Tamanho do texto

A partir de R$ 179.990, além do câmbio prometer mais desempenho, o restante da atualização reforça a personalidade, a tecnologia e o seu visual

Mini Cooper JCW: hatch segue como uma das opções de maior personalidade e desempenho, dentro da categoria
Divulgação
Mini Cooper JCW: hatch segue como uma das opções de maior personalidade e desempenho, dentro da categoria

Depois de toda a linha 2019, agora é a vez do Mini Cooper JCW, que chega como principal novidade o novo câmbio automático de 8 marchas e função de controle de arrancada. O grupo BMW, quem detém os direitos de desenvolver e produzi-lo, segue com o investimento em tecnologia e personalidade ao esportivo, mas não abre mão da tradição britânica que está enraizada em sua essência. Por fora, ganhou novo conjunto óptico na dianteira, com faróis em LED adaptativo e lentes escurecidas, enquanto na traseira, lanternas que remetem a bandeira do Reino Unido.

LEIA MAIS: Mini Countryman JCW ALL4: Diversão em tamanho família

Destaques incluem bandeira do Reino Unido nas lanternas e os acessórios aerodinâmicos, que distinguem a versão
Divulgação
Destaques incluem bandeira do Reino Unido nas lanternas e os acessórios aerodinâmicos, que distinguem a versão

Por dentro, a principal novidade do Mini Cooper JCW é a nova geração do que a fabricante chama de “assistente de mobilidade pessoal”, que inclui uma série de serviços, entre eles informações do trânsito em tempo real (via 4G, através de um cartão SIM), portal de notícias atualizadas e serviço de concierge , além de Apple CarPlay. Vale ressaltar que o hatch também terá um pequeno projetor de luz, responsável por emitir a imagem do logotipo da marca no chão, ao abrir a porta.

LEIA MAIS: O que você acha de um Mini de estilo retrô, mas com detalhes mais modernos?

Seguindo com os equipamentos, o hatch esportivo ainda conta com assentos dianteiros esportivos, Head-up display, teto solar panorâmico, ar-condicionado digital automático dual-zone e sistema de áudio Hi-Fi Harman/Kardon de série. Além disso, há 13 opções de pintura da carroceria e duas opções de pintura do teto, o que contribui para as inúmeras possibilidades de personalização que fazem do hatch anglo-saxão um conhecido pela personalidade.

LEIA MAIS: Mini Cooper ganha retoques no desenho e novos itens opcionais

Desempenho

Sob o capô, um motor 2.0 turbo, de 231 cv e 32,6 kgfm, que impulsiona o "hot hatch" de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos e à velocidade máxima de 246 km/h. Além disso, conta com diferencial com vetorização de torque (que otimiza a trajetória das curvas, independentemente das condições, enquanto o condutor acelera), freios reforçados e suspensão mais rígida em relação ao já esportivo S. Além disso, os diferentes modos de condução prometem adequar o comportamento do carro às intenções do motorista.

LEIA MAIS: Mini Countryman S:  Um SUV compacto, mas com pegada bastante irreverente

Além disso, para os pilotos de plantão, existe a possibilidade de desativar quase por completo o controle de estabilidade. Uma vez acionado este comando, o sistema passa a atuar apenas em situações de emergência. Ante a maioria dos carros atuais, recheados de “babás” eletrônicas, o hatch promete conservar a esportividade que cada vez mais perde espaço. Para conferir as mudanças na linha 2019, além da versão do Mini Cooper JCW , acesse a matéria a seguir:  Mini renovado, na linha 2019, chega em meados do mês que vem, a partir de R$ 119.990

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.