Tamanho do texto

Sedã renovado recentemente chega a ter reajustes de até R$ 4 mil, no caso da versão mais vendida, a XEi 2.0

Toyota Corolla XEi 2018
Divulgação/Toyota
Toyota Corolla XEi 2018

A Toyota decide aumentar os preços da linha Corolla, que acabou de ser atualizada em meados do março último. De acordo com a nova tabela, a única versão que não teve aumento foi a GLi 1.8 voltada para o público PCD (Portadores de Necessidades Especiais), com isenção de IPI e ICMS. As demais ficaram mais caras, com destaque para a mais vendida, a XEi 2.0, que sofreu reajuste de nada menos que R$ 4 mil, passando de R$ 99.990 para R$ 103.990.

LEIA MAIS: Toyota Corolla XRS parace esportivo, mas é apenas o visual arrojado

E a sequência de aumentos da Toyota continua com a versão esportiva XRS, que passou a custar R$ 109.500 depois de um reajuste de R$ 510. No caso do topo de linha Altis, agora o preço sugerido é de R$ 116.990, ante 114.990 anteriormente.

De acordo com o que a fabricante diz, desde o lançamento do Corolla renovado, há menos de dois meses, os preços mais elevados do sedã se explicam para cobrir custos de uma lista mais recheada de equipamentos, como sete airbags (dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelho para o motorista), controle eletrônico de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa, tudo de série desde o básico GLi. Na versão mais procurada nas lojas, a XEi 2.0, a lista de equipamentos inclui itens sofisticados, como tela TFT de 4,2 polegadas, rodas de 17 polegadas, lanternas e luzes diurnas em LED.

LEIA MAIS:  Novo Toyota Corolla pode ganhar motores feitos em conjunto com a BMW

Na Europa, Corolla é ainda mais equipado

Apesar da Toyota ter aumentado o volume de itens de série no Corolla, na Europa, o carro conta com alguns itens que série que não estão disponíveis no Brasil, como  assistente de permanência em faixa, detector de colisões, farol alto automático, e até mesmo assistente de leitura de placas. A justificativa, segundo a Toyota, é custo. Se incluissem esses itens, ficaria ainda mais caro, principalmente por ser uma tecnologia importada.

LEIA MAIS: Toyota investe para produzir novos motores do Corolla no Brasil, a partir de 2019

Mas há concorrentes que têm alguns deles. O Cruze oferece alerta de ponto cego, farol alto adaptativo, alerta de colisão frontal e sistema de estacionamento automático. O Civic tem itens semelhantes. Tudo bem, incluir esses itens no Corolla o deixaria mais caro, mas bem que poderiam oferecer como um pacote de opcionais. Por outro lado, o carro merece elogios por vir com sete airbags de série e o controle de estabilidade não ter ficado restrito a versões mais caras.

Pela confiança de seus clientes, iniciativas como o Ciclo Toyota (que ajuda o cliente a trocar por outro carro da marca) e ser muito competente, o Corolla deve continuar reinando por mais algum tempo. Não é a toa que, quem entra na marca, dificilmente sai dela e trazer um visual mais moderno ao sedã ajudará a conquistar o público um pouco mais jovem. Veja como ficaram os novos preços da linha Corolla 2018.

- Corolla 1.8L GLi Multi-Drive – R$ 69.990 (preço anterior R$ 69.990)

-   Corolla 1.8L GLi Upper – R$ 91.990 (R$ 90.990)

-   Corolla 2.0L XEi – R$ 103.990 (R$ 99.990)

-   Corolla 2.0L XRS – R$ 109.990 (R$ 108.990)

-   Corolla 2.0 Altis – R$ R$ 116.990 (R$ 114.990)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.