Tamanho do texto

Levantamento de classificado online divulga os modelos que mais se destacam entre os anúncios

BMW F 800 GS: campeã entre os anúncios e figura entre as cinco motos usadas, junto com a G 650 GS, também da BMW
Divulgação
BMW F 800 GS: campeã entre os anúncios e figura entre as cinco motos usadas, junto com a G 650 GS, também da BMW

O site de classificados Moto.com.br divulga o levantamento com os modelos de motos mais anunciadas no mês passado. O destaque fica por conta da big trail BMW F 800 GS, que aparece no topo da lista com 174 anúncios. Em segundo lugar, o scooter Honda PCX 150, com 122 anúncios. A trail média Honda XRE 300 é a terceira moto mais anunciada, com 114 anúncios.

LEIA MAIS: Você precisa conhecer a nova Triumph Street Triple 765

De acordo com o levantamento das motos usadas , houve uma inversão no ranking em relação ao mês de julho. Com uma diferença discreta de apenas seis anúncios, a BMW F 800 GS foi a segunda moto mais anunciada de julho, enquanto o scooter PCX 150 foi o primeiro lugar. Em terceiro, outro scooter: o Dafra Cityclass 300i.

No agregado das marcas, entre os vinte modelos mais anunciados no Moto.com, a Honda aparece na liderança, com seis motos. Em seguida, surge a BMW com cinco, e Harley-Davidson e Suzuki dividindo a terceira posição, com três. A marca americana, porém, fica na frente da japonesa no número de anúncios. Confira o top 5.

1 - BMW F 800 GS - .174 anúncios
2 - Honda PCX 150 - 122 anúncios
3 - Honda XRE 300 - 114 anúncios
4 - Dafra Citycom 300i - 113 anúncios
5 - BMW G 650 GS - 102 anúncios

Desvalorização

Honda CB Twister 250: é a moto que menos perde valor depois de um ano, segundo a Agência Autoinforme
Divulgação/Honda
Honda CB Twister 250: é a moto que menos perde valor depois de um ano, segundo a Agência Autoinforme

Há alguns meses, a Agência Autoinforme divulgou os vencedores do prêmio Selo Maior Valor de Revenda – Motocicletas 2017, que mostra as motos brasileiras com menor índice de desvalorização. A grande campeã foi a Honda CB Twister 250, que perde apenas 8,1% de seu valor depois de um ano. A premiação escolheu os ganhadores de 18 categorias entre as 138 motos mais vendidas do País.

LEIA MAIS: Triumph Street Cup surpreende na estrada

Para decidir os vencedores, a Autoinforme elaborou o Estudo de Depreciação de Veículos com base na cotação da Molicar, com um levantamento dos preços praticados no mercado (ignorando o valor de tabela). Com os preços reais, a equipe faz uma comparação do preço de uma moto zero quilômetro vendida no primeiro trimestre de 2016, com o valor do mesmo modelo, usado, um ano após sua venda.

LEIA MAIS: A sessentona Harley-Davidson 1200 Sportster

Além da CB Twister 250 ter levado o troféu da categoria Geral, a marca japonesa recebeu o prêmio em outras seis categorias. A Yamaha foi a vice, vencendo três categorias. BMW, Harley-Davidson e Triumph empataram com dois prêmios cada. Dafra e Suzuki fecham o ranking, cada uma com um campeão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.