Tamanho do texto

Apesar da reação do modelo da GM, Toyota Corolla vende quase seis vezes mais. Queda na produção sazonal na Honda afetou as vendas do Civic

Chevrolet Cruze passou o rival Honda Civic em julho, aproveitando o menor volume de produção da marca japonesa
Divulgação
Chevrolet Cruze passou o rival Honda Civic em julho, aproveitando o menor volume de produção da marca japonesa

O Chevrolet Cruze assume a segunda colocação entre os sedãs médios mais vendidos do Brasil em julho, ultrapassando o Honda Civic por apenas 200 unidades. De acordo com o levantamento publicado pela Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores), o sedã da marca americana vendeu 1.849 unidades no mês passado, enquanto o rival emplacou 1.660. É uma conquista e tanto para o modelo da Chevrolet, que assume a segunda colocação entre os mais vendidos pela primeira vez.

LEIA MAIS: Sedãs médios resistem à invasão dos SUVs. Entenda

Outro fato curioso é a queda brusca nas vendas do Honda Civic, que havia emplacado 2.258 unidades em junho. São quase 600 carros de diferença para o novo levantamento. Consultada pela reportagem do iG Carros, a Honda do Brasil atribui a queda no volume de vendas do Civic às férias do mês de julho. De acordo com a montadora, a oscilação é natural, ante a paralisação da fábrica para o recesso dos funcionários. No acumulado do ano, o Honda Civic continua bem à frente do Chevrolet Cruze . São mais de 16.000 unidades do sedã da marca japonesa vendidas em 2017, contra 10.685 do GM.

LEIA MAIS: Eternos rivais: Honda Civic encara Toyota Corolla

Segue o líder

Toyota Corolla continua líder absoluto de vendas entre os sedãs médios vendidos atualmente no Brasil
Divulgação/Toyota
Toyota Corolla continua líder absoluto de vendas entre os sedãs médios vendidos atualmente no Brasil

O sedã da Chevrolet teria que demonstrar uma reação histórica para se aproximar do líder isolado do segmento, o Corolla. E não é de hoje que o sedã da Toyota preserva sua hegemonia. As vendas acumuladas de 2017 deixam a diferença ainda mais acentuada. Se somarmos as vendas gerais de Chevrolet Cruze, Honda Civic, Volkswagen Jetta e Ford Focus Fastback, o Corolla continua na liderança com mais de 35.000 unidades vendidas. Por mês, o Toyota Corolla vende mais que Jetta e Focus Fastback no acumulado do ano todo. Os bons números são relacionados às vendas da versão XEi, que corresponde a metade dos Corollas emplacados no Brasil. 

LEIA MAIS: Os cinco sedãs médios mais beberrões do Brasil

Bem abaixo de Chevrolet Cruze e Honda Civic, o sedã Volkswagen Jetta emplacou 3.588 unidades até a metade de 2017. Enquanto o Ford Focus Fastback vende 3.170. Confira abaixo a relação de vendas dos sedãs médios até a metade do ano.

1°- Toyota Corolla - 35.437
2°- Chevrolet Cruze - 16.353
3°- Honda Civic - 10.685
4°- Volkswagen Jetta - 3.588
5°- Ford Focus Fastback - 3.170

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.