Tamanho do texto

Utilitários esportivos compactos ganham espaço entre os mais notáveis. Fiat Uno continua perdendo fôlego nas vendas

Mais vendidos: Chevrolet Onix mostra que tem fôlego de sobra como líder de vendas de carros no Brasil atualmente
Divulgação
Mais vendidos: Chevrolet Onix mostra que tem fôlego de sobra como líder de vendas de carros no Brasil atualmente

A Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores) divulga o levantamento do ranking de vendas de outubro, com novos destaques. O líder entre os carros mais vendidos do Brasil continua sendo o Chevrolet Onix, com 18.322 unidades. Em segundo lugar surge o Ford Ka (9.689), seguido de perto pelo terceiro colocado, Hyundai HB20 (8.878). O Volkswagen Gol volta a demonstrar fôlego, e é o quarto colocado no mês, com 6.280 unidades vendidas. O primeiro representante dos sedãs compactos na lista é o Chevrolet Prisma, com 6.203 emplacamentos.

LEIA MAIS: Fiat Argo 1.3 Drive e Chevrolet Onix 1.4 LTZ travam briga acirrada

Sucesso entre os sedãs médios, o Toyota Corolla surge em sexto lugar, com 5.934 emplacamentos em outubro. Fiat Mobi segura a sétima colocação, com 5.407. Outro fato interessante a ser observado no último levantamento é a relevância dos SUVs, que assumem cada vez mais posições entre os dez carros mais vendidos do Brasil. O Jeep Compass ocupa a oitava colocação no ranking da Fenabrave, sendo o primeiro SUV a aparecer na lista com 4.963. Vem seguido de perto pelo Honda HR-V, com 4.488. Fiat Argo fecha o Top 10, com 4.159 unidades vendidas.

Jeep Compass se mantém como sucesso de vendas entre os SUVs no País, superando até medelos menores e mais em conta
Cauê Lira/IG Carros
Jeep Compass se mantém como sucesso de vendas entre os SUVs no País, superando até medelos menores e mais em conta

LEIA MAIS: Jeep Compass Limited Diesel mostra bom conjunto mecânico

Entre os carros que despencaram nas vendas, destacamos o Volkswagen Fox, que perdeu exatas dez colocações entre setembro e outubro - de 8° para 18°. O hatch compacto da marca alemã passou por uma reestruturação em sua linha, onde foi reduzido a apenas três versões: Connect, manual e automatizada, e  XTreme. O modelos aventureiros CrossFox e Space Cross também deixaram de ser fabricados.

Entretanto, a queda do Fox não tem impacto tão negativo. Fica evidente que a Volkswagen preparou terreno para a chegada do Polo, que veio para disputar com o Fiat Argo e companhia. Algumas versões do Fox, principalmente as mais caras como a Highline, poderiam canibalizar o lançamento da Volkswagen.

Uns afundam, outros prosperam

Fiat Uno: depois do lançamento do Mobi, o compacto vem perdendo espaço no mercado brasileiro
Divulgação
Fiat Uno: depois do lançamento do Mobi, o compacto vem perdendo espaço no mercado brasileiro

Prestes a ser renovado, o Ford Fiesta está esquecido na 34ª colocação. O hatch, que receberá um tapa no visual no fim do ano, emplacou apenas 1.523 unidades em outubro.  Além disso, o Fiat Uno, que já ocupou  posições de prestígio entre os carros mais vendidos do Brasil, também teve um mês ruim. Foram apenas 1.439 unidades, que garantiram a 35ª colocação.

LEIA MAIS: Fiat Argo 1.0 Drive anda bem, e mostra que vai incomodar os rivais

Os números da Fenabrave são animadores, e mostram que a indústria ganhou novo fôlego. A venda de carros, veículos comerciais leves, caminhões e ônibus cresceu 27,6% em outubro, em relação ao mesmo período de 2016. Foram 202.860 veículos, ante 159.032. Quem tem a maior participação nesse número entre as marcas é a GM, com incríveis 32.244 carros vendidos em outubro. Ford aparece em segundo, com 18.467, e a Volks fecha as três maiores montadoras do País, com 17.873. Confira os dez modelos mais vendidos do Brasil no mês:

1 - Chevrolet Onix - 18.322 unidades
2 - Ford Ka - 9.689 unidades
3 - Hyundai HB20 - 8.878 unidades
4 - Volkswagen Gol - 6.289 unidades
5 - Chevrolet Prisma - 6.203 unidades
6 - Toyota Corolla - 5.934 unidades
7 - Fiat Mobi - 5.407 unidades
8 - Jeep Compass - 4.963 unidades
9 - Honda HR-V - 4.488 unidades
10 - Fiat Argo - 4.159 unidades

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.