Com o lançamento próximo do hatch Argo, a Fiat resolve mostrar um video teaser que revela algumas linhas do novo modelo que deverá ser lançado no fim do mês e começará a chegar às lojas no início de junho. O carro terá o porte de um Renault Sandero e terá versões 1.0, 1.3 e o 1.8 E.torQ, com as mesmas evoluções adotadas no que equipa o Jeep Renegade e a picape Fiat Toro, mas um pouco menos potente, de acordo com o site Autos Segredos.

LEIA MAIS: Fiat Argo sofre grave acidente em Minas Gerais, ainda camuflado, antes da estreia

Ainda conforme a publicação, o 1.8 do Argo terá 132 cv, ante 139 cv da Toro e do Renegade quando houver apenas etanol no tanque. Com gasolina, a potência máxima cai para 130 cv, contra 132 cv dos utilitários da FCA. A   Fiat deve ter optado pelo menor rendimento por causa da questão do consumo, que é importante para um hatch desse segmento.

undefined
Reprodução/Ferd

Foto mostra detalhes do painel do novo hatch compacto da Fiat, com itens vindos da Toro

Além disso, conforme o Autos Segredos, o torque máximo de 19 kgfm aparece apenas em altos 4.500 rpm, o que deverá exigir manter o ponteiro do contagiros em um patamar acima do ideal para conseguir boa agilidade. De qualquer forma, isso precisa ser confirmado quando tivermos as primeiras impressões ao dirigir.

Você viu?

Bom mesmo é que o 1.8 poderá ser acoplado ao câmbio automático de seis marchas, também vindo da dupla Toro e Renegade, mas com ajustes adotados especialmente para o Argo. E que o motor recebeu itens bem-vindos como coletor de admissão variável, partida a frio sem tanque auxiliar, sistema Stop&Start, alternador e bomba de combustível que funciona sob demanda para redução de consumo e lubrificação por óleo de baixa viscosidade.

LEIA MAIS: Fiat Argo será o novo hatch que vai substituir Bravo, Punto e versões do Palio

No caso das versões 1.3, a potência maxima ficará nos 101 cv, com 13,7 kgfm de torque com gasolina e 109 cv e 14,2 kgfm a 3.500 rpm, mesmos números que aparecem no Uno, do qual também o Argo vai herdar os câmbios manual de cinco marchas e automatizado GSR. A terceira opção será o 1.0, de três cilindros, que rende entre 72 e 77 cv, dependendo da proporção de etanol e gasolina no tanque.

Será o hatch da virada da Fiat?

Projeção do Fiat Argo
Reprodução/Trazione Posteriore
Projeção do Fiat Argo

A chegada do Argo simboliza um momento crucial para a Fiat no Brasil. Trata-se de uma aposta importante para tentar recuperar o espaço perdido pela marca ultimamente. No acumulado de janeiro a março, a marca ficou apenas na quinta colocação no ranking geral, considerando apenas automóveis, sem os comerciais leves.

LEIA MAIS: Fiat Strada adia projeto da nova picape Strada, que terá apenas retoques visuais

Para ter um modelo com boa relação entre custo e benefício, a Fiat decidiu manter alguns traços do Tipo vendido na Europa, mas com uma base bem mais simples e um conjunto mecânico menos sofisticado. Resta saber se o novo modelo terá apelo suficiente para bater fortes rivais que vêm por aí, o que inclui a nova geração do Volkswagen Polo, o Ford Fiesta renovado e Peugeot 208.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários