Não é de hoje que os modelos seminovos são uma boa opção para quem procura pela melhor relação entre custo e benefício na hora de comprar um carro. Com a disparada do dólar, as fabricantes estão tendo que aumentar os preços dos novos, o que torna os usados ainda mais atraentes em hoje em dia, em que uma forte crise afeta o mercado global.

LEIA MAIS: Conheça detalhes  dos 5 SUVs mais econômicos do Brasil

Levando em consideração que as vendas de SUVs continuam crescendo, chegando a 28,7% de participação nas vendas totais do mês de abril, conforme os dados da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), que tal conhecer 5 opções de utilitários esportivos seminovos que custam até R$ 50 mil? Confira a seguir.

1 - JAC T40 1.6 CVT 2018 - R$ 46.900

O modelo da marca chinesa tem porte de hatch médio e, na linha de dois anos atrás, contava com motor 1.6, de 138 cv, também na versão manual. De qualquer forma, com o câmbio automático CVT o carro fica mais confortável para dirigir no dia a dia. Entre outros itens, vem com controles eletrônicos de estabilidade e tração, painel revestido de couro, ar-condicionado e central multimídia.

Porém, deve ser dirigido sem pressa, já que tem relações de marchas longas e ajustes que nçao favorecem o desempenho. Entretanto, o carro conta freios a disco nas quatro rodas, de aro 16, montadas em pneus 205/55R. Por outro lado, o porta-malas é generoso, capaz de levar 450 litros de bagagem, conforme os dados do fabricante.

2 - EcoSport SE 1.5 2016 - R$ 45.990


A versão mais em conta do EcoSport tem entre os destaques o eficiente motor 1.5, de três cilindros, capaz de chegar nos 137 cv e 16,2 kgfm de torque em aqltos 4.500 rpm, mas ao acelerar, o giro sobe rápido e o carr mostra bom fôlego, funcionando com câmbio manual de 5 marchas.

Bom também é que essa versão também já conta com controles eletrônicos de estabilidade e tração, a direção tem assistência elétrica e a central multimidia Sync 3 com tela sensível ao toque e compatível com Android Auto e Apple Car Play, com seis alto falantes. O ponto negativo fica para o porta-malas de apenas 356 litros e com estepe na tampa traseira que abre para o lado direito, o que é pouco prático.

3 - Peugeot 2008 Allure 1.6 2017 - R$ 42.900


A partir de agosto de 2017 o SUV da marca francesa passou a ser equipado com novo câmbio automático de seis marchas, da japonesa Aisin, bem mais eficiente que o de quatro que o equipava anteriomente. Portanto, antes de levar o carro para casa é bom verificar esse detalhe importante. Sem a reestilização adotada a partir do ano passado, carro perde um pouco o apelo visual, mas apenas na frente, já que a traseira quase não mudou.

LEIA MAIS: Conheça os 5 SUVs compactos nacionais que mais gastam hoje em dia

Sem mudanças também no motor, o 1.6 Flex Start, o primeiro que dispensou o tanque da partida a frio. Rende medianos 118 cv e 16 kgfm em altos 4.750 rpm, o que explica o desempenho nada empolgante, assim como a falta de controle eletrônico de estabilidade entre os equipamentos. E o porta-malas é apertado, levado apenas 355 litros.

4 - Renault Duster Dynamique 1.6 MT 2017 - R$ 45.990


Uma das melhores opções entre os SUVs seminovos hoje em dia, mesmo sem a reestilização adotada a partir da linha Duster 2020 e que acaba de chegar nas lojas. Seja pela relação entre custo e beneficio, pela robustez, ou ainda pelo conjunto mecânico que já inclui o bom motor 1.6 flex SCe, feito de alumínio, que nessa versão conta com câmbio manual, de cinco marchas. São 120 cv e 16,2 kgfm de torque a 4.000 rpm.

Espaço também é um dos principais destaques do SUV da marca francesa, que leva 475 litros. E a lista de equipamentos é considerável, com volante e banco do motorista com regulagem de altura, vidros elétricos dianteiros e traseiros, encosto do banco traseiro rebatível, barras metálicas no teto para ajudar a levar bagagem, entre outros.

5 - Jeep Renegade Sport 1.8 MT - R$ 49.500

A menos que você faça questão do visual mais descolado do modelo da marca americana essa opção é a mais cara das cinco e a menos eficiente. Suas linhas são bem parecidas com as do SUV novo e que lidera as vendas do segmento no acumulado do ano, exceto por alguns detalhes. Vem com o já antiquado motor 1.8 de 139 cv e 19,3 kgfm de torque a 3.750 rpm acoplado ao câmbio manual, de cinco marchas.

LEIA MAIS: Conheça 5 SUVs seminovos que ninguém quer comprar

O preço mais alto entre os 5 SUVs da lista se explica, em parte, porque o carro conta com itens como controles eletrônicos de establidade e tração e freio de estacionamento elétrico. Embora o desempenho e o baixo consumo não estejam entre os pontos fortes, o SUV é agradável de dirigir, com relações de marcha bem escalonadas, engates precisos do câmbio de cinco marchas e embreagem assistida.Quem for pegar trechos de terra também deve ficar satifeito com 20 cm de distância livre do solo.

    Veja Também

      Mostrar mais