Tamanho do texto

Marca japonesa moderniza as versões disponíveis com novos detalhes. De acordo com a fabricante, os preços partem de R$7.590

Honda Biz 2018: modelo mais em conta da fabricante recebe mudanças e fica mais elegante
Divulgação
Honda Biz 2018: modelo mais em conta da fabricante recebe mudanças e fica mais elegante

A Honda apresenta a linha 2018 da sua líder de vendas, a Biz. Herdeira da Super Cub, moto urbana tradicional que se mostra bastante confiável, a marca expõe no Salão Duas Rodas as versões de motorização 100 cc e 125 cc.  Ambas estarão à venda a partir de 18 de novembro nas cores vermelho e branco para a Biz 110i, enquanto que, para a Biz 125i, em branco, preto, vermelho e laranja perolizados. Os preços sugeridos para a primeira será de R$ 7.590 e de R$ 9.390 para a segunda.

LEIA MAIS: Honda Biz 125:  modelo é prático e com preço que cabe no bolso

As mudanças

A parte estética da Biz 2018 passa a ter novidades. As laterais e a traseira da Honda estão diferentes, mais modernas, enquanto a sua frente tem novos faróis. O painel também está mais tecnológico, agora que vem com mostrador digital. Quanto aos seus recursos práticos, como o bagageiro que fica debaixo do assento, está maior na nova linha e, além disso, encontra-se uma tomada de 12V. No quesito segurança, a Biz conta agora, como padrão, com o sistema de frenagem CBS, que será obrigatório em todas as motos a partir de 2019. Entretanto, os motores flex com 110cc e 125cc de cilindrada, alimentados por injeção eletrônica, não tiveram mudanças.

O mostrador digital marca o painel da Biz, mostrando que até a moto mais básica pode ser bem projetada
Divulgação
O mostrador digital marca o painel da Biz, mostrando que até a moto mais básica pode ser bem projetada

LEIA MAIS: Honda SH 150i, um scooter ágil e versátil

A CUB (nome da categoria de motos que a Biz se enquadra) tem um câmbio semi-automático de 4 marchas, com mudanças no pé esquerdo e embreagem automática, sem a manete esquerda no guidão. Mesmo sendo muito prático, pode parecer um pouco diferente quando se dirige uma pela primeira vez, mas depois fica fácil acostumar com a novidade adotada pela marca japonesa no seu modelo compacto de caráter urbano. 

Na esquerda a 110cc e, na direita, 125cc. As duas são iguais em tudo, menos na disponibilidade de cores
Divulgação
Na esquerda a 110cc e, na direita, 125cc. As duas são iguais em tudo, menos na disponibilidade de cores

LEIA MAIS: Salão Duas Rodas, um verdadeiro parque de diversões para motociclistas


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.