Tamanho do texto

Apesar de ser revelado na corrida, esportivo chegará às lojas no 2º semestre e será vendido em 2019, tal como o M850i xDrive e o M8

BMW Série 8: O Cupê aparece meio escondido,  ao lado da versão de pista, que estreará em Le Mans em junho
Divulgação
BMW Série 8: O Cupê aparece meio escondido, ao lado da versão de pista, que estreará em Le Mans em junho

A BMW irá finalmente reutilizar o nome Série 8 para o lançamento de um cupê, tal como o consagrado entre os fãs no fim dos anos 90. O local escolhido para sua estreia será as 24 Horas de Le Mans, no dia 15 de junho, conforme a emissão de um comunicado à imprensa. Até o momento, o bávaro é revelado com um fundo escurecido, ao lado do M8 GTE, preparado para as pistas de corrida. Sua missão é substituir o Série 6 Coupe, e foi desenvolvido simultaneamente com a versão de corridas, que participará da prova.

LEIA MAIS: BMW lança linha 2019 do Série 1, que chega com detalhes renovados

Entretanto, não espere ver o M8 junto do Série 8 Coupe nas lojas no lançamento, uma vez que, apesar de ter revelado que ambos chegarão no final do 2º semestre, a BMW estipula prazos diferentes para o início das vendas dos dois, em 2019. Em paralelo, a montadora revela o M850i xDrive, versão intermediária antes do M8, para mostrar o Série 8 padrão em uma opção mais apimentada. Contará com motor V8, que gera 530 cv e 76,4 kgfm, tração nas quatro rodas e câmbio automático de 8 marchas, que foi revisado para fazer trocas rápidas.

Além disso, a BMW ainda revela que o M850i xDrive terá rodas de liga leve de 20 polegadas com pneus de alto desempenho, e que ainda usará o sistema de esterçamento nas quatro rodas. Por fim, outras novidades ficam por parte da suspensão adaptativa M - com estabilização de rolamento ativa - e diferencial blocante para o eixo traseiro. Os equipamentos prometem contribuir com a dinâmica do cupê, conferindo mais segurança e desempenho.

Luxo e requinte

Tal como a nova geração do Série 7, o Série 8 deverá chegar com cluster multifuncional em TFT, sistema de direção semi autônoma e os outros equipamentos do “irmão” sedã. No BMW em questão, sua chave vem equipada com um pequeno visor de LCD colorido, sensível ao toque. Por meio dela é possível travar e destravar as portas, acender e apagar as luzes internas, ligar ou desligar o ar condicionado, erguer ou recolher os vidros laterais, assim como acessar diversas informações sobre o veículo, como localização, autonomia, serviços e reparos.

Além disso, os assentos podem ser ajustados com comandos elétricos e possuem função de aquecimento, massagem e exercícios físicos. No lugar do assento do meio, há o console central com espaço para guardar objetos. Daí também sai uma pequena mesa. No meio de onde seria o encosto do meio, uma portinha pode ser aberta para acessar a geladeira.

Como se não bastasse, encontra-se um tablet de sete polegadas no console, que permite controlar o sistema multimídia e outras funções, bem como rebater o banco dianteiro do passageiro até que seja possível esticar as pernas.

LEIA MAIS: BMW Série 5: Rápido como esportivo e anda (quase) sozinho

Enquanto o motorista se preocupa com o trânsito, os passageiros sentados atrás podem ficar bem tranquilos. Há duas telas de 10 polegadas nas “costas” dos bancos dianteiros, que transmitem imagens de TV, DVD e Blu-Ray. Já o sistema de som, conta com 16 alto falantes e amplificador de 10 canais.

A privacidade e comodidade de quem vai atrás é favorecida graças à presença de cortinas para as janelas, acionadas eletronicamente. Além disso, tem um teto solar com luzes de LED integradas, para simular um céu estrelado. Para isso, utiliza-se de 15 mil pontos gráficos, com seis cores diferentes.

LEIA MAIS: O pequeno BMW M2 Coupé é um verdadeiro brinquedo para gente grande

Para os que preferem esperar pelo M8, a BMW promete que irá mostrar a versão de topo também no 2º semestre. Ao que tudo indica, o esportivo de sangue quente estará no Salão de Paris (França), em outubro. Mas a montadora ainda não deu certeza. Além disso, há planos para um Série 8 Conversível, que também deverá contar com uma variante M, aos que procuram desfrutar também do vento nos cabelos. Entretanto, todos estarão à venda somente a partir do ano que vem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.