Tamanho do texto

Hatch da Citroën é posicionado como a segunda versão mais cara na linha do C3, abaixo somente da Exclusive (R$ 65.490)

Citroën C3 Urban Trail: Ao citar a maior vantagem do seu exterior, destaca-se o friso lateral, que protege contra batidas
Divulgação
Citroën C3 Urban Trail: Ao citar a maior vantagem do seu exterior, destaca-se o friso lateral, que protege contra batidas

Chega ao mercado uma versão diferenciada do Citroën C3, que pode atrair o público que procura por um carro com ares aventureiros, mas discretos. Tal como o C4 Cactus antes da reestilização, o carro traz airbumps nas laterais (um friso com aparência mais robusta, que pode servir de proteção contra batidas), molduras plásticas nos pára-lamas, bem como teto preto e rodas escurecidas. Apesar da fabricante ainda não ter revelado o interior, afirma apenas que tem bordados nos bancos com o nome da versão, a Urban Trail.

LEIA MAIS: Citroën C3: como anda o hatch com o novo câmbio automático de 6 marchas

Ante outras versões aventureiras, de outros modelos, esta chega mais discreta
Divulgação
Ante outras versões aventureiras, de outros modelos, esta chega mais discreta

Esta versão do Citroën C3 conta com motor 1.6, de 118 cv e câmbio automático de 6 marchas, vendida por R$ 63.590. É posicionada como a segunda versão mais cara do hatch compacto, abaixo somente do modelo Exclusive (R$ 65.490). Além disso, vem bem equipado, com ar-condicionado digital, computador de bordo, direção elétrica, faróis de neblina, central multimídia com tela de 7 polegadas, vidros elétricos nas quatro portas e porta-luvas com refrigeração e iluminação.

Citroën C4 Cactus

O SUV que deu inspiração ao Citroën C3 Urban Trail chegará no segundo semestre para brigar com VW T-Cross, Nissan Kicks, Jeep Compass entre outros modelos que estarão no Salão do Automóvel, ao contrário do carro marca francesa. Com produção confirmada em Porto Real (RJ), trata-se de um utilitário esportivo inédito no Brasil, baseado no Citroën C4 Picasso.

LEIA MAIS: Citroën Aircross ganha série especial Salomon por R$ 63.435

Por partilhar toda a estrutura e os componentes com o Peugeot 3008, terá o mesmo tamanho (4,17 metros de comprimento por 1,71 m de largura e 1,48 m de altura) e a mesma mecânica. No caso, o motor 1.6 THP flex de 173 cv (etanol) e 24 kgfm, com uma caixa de câmbio automático de 6 marchas, feito pela japonesa Aisin. Mesmo sem revelar números de desempenho, a julgar pelo 3008, irá de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos, chegará aos 206 km/h, bem como fará 9,5 km/l na cidade (gasolina) e 12,1 km/l na rodovia (gasolina).

LEIA MAIS: Citroën mostra nova geração do C3 oficialmente. Confira as imagens

Poderá ser equipado com itens como: sistema de frenagem automática e alerta de colisão, que intervém após o alerta, se não for detectada reação do condutor. Haverá também alerta de saída de faixa, que avisa, no caso da mudança involuntária de faixa, quando a luz de direção (seta) não for ativada.

LEIA MAIS: Chevrolet Onix e Volkswagen Polo: nem sempre o líder é o melhor

A lista continua com alerta de atenção ao condutor, que avisa de maneira sonora e visual uma possível queda de concentração na condução pela análise do comportamento de direção. Para completar, a marca vai disponibilizar o “coffee break alert” (pausa para o café), que sinaliza quando é hora do condutor fazer uma pausa após ter dirigido durante duas horas, em velocidades superiores a 70 km/h.

LEIA MAIS: Citroën C3 Aircross: aceleramos a linha 2018 com câmbio automático de 6 marchas

Também farão parte da lista equipamentos como: assistência de subida e de descida, controle de tração, controle de estabilidade. Esses últimos dois itens seriam bem vindos no Citroën C3 , uma vez que até o Ford Ka e rivais como o Polo, Argo e Etios têm.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.