Tamanho do texto

Marca se prepara para a chegada do modelo renovado, no ano que vem. Saiba mais detalhes sobre o muda no hatch compacto

Renault Sandero:  na linha 2018, deixará de ser versões automatizadas atee a chegada do câmbio automático CVT
Divulgação
Renault Sandero: na linha 2018, deixará de ser versões automatizadas atee a chegada do câmbio automático CVT

A Renault prepara o terreno para a chegada do Sandero renovado, que deverá ser lançado no ano que vem.  Entre as novidades, tudo indica que sairão de cena as versões automatizadas Easy’R. A partir de agora, todas as configurações do hatch serão vendidas apenas com câmbio manual de cinco marchas, mas só enquanto o modelo renovado não aparecer com a mesma caixa CVT de Duster e Captur. O sedã Logan e o aventureiro Stepway - que perdeu o nome Sandero em sua linha 2018 -  entretanto, continuam com a opção de caixa automatizada.

LEIA MAIS: Renault Sandero 1.0 SCe: hatch compacto evolui com novo motor

A mudança também marca a despedida da versão Dynamique. A partir de agora, quem quiser um Renault Sandero terá que optar pelas versões Authentique 1.0 (R$ 43.430); Expression 1.0 (R$ 47.040) Expression 1.6 (R$ 52.220), Vibe 1.0 (R$ 49.250), GT Line 1.6 (R$ 57.020), RS 2.0 (R$ 63.600) e Racing Spirit (R$ 66.600).

Renovação

Imagem de patente revela a versão renovada do Sandero, com novos detalhes no desenho, principalmente da frente
Reprodução
Imagem de patente revela a versão renovada do Sandero, com novos detalhes no desenho, principalmente da frente

A dupla Sandero e Logan está pronta para mudar. Imagens dos carros acabaram vazando no site do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e revelam que as mudanças vão se concentrar na frente, que receberá novos para-choques (com entradas de ar remodeladas) e detalhes nos faróis e lanternas entre as principais novidades. Ambos são fabricados em Santa Isabel (Argentina) desde dezembro de 2016.

LEIA MAIS: Vazam imagens da versão renovada da dupla Renault Sandero e Logan 

Por dentro, as mudanças serão mais discretas. Apenas o volante será novo, passando a ser multifuncional com os principais comandos do sistema de som. Atualmente, os comandos são feitos por uma alavanca atrás da peça. Além disso, o nível de acabamento poderá ser um pouco mais caprichado. Os sistemas Apple CarPlay e Android Auto também são esperados. 

O site Argentina Autoblog apurou que o Stepway também receberá as mesmas mudanças da dupla Logan e Sandero. E como tem sido bem aceito no mercado, deverá acabar se tornando um modelo cada vez mais independente dentro da linha Renault, com diferentes versões, níveis de equipamentos e preços.

O Novo Duster vem aí...

Já renovado na Europa, o Duster vai chegar ao Brasil com mudanças no visual entre o fim de 2018 e o início de 2019
Divulgação
Já renovado na Europa, o Duster vai chegar ao Brasil com mudanças no visual entre o fim de 2018 e o início de 2019

Após o lançamento da dupla Sandero e Logan, os holofotes irão apontar para o Novo Duster. O SUV compacto foi apresentado no Salão de Frankfurt (Alemanha), trazendo novos faróis com luz diurna de LED, grade frontal reestilizada e lanternas traseiras que lembram as do Jeep Renegade. Novas rodas de aro 17 polegadas e anteparos nos para-choques também deverão incluir na lista de novidades. 

LEIA MAIS: Renault Duster é revelado com design mais refinado e elegante

Ao contrário da dupla Sandero e Logan, o Duster é feito em São José dos Pinhais (PR), onde é produzido o pequeno Kwid. Tudo indica que o SUV renovado vai levar algum tempo para chegar às lojas no Brasil, provavelmente apenas entre o fim de 2018 e o início de 2019.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.