Tamanho do texto

A Chevrolet afirma que esse carro estará circulando nas ruas já em 2019, a serviço da população e oferecendo segurança aos ocupantes. Veja vídeo

Já viu algum carro sem volante e pedais? Dê boas vindas ao Chevrolet Bolt com tecnologia de direção autônoma
Divulgação
Já viu algum carro sem volante e pedais? Dê boas vindas ao Chevrolet Bolt com tecnologia de direção autônoma

A Chevrolet apresenta o seu primeiro carro sem volante, pedais e alavanca de câmbio. Isso pode parecer realmente assustador à primeira vista, uma vez que é algo que se espera de um filme de ficção científica. Entretanto, a montadora afirma que o projeto é reflexo da tecnologia da Cruise Automation, empresa especializada em desenvolvimento de sistemas de direção autônoma e que foi adquirida pelo grupo General Motors em 2016. Os planos preveem que o hatch Bolt - veículo de zero emissões de poluentes escolhido para dirigir sozinho - estará nas ruas já em 2019, a serviço do público, por meio de uma frota de táxis.

LEIA MAIS: Aceleramos o único elétrico Chevrolet Bolt trazido ao Brasil

Chevrolet Bolt autônomo sendo testado nas ruas de São Francisco (EUA) antes de começar a estar disponível ao público
Divulgação
Chevrolet Bolt autônomo sendo testado nas ruas de São Francisco (EUA) antes de começar a estar disponível ao público

A ousadia da Chevrolet se explica quando nos voltamos às outras fabricantes e empresas de tecnologia e mobilidade. Está em andamento uma verdadeira corrida, uma “guerra fria automotiva”, quanto ao desenvolvimento de carros com tecnologia autônoma. Ciente disso, a marca americana conta com um arsenal de cinco liDARs (tecnologia ótica capaz de detectar objetos e analisar propriedades da luz refletida, de modo a processar parâmetros que medem distâncias), 16 câmeras e 21 radares. Tudo para reunir informações do mundo real e fazer interpretações no mundo virtual.

LEIA MAIS: Chevrolet Cruze Sport6 é o carro mais seguro do Brasil, diz CESVI

A segurança ainda segue em primeiro lugar

Computadores de última geração serão os responsáveis por promover conforto e garantir a segurança aos ocupantes
Divulgação
Computadores de última geração serão os responsáveis por promover conforto e garantir a segurança aos ocupantes

Além da engenharia que permite que o veículo se locomova sem qualquer necessidade de intervenção humana, o novo Bolt recebe um sistema inteligente de fechamento de portas, bem como telas posicionadas no painel e na parte de trás dos bancos frontais, que mostram mapas e outras informações. De modo a assegurar a máxima eficácia do projeto, o carro conta com sistemas preventivos de segurança, a exemplo de uma programação que reduz a sua velocidade e que pode, inclusive, parar totalmente, se detectar problemas. Sem falar de um botão de emergência que os passageiros podem, ainda, acionar em caso de acidente ou falha.

LEIA MAIS: Chevrolet Tracker Premier:  bem equipado e sem exagerar no preço

Com planos de produzir até 2500 unidades do Bolt que se guia “sem as mãos”, a Chevrolet ainda precisa conseguir a aprovação dos órgãos legais competentes para sua fabricação e permissão para circular. O sistema autônomo do hatch elétrico é categorizado como nível 5, ou seja, conta com o maior grau de exclusão de motoristas já desenvolvido, excedendo o nível 2, máximo permitido por lei na maioria dos países, incluindo os Estados Unidos. Entretanto, caso a GM obtenha as autorizações, os carros irão rodar em sete estados que permitem a circulação de veículos sem pedais e volantes, sempre seguindo medidas obrigatórias de segurança.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.