Tamanho do texto

A Yamaha Niken muda o conceito tradicional das motos e chama bastante atenção na principal exposição japonesa durante o ano

Yamaha Niken Concept: revolução que faz a três rodas futurista se destacar como motocicleta
Divulgação
Yamaha Niken Concept: revolução que faz a três rodas futurista se destacar como motocicleta

A Yamaha apresenta no Salão de Tóquio (Japão) um de seus protótipos conceituais, a motocicleta de três rodas Niken.  Geralmente, os triciclos são uma mistura entre carro e moto. Além disso, podem ser carros com uma roda central na frente. Contudo, nenhuma dessas categorias servem para a Niken. Vamos ver mais adiante a razão disso.

LEIA MAIS: Yamaha apresenta linha 2018 do scooter NMax 160 ABS

A moto não é diferente de uma Naked esportiva convencional, com sua empunhadura esportiva e painel digital
Divulgação
A moto não é diferente de uma Naked esportiva convencional, com sua empunhadura esportiva e painel digital

LEIA MAIS: Yamaha XTZ 250 Ténéré, a aventureira acessível

Diferente de tudo

Com a roda adicional na dianteira, a nova motocicleta conceitual da Yamaha tende a ficar mais estável, de acordo com a fabricante. Seus quatro amortecedores na frente também contribuem tanto para o ganho de aderência, quanto para se distinguir de todas as motos convencionais, que contam com  um e dois deles na dianteira.

Seu apelo visual carrega, entretanto, a ideia de que as rodas dianteiras, na verdade, fiquem parecidas com esquis. A Niken é realmente diferenciada, ainda mais quando se trata de uma moto esportiva. Em contradição a outros veículos conceituais, que não seriam necessariamente bons para o público, essa Yamaha não soa como fruto da imaginação de engenheiros e designers, somente. Ela é, de fato, uma forte candidata para começar a ser produzida em um futuro não tão distante.

A Yamaha Niken se mostra muito bem articulada nas curvas, dando a opção para o motorista guiá-la esportivamente
Divulgação
A Yamaha Niken se mostra muito bem articulada nas curvas, dando a opção para o motorista guiá-la esportivamente

LEIA MAIS: Yamaha MT-09: duas versões para quem gosta de adrenalina

Motor e estrutura


É equipada por um motor de três cilindros, de 850cc, o mesmo encontrado na Yamaha MT-09, a Naked esportiva, de 115 cv e 8,92 kgfm, que acelera de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, mesmos números do novissimo Audi R8 V10 Spyder, de R$ 1 milhão. Para se manter em pé, conta com garfos invertidos, que articulam as rodas e mantêm a estabilidade em curvas, frenagens e acelerações, além de proporcionar bastante conforto, pois a capacidade de amortecer impactos e desníveis é maior do que se encontra em motos convencionais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.