Tamanho do texto

SUV conta com muitos recursos tecnológicos e motorização respeitável, além da alma tradicional que cativa os fãs da marca alemã

BMW X3: O SUV vem mais sóbrio e promete um conjunto melhorado em relação ao seu antecessor
Divulgação
BMW X3: O SUV vem mais sóbrio e promete um conjunto melhorado em relação ao seu antecessor

Uma das fabricantes que compõem a tríplice alemã anuncia a pré-venda de seu novo SUV, o BMW X3. Com design reestilizado, o carro tem sua aparência bem similar aos dois irmãos menores X1 e X2, além de também estar mais moderno e tecnológico. Os faróis de neblina redondos ganham novo formato nesta geração, de modo que as linhas do modelo ganhem mais suavidade e sobriedade. A grade frontal ficou mais comprida e não encosta nos faróis, como acontecia no X3 anterior. O SUV também está maior no entre-eixos, com quase 3 cm a mais.

LEIA MAIS: BMW X2 é revelado por completo. E já está confirmado para o Brasil em 2018

Os fãs da marca também vão reparar que o painel é parecido com os sedãs luxuosos da Série 7. De acordo com a própria fabricante, a qualidade dos materiais embarcados no BMW X3 está bem mais evidente na nova geração. Teto solar panorâmico e banco traseiro com regulagens individuais completam o pacote conforto para a traseira do interior.

LEIA MAIS: BMW Série 5: Rápido como esportivo e anda (quase) sozinho

Tecnologia

O sistema multimídia é de 12,3 polegadas e sensível ao toque. Há dois assistentes de condução e estacionamento, o Driving Assistant e Parking Assistant. Outros recursos que se destacam são ar-condicionado automático digital de três zonas, dispositivo de visão 3D do veículo (para o X3 M40 i) e sistema de navegação com serviços de Concierge, informações de trânsito em tempo real, chamada de emergência e serviços remotos.

LEIA MAIS: BMW M5 2018, de 600 cv, é apresentado no Salão de Los Angeles

Após as notícias das evidentes mudanças para o modelo 2018 do BMW X3, espera-se novidades em seu conjunto mecânico. Disponível nas versões M40i e xDrive30i X-Line, a primeira traz sob o capô o novo motor M Performance, de seis cilindros em linha, de 3.0 litros de cilindrada, 360 cv de potência e 50 kgfm de torque máximo, enquanto o outro é equipado com quatro cilindros em linha, de 2 litros de 252 cv  e 35 kgfm. Ambos contam com câmbio automático de oito marchas e tração integral. Apesar de recentes expectativas sobre uma motorização a diesel, ela continua sem notícias.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.