidade do modelo – vem a palavra latina velare, que significa “cobrir com véu”. Os anos passaram e os engenheiros substituíram o termo por nomes internos para o projeto, como todas as marcas fazem hoje em dia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.