Tamanho do texto

Esse Jaguar D-Type esteve nas mãos do icônico piloto de corridas Sir Stirling Moss e atingiu 277 km/h. Outro igual já foi vendido a R$ 47,2 milhões

Jaguar D-Type: Uma rara peça do automobilismo internacional vai ao leilão da RM Sotheby's, nos Estados Unidos
Divulgação
Jaguar D-Type: Uma rara peça do automobilismo internacional vai ao leilão da RM Sotheby's, nos Estados Unidos

Uma raridade do mundo das corridas será leiloada em RM Sotheby’s, nos Estados Unidos. Trata-se de um Jaguar D-Type, antigo competidor de Le Mans, que já passou pelas mãos do piloto de corridas Sir Stirling Moss, em 1954, quem o levou a 277 km/h na Mulsanne, reta principal do Circuito de La Sarthe (França). As expectativas do valor que será arrematado chegam a R$ 40 milhões.

LEIA MAIS: Porsche 550A Spyder 1958 pode bater recorde em leilão

Um Jaguar D-Type conversível, de dois lugares, foi vendido por US$ 21,8 milhões em agosto de 2016 em um leilão também da RM Sotheby’s, em Monterrey (EUA), por R$ 70 milhões, tornando-se o automóvel britânico com preço arrematado mais alto na história. O esportivo tem um motor 3.4 (seis cilindros em linha), com 235 cv a 6.000 rpm e 33,4 kgfm a 4.000 rpm. Segundo a sua marca, o carro vai de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos e pode atingir a velocidade final de 280 km/h na forma de capota fechada ou 261 km/h sem o teto. Antes disso, o carro inglês mais caro a ser vendido em um leilão era um Aston Martin DB4 GT Zagato 1963, arrematado por US$ 14,3 milhões, ou R$ 47,2 milhões, numa conversão simples.

LEIA MAIS: Um dos primeiros Alfa Romeo vai a leilão e pode sair por volta de US$ 1,5 milhão

O surgimento da estrela cadente britânica das corridas

O modelo foi desenvolvido durante 18 meses, a partir de janeiro de 1953, enquanto seu antecessor ainda fazia sucesso nas pistas. Os D-Type, ainda não tendo sido usados em corridas, foram modificados para poderem ser vendidos para corridas nos EUA em categorias de veículos de produção. Ganharam banco de passageiro, pára-brisa e limpadores, pára-choques, capô, janelas laterais e uma segunda porta. Isso permitiu que rodassem legalmente pelas ruas e lhes deu o novo nome de XKSS.

LEIA MAIS: Rara Ferrari F40 de Eric Clapton está à venda por mais de US$ 1 milhão

Grande sucesso nas corridas e conquistador de muitos fãs ao longo de sua história, o felizardo que puder comprar o Jaguar D-Type não terá apenas um veículo raro, bonito e bem à frente de seu tempo na garagem, como também um pedaço bastante importante da história do automobilismo mundial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.