Tamanho do texto

Veículo da Oshkosh com base na picape da Chevrolet entra no lugar do icônico Humvee no exército americano. Saiba mais detalhes sobre a mudança

Oshkosh JLTV, com base na Chevrolet Silverado e AM General Humvee: fim de uma era entre os veículos militares nos Estados Unidos
Reprodução
Oshkosh JLTV, com base na Chevrolet Silverado e AM General Humvee: fim de uma era entre os veículos militares nos Estados Unidos

Se você é um entusiasta de veículos militares, com certeza conhece o AM General Humvee. Utilizado pelo serviço militar americano desde o fim dos anos 70, o jipão será descontinuado e substituído por uma nova versão com base na Chevrolet Silverado - digamos, a irmã maior da nossa S10 no mercado americano . O modelo, entretanto, é desenvolvido pela fabricante de veículos táticos Oshkosh Defense sob o nome JLTV (Joint Light Tactical Vehicle). O Humvee continuará sendo utilizado pelas forças armadas dos Estados Unidos nos bastidores até 2050. As autoridades garantem que a substituição traz melhorias importantes para a logística militar.

LEIA MAIS: Chevrolet Colorado é o veículo militar mais silencioso do mundo

O Humvee foi desenvolvido com motor 6.2 V8 aspirado, com 150 cv, potência transmitida ao câmbio automático de apenas três marchas.  Em relação ao modelo anterior, o Ford M151, o Humvee trouxe mais tecnologia, substituindo um motor 2.3, de apenas 71 cv. Desde que o Humvee começou a ser utilizado pelo exército, ganhou diversas melhorias em sua mecânica, como um 6.5 V8 de 190 cv. para empurrar suas quase 6 toneladas. Tanto o Humvee quanto o Oshkosh JLTV, baseado na Chevrolet Silverado são capazes de subir aclives de até 60 graus e atravessar até 76 cm de água sem qualquer dificuldade.

Oshkosh JLTV é bem mais moderno e eficiente que o Humvee que sai de cena nos Estados Unidos
Divulgação
Oshkosh JLTV é bem mais moderno e eficiente que o Humvee que sai de cena nos Estados Unidos

E isso só foi possível graças ao trabalho de engenharia feito pela AM General, que instalou suspensão independente e eixo refeito para garantir que a melhor distância do solo possível. Toda a parte mecânica do Humvee, incluindo os freios, foram acoplados dentro da cabine, tornando-a um tanto quanto robusta. De acordo com a AM General, isso foi feito para atender as necessidades militares.

O objetivo do JLTV é diferente de seu antecessor. Enquanto o Humvee tinha o objetivo de ir a qualquer lugar possível, a Silverado será bem mais rápida. Mas você está enganado se estiver pensando que a picape da Chevrolet é menos esperta no off-road. A suspensão independente double-wishbone com ajustes eletrônicos a gás não deixam mentir.

No Brasil

Agrale Marruá: pode ser vendido ao público com preço sugerido de R$ 170 mil na versão de entrada
Divulgação
Agrale Marruá: pode ser vendido ao público com preço sugerido de R$ 170 mil na versão de entrada

Você sabia que o Brasil produz um jipão com proporções militares? E o melhor, ele pode ser seu a partir de R$ 170 mil! O Agrale Marruá veio para quem está em busca de um robusto 4x4 para uso fora de estrada, com DNA militar. De acordo com a marca, o utilitário foi desenvolvido para trabalhos que exigem robustez, desempenho e disponibilidade em qualquer tipo de terreno.

LEIA MAIS:  Os dez nomes de carro mais ridículos de todos os tempos

A Agrale disponibiliza dez versões do Marruá. Entre elas, picape de cabine simples e dupla, chassi,  jipe, ambulância, controle de operações e caminhão. Cada modelo possui características únicas, das quais se destacam o amplo curso na suspensão e a resistência do conjunto. Não espere qualquer conforto e ergonomia, pois o Marruá é prático em seu objetivo. Ir do ponto A ou ponto B da maneira mais eficiente possível.

LEIA MAIS: Carro voador está mais próximo do que você pode imaginar

Entre outros veículos militares emblemáticos produzidos no Brasil estão os blindados Cascavel e Urutu. O primeiro é um veículo de reconhecimento, e o segundo pode levar tropas, assim como o JLTV com base na Chevrolet Silverado. Já o modelo Jararaca não foi utilizado pelas tropas brasileiras. Era produzido pela Engesa, apenas para exportação. O blindado Ogum foi feito em pequena escala, sob encomenda de Saddam Hussein, para transportar tropas com mais eficiência. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.