Tamanho do texto

A marca que desenvolve seu fone de ouvido pode estar por trás do som de algumas fabricantes. Veja quais são

Você dá importância para a acústica do seu carro? Se a resposta for não, talvez ainda não tenha experimentado um sistema de som de qualidade. As fabricantes também investem bastante no desenvolvimento de seus módulos sonoros, ou simplesmente confiam em empresas capacitadas do mercado para desenvolver seus sistemas de som. Fica até difícil enumerar qual delas tem a melhor qualidade. Partindo disso, a reportagem do iG Carros lista os cinco melhores sistemas de som automotivo disponíveis no mercado.

LEIA MAIS: Os carros mais econômicos do Brasil em 2017, conforme o Inmetro

1 - Bang & Olufsen (Audi)

Bang & Olufsen: entre os sistemas de som automotivo, este é um dos mais completos
Divulgação
Bang & Olufsen: entre os sistemas de som automotivo, este é um dos mais completos

A Audi entregou seu sistema de som aos cuidados da marca dinamarquesa Bang & Olufsen, e o resultado não poderia ser melhor. A parceria entre as duas empresas começou em 2005, e desde então as coisas só foram melhorando com a constante integração de tecnologia. De acordo com a B&O, o compartilhamento de tecnologia de som automotivo com a Audi melhorou até o sistema de som que a marca vende para salas de estar, por exemplo.

Destaque para o sistema de som 3D que equipa desde o A3 até as linhas de luxo A7, Q7, A8 e R8. São mais de 23 caixas de som distribuídas no habitáculo, com dois tweeters escamoteáveis no painel. O show também faz parte da filosofia da Bang & Olufsen. Os alto-falantes são revestidos por uma capa de alumínio sólido, e têm mais de 1920 watts de poder de amplificação, conforme a fabricante. A Audi ainda diz que os ocupantes do banco traseiro das linhas A7 e A8 podem ter uma experiência semelhante a da sala de um cinema, caso estejam assistindo a um filme.

2 - Harman Kardon (BMW e Mini)

Harman/Kardon: a marca americana tem uma das parcerias mais longas quando falamos de engenharia de som
Divulgação
Harman/Kardon: a marca americana tem uma das parcerias mais longas quando falamos de engenharia de som

Esta é a parceria mais longa entre uma empresa de som e uma fabricante de automóveis. A BMW tem a marca americana Harman Kardon por trás do desenvolvimento de seus sistemas há trinta anos. De acordo com os bávaros, a Harman tem os atributos completos que combinam com a dinâmica de condução e o prazer que os BMW entregam.

LEIA MAIS: O que 2017 nos ensinou sobre carros elétricos e híbridos

A Harman Kardon faz uma recalibração individual no sistema de som de cada modelo, utilizando o sistema Logic 7 Surround System. São mais de dezesseis alto-falantes balanceados em um sistema que entrega até 600 watts de potência. De acordo com a BMW, o sistema traz a distribuição sonora perfeita entre os ocupantes dos bancos dianteiros e traseiro. O grande destaque é a clareza de tonalidades mais graves, com batidas vigorosas encorpadas.

3 - Meridian (Jaguar)

Meridian: parceria entre marcas inglesas Jaguar e Land Rover é uma das mais bem sucedidas no mundo automotivo
Divulgação
Meridian: parceria entre marcas inglesas Jaguar e Land Rover é uma das mais bem sucedidas no mundo automotivo

Clareza e precisão são os pilares da parceria entre ingleses que a Jaguar fez com a Meridian. Desfrutar o som digno de uma orquestra, com graves vigorosos e agudos cristalinos, é uma experiência feita para envolver os ocupantes. O sistema utilizado no XF e nas versões topo de linha do XE traz 14 alto-falantes organizados com subwoofer de canal duplo de 380 watts de potência. O mesmo sistema é oferecido no F-Pace com até 23 speakers.

A tecnologia Meridian Surround oferece amplitude 3D com canais duplos mesclados. De acordo com a Jaguar, o sistema dá a sensação acústica de que há mais espaço na cabine. Cada alto-falante foi minuciosamente alocado para reproduzir essa emoção sensorial.

4 - Beats (Fiat-Chrysler)

Beats by Dre: o lado descolado da marca do rapper Dr.Dre complementa os carros do grupo Fiat-Chrysler
Divulgação
Beats by Dre: o lado descolado da marca do rapper Dr.Dre complementa os carros do grupo Fiat-Chrysler

Talvez você já tenha ouvido falar da Beats por aí. A marca de fones e módulos de som entrou para a moda graças ao seu massivo investimento em marketing. Sempre que você ver uma foto do Neymar saindo do ônibus do PSG em direção ao estádio, ele estará ouvindo música em um fone da marca fundada pelo produtor e rapper Dr. Dre.

A parceria entre a empresa californiana e a Fiat começou em 2011, equipando veículos da Jeep e Dodge. No caso da Fiat, o destaque vai para o 500, que chegou até a ser vendido no Brasil com o mesmo sistema. Atualmente, o Jeep Compass Trailhawk traz o módulo com 506 watts, 9 alto-falantes e subwoofer. De acordo com a marca, fica evidente a qualidade polida e profissional do sistema desenvolvido em parecia com a Beats.


5 - Dynaudio (Volkswagen e Volvo)

Dynaudio: o know-how com a Volvo serviu bem para a parceria com a Volkswagen
Divulgação
Dynaudio: o know-how com a Volvo serviu bem para a parceria com a Volkswagen

A Volkswagen já mesclou diversas empresas para cuidar do sistema de som de seus carros premium. O Fusca, por exemplo, chegou a utilizar sistema da Fender - popular fabricante de guitarras e amplificadores dos Estados Unidos. Mas desde o início da década, a marca alemã centralizou um esquema com a dinamarquesa Dynaudio, que já equipa Golf GTI, Scirocco, Passat e afins.

LEIA MAIS: Volkswagen Virtus surpreende no dia a dia. Confira a avaliação

Antes de chegar na Volkswagen, a Dynaudio fez uma parceria com a Volvo em meados de 2005. De acordo com a marca, a pureza foi o que transformou a Volkswagen na maior montadora da Europa, e dizem seguir a mesma filosofia. O primeiro projeto entre as duas foi o Phaeton, que chegou a ser o maior sedã da marca alemã.

A Dynaudio teve a chance de explorar os limites do que já havia sido inventado entre as marcas premium de som quando a Volkswagen encomendou o sistema de som do Bugatti Veyron, o esportivo mais rápido da última década. Os alto-falantes eram feitos com silicato de magnésio, contendo um par de tweeters de 20 milímetros de 300 watts de potência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.