Tamanho do texto

SUV agora terá câmbio manual na versão 2.0 4x2, que custará R$ 129.900 e estará disponível nas lojas a partir de maio

Antes, o Toyota RAV4 2.0 4x2 vinha somente na versão “TOP”, com câmbio CVT automático que simula trocas de 7 marchas
Divulgação/Toyota
Antes, o Toyota RAV4 2.0 4x2 vinha somente na versão “TOP”, com câmbio CVT automático que simula trocas de 7 marchas

O Toyota RAV4 2018 chega às lojas na nova versão 4x2 2.0, com câmbio manual, sendo agora a configuração mais em conta do modelo, que custará R$ 129.990. Antes, o SUV 2.0 4x2 vinha somente na versão “TOP”, com câmbio CVT automático que simula trocas, de até 7 marchas. A marca já disponibiliza a reserva dos pedidos, com entregas a partir de maio. De resto, o carro segue conforme a reestilização de 2017.

LEIA MAIS: Desacato a autoridade: veja 5 motivos para comprar Civic e não Corolla

A lista de equipamentos do Toyota RAV4 inclui ar-condicionado, espelho retrovisor “day night” (que se adapta conforme a luminosidade), ajuste de altura dos faróis, assentos revestidos em tecido com seis modos de ajustes, porta-objetos, bem como volante com regulagem de altura e profundidade. Além disso, tem sistema multimídia de 7 polegadas, sensível ao toque, com acesso à internet (Wi-Fi), áudio AM, FM, CD player e MP3, leitor de DVD, conexões USB, AUX e Bluetooth. Como acessórios opcionais, o carro conta com câmera de ré, GPS integrado, teto solar e sensores de estacionamento.

Por dentro, as novidades incluem apenas a nova central multimídia e computador de bordo com tela digital colorida
Divulgação/Toyota
Por dentro, as novidades incluem apenas a nova central multimídia e computador de bordo com tela digital colorida

Já o computador de bordo é em TFT colorido, com sete funções, como hodômetros total e parcial, temperatura externa, consumo médio e instantâneo de combustível, indicador de direção econômica ECO, autonomia e velocidade média.

LEIA MAIS: Toyota Corolla Altis: o sedã que mostra o por que é o líder do segmento

Segurança

De série, o SUV tem controle de estabilidade, assistente de arranque em subidas , controle de tração e três airbags (dois frontais e um de joelho, para o motorista). O pacote acompanha, ainda, freios ABS com sistema de assistência à frenagem e distribuição eletrônica.

As lanternas traseiras em LED são as que vieram no lugar das lâmpadas, depois da reestilização de 2017
Divulgação/Toyota
As lanternas traseiras em LED são as que vieram no lugar das lâmpadas, depois da reestilização de 2017

LEIA MAIS: Toyota Hilux ganha novas versões e a série especial Challenge

O motor 2.0, de 145 cv e 19,1 kgfm, é o que rendeu, com o câmbio CVT automático, 9,5 km/l no ciclo urbano e 10,9 km/l no ciclo rodoviário, marcando 10,1 km/l no consumo combinado, segundo os testes do programa de etiquetagem do Conpet-Inmetro. Marca suficiente para receber nota A na categoria dos utilitários esportivos grandes, mas que o deixa com nota C no consumo geral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.