Tamanho do texto

Lista inclui modelos que têm bom conjunto e várias qualidades, mas vendem pouco por uma série de motivos, exceto suas caraterísticas técnicas

Nem sempre basta ter um bom produto para conseguir sucesso. É preciso que existam alguns fatores para conseguir se destacar no mercado. Na lista abaixo, damos cinco exemplos de carros que contam com um conjunto bem acertado e reúnem várias qualidades técnicas, mas vendem pouco, bem abaixo do que deveriam, se dependessem apenas do que oferecem. 

LEIA MAIS: Peugeot 208 GT- versão traz de volta o sabor de acelerar um bom esportivo

1 - Peugeot 208 GT - R$ 84.490

Peugeot 208
Divulgação
Peugeot 208

 O Peugeot 208 pode ser incluído no grupo dos carros bons que não vendem bem. Entre os hatches de seu segmento, o carro assiste à batalha entre os líderes Chevrolet Onix e Hyundai HB20 de um ponto bem distante. Está na 40° colocação entre os carros mais vendidos do Brasil, na frente apenas do irmão Citroën C3 - que está em 47°. Foram pouco mais de mil carros vendidos em setembro.

 LEIA MAIS: Peugeot 208 GT- versão traz de volta o sabor de acelerar um bom esportivo

 É um consenso em nossa redação: a posição de dirigir de toda a linha 208 é um espetáculo. Definitivamente, falta espaço para os ocupantes do banco traseiro, mas isso não impede o hatch de ser uma boa opção para quem procura estilo digno das passarelas. Destacamos a versão esportiva GT, que custa R$ 84.490. Tem motor 1.6 THP de 173 cv de potência, com câmbio manual de seis marchas é um prato cheio para quem curte dirigir.

 2 - Volkswagen Golf Variant Comfortline - R$ 97.020

Volkswagen Golf Variant 2017
Divulgação
Volkswagen Golf Variant 2017


Os peruas  perderam espaço e status para a invasão de SUVs de shopping que começou na década passada. O grande destaque fica por conta do bom espaço interno, tanto para passageiros quanto bagagem. Além, é claro, de um visual afiado.

 LEIA MAIS: Conheça cinco peruas europeias que nunca serão vendidas no Brasil

 A Volkswagen Golf Variant é uma forte representante deste segmento esquecido, mas acaba sufocando em seu próprio preço, além da concorrência dos SUVs. Com reajustes constantes, o carro parte de R$ 97.020 O motor é 1.4 TSI, de 150 cv, aliado ao câmbio automático Tiptronic, de seis marchas. Entre os destaques está também o enorme porta-malas de 605 litros, de acordo com as medições da fabricante. No último mês, o carro vendeu apenas 47 unidades. 

 3 - Ford Focus Fastback SE AT - R$ 83.910

Ford Focus Fastback Titanium Plus
Divulgação
Ford Focus Fastback Titanium Plus

 O Toyota Corolla é um fenômeno de vendas entre os sedãs médios. Mas isso acaba encobrindo alguns modelos bem competentes que estão disponíveis no mercado. Entre os quais, o Ford Focus Fastback surge como uma boa opção para você que procura por sofisticação e bom desempenho. 

Na versão SE, o Focus parte de R$ 83.910 -  mais em conta que o  Corolla de entrada, de R$ 92.690. Seu motor 2.0 entrega 178 cv e funciona com câmbio sequencial, de seis marchas, com dupla embreagem e aletas para trocas no volante. Destacamos também a grande quantidade de equipamentos que a Ford integrou, com seis airbags e controles de estabilidade e tração.

  4 - Subaru Forester XT Turbo - R$ 156.900

Subaru Forester XT Turbo
Divulgação
Subaru Forester XT Turbo

 Os 240 cv de potência e aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 7 segundos parecem números de SUV para você? E de um modelo um tanto quanto esquecido na linha da Subaru. O Forester é o carro certo para quem curte acelerar, mas também não dispensa espaço e conforto para a família curtir o passeio. 

Este é outro representante de nossa lista que se perde no preço. Na versão 2017, a Subaru reajustou o Forester XT Turbo para R$ 156.900. O carro acaba compensando o valor em uma vasta lista de equipamentos. Tem até sistema de som da Harman/Kardon e teto solar. E estabilidade nas curvas acima da média dos rivais, ajudado pelo centro de gravidade mais baixo, graças ao motor boxer, com cilindros contrapostos. No mês passado, apenas 33 unidades do Forester foram vendidas.

 5 - Nissan Frontier SE - R$ 150.990

Nissan Frontier
Divulgação
Nissan Frontier

 Enquanto a Chevrolet S10 lidera as vendas de picapes médias, com mais de 2.800 picapes vendidas em setembro, de acordo com os dados da Fenabrave, a Nissan Frontier tem computadas apenas 339 unidades no mesmo período. O utilitário ficou mais em conta recentemente, com o novo pacote SE, saindo das concessionárias a partir de R$ 150.990. São R$ 15.710 a menos que a versão topo de linha.

 LEIA MAIS: Nissan Frontier 2018 fica mais barata na nova versão SE. Saiba detalhes

 A picape vem equipada com o competente motor 2.3 turbodiesel, de 190 cv e 45,8 kgfm, com câmbio automático de seis marchas. A suspensão absorve bem as irregularidades do piso, contribuindo com o conforto, outra das principais qualidades da picape da marca japonesa. Apesar de não vender muito, a Nissan Frontier continua sendo uma opção interessante. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.